Roberto Carlos recebe convite de Chico da Silva

Do Texto: Fui inspirado nas músicas do Roberto da época da Jovem Guarda
A escolha desse primeiro tributo foi feita levando em consideração alguns elementos muito significativos no Brasil.


A série “Tributos a Roberto Carlos”, irá  apresentar as várias canções compostas para homenagear o ídolo

 
user-image

A série “Tributos a Roberto Carlos”, irá  apresentar as várias canções compostas para homenagear o ídolo que tem o privilégio de ser considerado o rei da música brasileira, o cantor e compositor cachoeirense Roberto Carlos

A escolha desse primeiro tributo foi feita levando em consideração alguns elementos muito significativos no Brasil.

Começamos pelo nome do autor e intérprete da canção Francisco Ferreira da Silva, conhecido como Chico da Silva, nascido na cidade de Parintins (8 de maio de 1945), município mundialmente conhecido por sediar o Festival Folclórico de Parintins, considerado Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O município fica localizado no estado do Amazonas, na Região Norte, é uma das 27 unidades federativas do Brasil, e faz parte da Região geoeconômica da Amazônia. 

A festa de Parintins cresceu tanto que virou uma superprodução com a construção do “Bumbódromo de Parintins”, uma arena onde acontecem as apresentações dos bois Garantido e Caprichoso. Nas três noites de disputa, o espetáculo chega a atrair mais de 100 mil pessoas além dos milhares de telespectadores acompanhando por todos os meios de comunicação transmitindo o evento simultaneamente. 

O título da canção não poderia ser mais sugestivo “Convite a Roberto Carlos”, lançada pelo cantor e compositor amazonense no álbum “Samba também é vida” (1978). Em entrevista ao portal Marcos Santos, Chico da Silva falou sobre a canção: “Fui inspirado nas músicas do Roberto da época da Jovem Guarda, como “Quero que vá tudo pro inferno” e “O calhambeque”. Curti muito, na minha juventude. Foram músicas importantes nas vidas dos jovens da época. Acredito que ele foi o maior cantor do Brasil, tendo alcançado várias gerações”. Disse ainda “Aí eu fiz uma compilação de vários sucessos dele. O “Convite a Roberto Carlos” acabou me proporcionando um “Fantástico”, esse programa da Globo que é de maior audiência no domingo. Chegar lá não é para qualquer um agora, você imagina na época, quando a audiência era ainda maior. Cheguei graças ao Roberto, que até me emprestou o calhambeque (sic) para a gravação ...”.

Chico da Silva é um artista de muitos sucessos, como cantor e compositor. Entre as suas composições de maior sucesso estão “Sufoco”, gravado por Alcione, “Vermelho” gravado por Fafá de Belém, como interprete “É preciso muito amor”, composta por Noca da Portela e Tião Miracema, “Convite a Roberto Carlos”, entre outras.

Veja no vídeo abaixo o clipe de “Convite a Roberto Carlos” exibido no Fantástico.

Chico da Silva - Convite a Roberto Carlos
*Carlos Marley, nasceu na cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará – Brasil, onde reside. Formado em Ciências Contábeis, pela Universidade Federal do Ceará, com especialização em Auditoria. Auditor Fiscal aposentado da Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará. Leia Mais sobre o autor...
Também pode ler:

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !