Resp está imerso em um mundo de ficção científica no álbum ESCAMA

Resp - ESCAMA

Novo trabalho do artista questiona o futuro, as inteligências artificiais e seus perigos

ESCAMA é quase um roteiro de ficção científica musicado por Resp, projeto de Lorenzo Molossi. O álbum-filme chega mais pesado, frio e barulhento do que seu último disco, 2x (2020), que ganhou destaque na imprensa especializada em seu ano de lançamento. Com nove faixas, ESCAMA traz colagens, experimentações e a bagagem sonora de quem integrou as bandas Cora, Dunas, Veenstra e Imã. O novo álbum de Resp estreia dia 15/09 e ganhará turnê com shows marcados em São Paulo, Curitiba, Porto Alegre e Joinville. Ouça nas principais plataformas digitais.

Num mundo onde as inteligências artificiais aderiram às funções de governo, encontramos PS33K, um jovem com corpo de máquina mas coração humano, que se une a um grupo de rebeldes, codinome ESCAMA, para enfrentar o poder opressor. A imagem da cobra faz parte da cosmovisão do grupo, e é de especial interesse a sua pele, pelos desenhos e escamas, explorados como formas de expressão e mudança. 

A música que embala essa história é muito mais agressiva e barulhenta do que trabalhos anteriores de Resp, refletindo os efeitos e desafios desta jornada de autoconhecimento e luta por justiça e paz. Nas entranhas do álbum estão influências enteógenas e questionamentos sobre o futuro, principalmente as inteligências artificiais e seus perigos. O cerne de ESCAMA é, em suma, o conflito da cidade contra a natureza, do dinheiro contra o indivíduo, e, porque não, do “Mundo Branco” contra a existência.

"O que me influenciou a produzir ESCAMA foi uma overdose de ficção distópica e horror psicológico que consumi em livros e filmes, tanto na minha adolescência quanto recentemente. Esses mundos terríveis, onde os pequenos momentos de paz são tão valiosos, me soam muito próximos ao presente e ao que podemos esperar do nosso futuro, dado o caminho em que estamos. Aos poucos, essas influências foram gerando uma narrativa nas faixas, que começaram a ser povoadas por personagens e histórias", explica Molossi. 

Essa narrativa, traduzida no som através dos contrastes dinâmicos e do caos constante nas faixas, junto à imagem da cobra, vem da influência que o chá de ayahuasca teve na vida do artista - assunto este já superficialmente abordado em 2x, mas que aqui se torna o significador maior das escolhas estéticas, técnicas e artísticas do trabalho. A verdade é que se a narrativa cinematográfica pouco fizer sentido ou tornar-se muito auto-indulgente, o coração de ESCAMA está exposto e é perceptível através de suas vibes, além da lógica.

SERVIÇO
17/09 - CASA LUZ DEL FUEGO com ROOMPUNX, em Curitiba
24/09 - PORTA com MONCH, em São Paulo
07/10 - DRAMA com REDMANN, em Joinville
14/10 - NA SURDINA com DÉ, em Porto Alegre

Acompanhe Resp
SPOTIFY | INSTAGRAM | YOUTUBE

Crédito da Foto: Eduarda Hipólito (@dudais)

Resp - 3:33am (Clipe Oficial)

Também pode ler:

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !