ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

9/16/2019

Sutiã e calcinha são os itens mais populares da Moda Íntima; Mulheres buscam peças mais confortáveis


Segundo pesquisa que acaba de ser apresentada pelo IEMI Inteligência de Mercado, sutiã e calcinha são as peças mais confeccionadas no segmento de moda íntima e de dormir, sendo 80% da produção do setor em 2018. Enquanto isso, corpetes e espartilhos tiveram queda de 22,5%, e camisolas/anáguas/combinações, recuo de 22%. Ainda segundo o IEMI, a expectativa para este ano é um aumento de 0,7% na produção de todo o setor.

De acordo com a designer de produto da Econfort Lingerie, Samantha Perim, a busca por sutiãs e calcinhas confortáveis e com fibras naturais também tem aumentado. “O tecido natural mais comum, conhecido por sua respirabilidade, é o algodão. As mulheres estão escolhendo peças com algodão, já que ele permite à pele respirar devido as suas fibras porosas. Além disso, trabalhar com o algodão tem se mostrado uma das alternativas mais sustentáveis para a produção de tecidos, por se tratar de peças biodegradáveis e, diferentemente das fibras sintéticas, não soltam microplástico durante seu consumo”, disse.

A designer de produto da Econfort Lingerie, Samantha Perim, ainda explica que adolescentes também estão opinando com mais propriedade na escolha das peças íntimas. “Observamos uma crescente procura das adolescentes por peças íntimas que trazem mais conforto para o seu dia a dia e até mesmo que se tornem peças de um look para sair à noite. É interessante observar como o segmento vem se renovando devido às escolhas da nova geração”, explica.

Sem comentários:

Enviar um comentário