ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/17/2016

A imaginação do Armindo Guimarães



Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9

Se alguém der ao trabalho de pesquisar no muito que já escrevi, lá encontra alguns textos em que enalteço e consequentemente reconheço a capacidade de Armindo Gonçalves Guimarães, residente na Maia (Porto) e administrador de um dos melhores portais que circulam nos sites da internet, o Portal Luso – Brasileiro Splish Splash do qual faço parte na qualidade de redator desde o ano de 2010. Sim, residente no Porto, por isso, amiudadamente, lhe chamo gajo do carago, termo muito usual na Cidade Invicta e zonas limítrofes à mesma. Daí que Maia não seja exceção. Por isso, volto à carga, o gajo é mesmo do carago!

Nestas coisas da escrita, eu e o Armindo temos muitas coisas em comum. De resto, o nosso robertocarlístico está em situação paralela. Dois portugueses que veneram o rei, um lá na santa terrinha e o outro uma ave de arribação por este Brasil afora.


Na muita capacidade que o Armindo revela, há outra que pode passar despercebida a algumas pessoas. Refiro-me ao excelente grafismo que coloca no Splish Splash e em todas as suas páginas aderentes. Como tal, e como regular seguidor, considero-o meu professor. Nesse sentido, às vezes brinco com ele via inbox, mas hoje achei por bem dizê-lo publicamente. A tal justiça seja feita que é meu apanágio.

Há oito anos a esta parte, com o lançamento do Splish Splash e posteriormente várias páginas no facebook com a mesma essência (Roberto Carlos), Armindo Guimarães passou a ser conhecido, com toda a legitimidade, como o maior fã de Roberto Carlos em Portugal. E se disso porventura existissem algumas dúvidas, elas serão (para quem as tiveram quiçá alguns ciumentos e invejosos) desfeitas com o lançamento do seu livro Roberto Carlos * Eduardo Lages. Livro com 509 páginas, o que é obra. Um livro em que Armindo traz à estampa as conversas com a sua imaginação. Digamos uma ficção altamente bem construída com o rei Roberto Carlos e o maestro Eduardo Lages. Óbvio que são conteúdos extraídos do Portal Splish Splash. E quando disse, anteriormente, que eu e o Armindo Guimarães temos algumas coisas em comum, a ficção e o humor são duas delas. E quem acompanha os nossos escritos sabe que não estou vendendo gato por lebre.

Recebi com enorme satisfação do Armindo Guimarães o livro que escreveu. É mais uma especial relíquia para a minha estante, pobrezinha, é certo, mas que tem sempre um lugar para os verdadeiros amigos que escrevem e que, tal como eu, são fascinados pela escrita. E eu que já vou com 53 anos de percurso.

Meu caro Armindo Guimarães, gajo do carago, felicito-o por esta admirável iniciativa e pode ficar ciente de que este livro ficará na minha estante em lugar bem visível. Pensando bem, analisando bem, e outras coisas terminadas em bem (algumas que não se revelam), somos dois portugas do carago.
Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

1 comentário:

  1. Esta é uma homenagem mais que merecida, pois este lindo Livro do nosso querido escritor Armindo Guimarães, é uma Obra Literária de um valor incalculável, de uma riqueza ímpar. É um Livro para ser devorado rapidamente até a última página, pois tem todos os ingredientes que nos proporcionam uma leitura agradável e prazerosa.
    Um Livro recheadinho de humor e emoção!
    Parabéns ao nosso querido Armindo, este Gajo que é o Cara!

    Abraços!
    Alba Maria



    ResponderEliminar

MÚSICA LUSÓFONA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil