Sarau ComVida volta ao presencial com show de Paulo Façanha

DO TEXTO: Paulo Façanha - Artista premiado e grande voz do Ceará para o mundo
Sarau ComVida

Projeto da Casa com a Música, na Lapa, recebe o cantor, compositor e músico cearense na terça-feira (27/09), às 20h

O Sarau ComVida, projeto da Casa com a Música que abre espaços aos talentos brasileiros e internacionais, está de volta ao presencial e em grande estilo. A edição desta terça-feira, 27 de setembro, às 20h, recebe o cantor, compositor e músico cearense Paulo Façanha, com a participação especial de Válber Lima. O espaço cultural de resistência Casa com a Música fica na Rua Joaquim Silva, 67, na Lapa (RJ). A entrada é R$ 25.

Artista premiado e grande voz do Ceará para o mundo

Nascido em 4 de junho de 1967 em Fortaleza, Paulo Façanha tem mais de 30 anos de carreira e é um dos artistas mais respeitados da cena cultural do Ceará com apresentações que reúnem canções autorais e releituras de grandes nomes da MPB, em especial de compositores cearenses. Ao longo da carreira, se apresentou com nomes como Lô Borges, Flávio Venturini, Jorge Vercillo, Raimundo Fagner, Ivan Lins, Max Vianna, Telo Borges, entre outros. Destaque em festivais, venceu o Festival Universitário da Canção, da Universidade Federal do Ceará, em 1993, com “Calabouço”, de Marcílio Homem e Beto Paiva, ganhando também o título de melhor intérprete. 

O seu primeiro álbum, “Parto”, foi lançado em 1996 de forma independente e conquistou boa aceitação do público e da crítica. Em 1999, fez temporada de seis meses com grande expressão no México. A sua composição de maior sucesso nacional é “Quando a Noite Chegar”, em parceria com Beto Paiva, gravada por Jorge Vercillo em 2000, no álbum “Leve”. No mesmo ano, lançou o seu segundo álbum com participações de Flávio Venturinni e do renomado violonista Manassés de Sousa. Participou do álbum “Fortaleza”, de Fagner, dividindo os vocais com ele e Jorge Vercillo na faixa “É Fácil de Entender”, e integrou o projeto “Som da Noite” ao lado de Junior Colares e David Duarte, lançando dois álbuns em 2001 e 2003. No seu terceiro trabalho, “Vida é pra Gastar”, produzido por Junior Meirelles (ex-diretor musical e guitarrista de Ney Matogrosso), Jorge Vercillo mais uma vez deu o ar de sua graça. Em 2008, Paulo Façanha foi homenageado pela Ordem dos Músicos do Brasil pela sua contribuição à música cearense. Vivendo atualmente em Brasília, vem ao Rio de Janeiro especialmente para o espetáculo.

Sarau ComVida        

Promovido pela Casa com a Música em parceria com o Sindicato Nacional dos Compositores Musicais às terças-feiras, o Sarau ComVida tem o propósito de abrir espaço para a diversidade e riqueza das manifestações artísticas. Uma atração diferente a cada terça-feira, apresentando novos talentos e nomes consagrados no universo das artes. E o microfone é aberto para quem quiser mostrar o seu talento ao longo da noite. Já passaram pelo seu palco mais de 200 artistas, de nomes de peso da música brasileira, como Jane Duboc, Carlos Dafé, Azymuth, Gerson King Combo, Kiko Continentino, Renato Piau e Mauro Senise, à nova geração, como Beraderos, Soul Guanabara, Luciane Dom, Chelle, Muato e Nana Kozak.

Mais informações em https://www.instagram.com/casacomamusica/ 



POSTS RELACIONADOS:
Enviar um comentário

Comentários