Livro de mistério adolescente retoma tradição literária de Pedro Bandeira e Marcos Rey

Do Texto: Martyn ia ao encontro de um legítimo caso policial. Era como se tivesse entrado nas aventuras de Sherlock Holmes

Fotocomposição com foto do autor Marcelo Felix e da capa do seu livro "Martyn o detetive: e o sumiço dos encrenqueiros".

Em "Martyn o detetive: e o sumiço dos encrenqueiros", Marcelo Felix resgata o estilo narrativo e a ambientação suburbana de obras clássicas da Coleção Vaga-Lume

Para os jovens, uma aventura recheada de humor, mistérios e pistas escondidas. Para os adultos, uma boa dose de nostalgia, ao relembrar as leituras da juventude, e a oportunidade de abrir discussão com os filhos sobre valores, justiça e o poder da amizade.

No romance policial Martyn o detetive: e o sumiço dos encrenqueiros, o escritor e desenhista capixaba Marcelo Felix apresenta Martyn, um garoto de quase 15 anos que mora somente com a mãe, Luciele, e seu bichinho de estimação, Sherlock Hamster. Junto de seu inseparável e dramático amigo Kleber, estão prestes a entrar no tão sonhado colégio Darwin, um lugar ótimo para estudar, se não fosse pelos terríveis grupos de encrenqueiros.

Logo no primeiro dia de aula, Martyn encara o maior e mais terrível aluno, Ferrugem. A questão é que o valentão desaparece da escola pouco depois dessa confusão, e faz de Martyn o principal suspeito. O mais estranho é que os acontecimentos ganham força maior quando um a um, os alunos que praticam bullying são sequestrados. Martyn, então, como grande fã de Sherlock Holmes, se vê no dever de investigar para limpar seu nome e encontrar os encrenqueiros.

Martyn ia ao encontro de um legítimo caso policial. Era como se tivesse entrado nas aventuras
de Sherlock Holmes, porém não estavam em Londres e não era um detetive consultor. Era
apenas um garoto que tentava livrar sua própria pele provando sua inocência.
O fato de levar toda a culpa pelos sequestros era o que mais o motivava a solucionar o
caso dos desaparecimentos. (Martyn o detetive: e o sumiço dos encrenqueiros, p. 87)

Autor independente de outras três obras, Marcelo Felix é um dos herdeiros da consagrada literatura policial brasileira para crianças e adolescentes, que ficou marcada por clássicos memoráveis como “A Droga da Obediência”, de Pedro Bandeira, e “O Mistério do 5 Estrelas”, de Marcos Rey.

Martyn o detetive conversa com o público jovem e adulto sobre temas importantes como abandono e diversidade familiar, além de revelar uma das faces mais dramáticas do ambiente escolar: o bullying. Tudo isso sem perder a leveza e o clima de descoberta da própria identidade.

Ficha técnica
Título: Martyn o detetive: e o sumiço dos encrenqueiros
Autor: Marcelo Felix
Editora: Lura Editorial
ISBN/ASIN: 9788558490528
Páginas: 356
Preço: R$ 35,00
Onde comprar: Amazon e site do autor

Sobre o autor: Marcelo Felix nasceu em Sooretama, no Espírito Santo. Escritor e desenhista, publicou romances, livros infantis e contos. Quando mais jovem, passava horas e horas desenhando histórias em quadrinhos com os amigos, até que resolveu trocar o traço pela palavra. Em 2007, escreveu à mão uma história chamada “As aventuras de Martyn, a menina perfeita”, foi quando nasceu o rascunho do trio de detetives Martyn, o Detetive, seu romance de estreia.

Em 2019, Marcelo também participou da antologia Arrependa-se (Constelação Editorial), com o conto “Ouro de Tolo”. Já em 2020, a convite da Lura Editorial, assumiu a organização de O misterioso caso da Royal Street e outras histórias, que reúne autores de todo o Brasil. E, por fim, em 2021 lançou Agnes e o Segredo das Bruxas – semifinalista do Prêmio Aberst de Literatura. O livro é um reconto de João e Maria, dos irmãos Grimm, tendo Agnes a sobrinha da bruxa malvada como protagonista.
Também pode ler:
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !