'Língua, Leitura e Utopia' embalam o Fliaraxá que acontece em novembro

Mais de 12 mil pessoas participaram da última edição do Fliaraxá
(Foto: Fliaraxá/Divulgação

Preparativos do Festival Literário de Araxá são feitos e autor homenageado neste ano será o moçambicano Mia Couto.

Por G1 Triângulo Mineiro 

Uma mistura de linguagens, arte e conhecimento irá movimentar a 6.ª edição do Festival Literário de Araxá (Fliaraxá), no Alto Paranaíba. O tema deste ano é “Língua, Leitura e Utopia” e irá consolidar a importância do cenário literário e cultural do Brasil.

De acordo com o criador do festival, Afonso Borges, a proposta é transformar a cidade em uma capital da lusofonia. “Tudo isso acontecerá em uma grande sinergia com autores brasileiros que estarão na programação tanto adulta, quanto infantil”, explicou.

O evento irá acontecer nos dia 15 a 19 de novembro, no Tauá Grande Hotel de Araxá. A programação será variada e inclui oficinas, lançamentos de livros, sessão de autógrafos, teatro, painéis, saraus, contação de histórias, música e exposição.

O autor homenageado neste ano será o moçambicano Mia Couto, que terá uma noite especial no sábado (18) debatendo o tema: “Língua, Literatura e Utopia” ao lado da atriz Bruna Lombardi.

Novidades

A novidade deste ano é o “Diálogos em Espiral”, que pretende realizar debates, onde o público interage com os autores com mais dinamismo. Outra novidade desta edição é o "Espaço Araxá Terra das Letras", que terá como patrono o escritor Dirceu Ferreira. Nele, haverá uma programação especial com autores e intelectuais da cidade.

O VI Fliaraxá também contará com a presença de nomes importantes da literatura lusófona, entre eles, Mia Couto, Arménio Vieira, José Eduardo Agualusa, Gonçalo Tavares, José Luís Peixoto, Filinto Elísio e Ondjaki.

Entre os nomes nacionais presentes estarão: Zuenir Ventura, J. Borges, Pasquale Cipro Neto, Bruna Lombardi, Carlos Herculano Lopes, Luiz Ruffato, Antonio Cicero, Mary del Piore, Ana Maria Gonçalves, Ana Paula Maia, Andrea Zamorano, Carlos Marcelo, Cristovão Tezza, Evandro Affonso Ferreira, Isabela Noronha, Laura Conrado, Lúcia Riff, Lucrécia Zappi, Daniela Zupo, Marcia Tiburi, Paulo Scott, Roberto Lima, Pedro Muriel, Telo Borges, Jose Luis Goldfarb, Claudia Giannetti, Sergio Abranches, Sergio Rodrigues e José Santos. No festival, o público também vai conferir os “Delírios Utópicos” de Cláudio Prado, Tamanduel e Lobato, e dos autores Alexandre de Sousa (português), Beto Junqueyra, Bianca Santana, Carlos Seabra (luso-brasileiro), Fernanda Takai, Eloar Guazzelli, Jô Oliveira, José Santos, Laura Conrado, Leo Cunha, Lucrécia Leite, Marco Haurélio, Marlette Menezes, Paula Pimenta, Salatiel Silva, Selma Maria, Silvio Costta e Tiago de Melo Andrade.

In G1
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário