Gui Silveiras faz ponte ancestral no EP “Bate Tambô”

O músico paulista Gui Silveiras convida a um mergulho na ancestralidade como um caminho para o futuro em seu novo EP “Bate Tambô”.

Trabalho do músico tem lançamento acompanhado do clipe para a faixa-título

O músico paulista Gui Silveiras convida a um mergulho na ancestralidade como um caminho para o futuro em seu novo EP “Bate Tambô”. Cantor, compositor e instrumentista conhecido também por grupos como Vintena Brasileira e Firma o Ponto e por acompanhar artistas que vão de Hamilton de Holanda a Kiko Dinucci, Gui Silveiras expande sua já potente musicalidade para fazer uma viagem às nossas raízes africanas, com seus toques e poética ritmada. O lançamento é do selo A Música Vive nas principais plataformas, acompanhado do clipe para a faixa-título no canal de YouTube do artista.

Assista ao clipe “Bate Tambô”: 

Ouça “Bate Tambô”: https://onerpm.link/Guisilveirasbatetambo

O trabalho tem sua inspiração no toque dos atabaques para reconstruir um colorido ancestral, porém com olhar moderno em seus timbres e arranjos. A temática das canções é uma reflexão intensa sobre nossa existência e a relação do ser humano com o todo e consigo mesmo. 

“Me inspiro nos sons da vida, da chegada, da partida. No canto das aves, no balançar das folhas e no pulsar dos motores, na rua, nos olhares, nas pessoas. Me inspiro na inspiração da vida, no bater de asas de um beija flor, no som da água quando corre, feito alegria, feito pranto, feito vida!”, resume Gui Silveiras.

Violonista, guitarrista, educador musical e multi-instrumentista especializado na MPB, ele tem uma carreira de renome internacional. Em 2012, Silveiras foi premiado pelo PROAC-SP e lançou seu primeiro álbum autoral, “Caburé”. E desde então foi acumulando prêmios como instrumentista e compositor. 

Além de seu trabalho solo, Gui Silveiras atua em diversos projetos artísticos, entre eles o grupo Vintena Brasileira com o qual gravou dois CDs, “Bituca” (2014) e “(r)existir” (2018); e o grupo Firma o Ponto. 

Ele já dividiu palcos pelo mundo com nomes como Hamilton de Holanda, Nelson Sargento, Arismar do Espírito Santo, Kiko Dinucci, Itiberê Zwarg e como compositor, teve músicas gravadas e interpretadas por diversas cantoras, entre elas Mônica Salmaso.

Agora, Gui Silveiras embarca em um novo capítulo da sua trajetória solo. “Bate Tambô” é um passaporte para um Brasil profundo, existencial e em sintonia com suas raízes. O EP está nas principais plataformas de música e o novo clipe, já disponível no YouTube.

Ficha técnica
Composição e Arranjo: Gui Silveiras
Intérprete: Gui Silveiras
Violão, Guitarras, Coro e Percussão: Gui Silveiras
Percussões: Barba Marques
Contrabaixo: Nando Vicencio
Produção: Diego Leandraujo, A MÚSICA VIVE
Captações: Estúdio Dakemin, JCP Studio
Mixagem e Masterização: Felipe Romano Cogo 
Arte da Capa: Tato Guion
Distribuição Digital: A MÚSICA VIVE
Direção, gravação e edição de vídeo: Renan Mansur 
Assistente de vídeo: Soraya Kato, Leonardo Alan Kirchner, Neto Marques 
Áudio: Sergio Prado
Participação: Daiane Martins e Barba Marques 
Produção: Inajara Fiusa, Lu Bortoline e Mariza Martins
Foto: FocosProdutora, Tato Guion, Guilherme Guion
Voz, violão e guitarra: Gui Silveiras 
Baixo elétrico: Sérgio Prado
Bateria: Tiago Mecatti 
Percussão: Barba Marques 
Filmado no Parque Estadual Carlos Botelho, Pier São Francisco, Tatuí. 
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !