ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

3/23/2019

Mostra de Artes Cênicas Tiradentes em Cena usará a alegria como forma de resistência cultural


Estão abertas até o dia 25 de março as inscrições para a sétima edição da Mostra de Artes Cênicas Tiradentes em Cena. Produtores de todo o país podem inscrever seus projetos e participar do charmoso festival que acontece na cidade mineira de Tiradentes.

Como de costume, a mostra escolhe uma palavra que irá nortear o clima desses nove dias de intenso mergulho nas artes cênicas na cidade mineira de Tiradentes. Para 2019 elegemos a ALEGRIA. Essa força que nos conecta e puxa para o momento presente se faz necessária de maneira urgente para conseguirmos conviver com um futuro incerto. Alegria não é sinônimo de felicidade e tão pouco significado de superficialidade. É um momento de êxtase que une as pessoas, abre portas e gera empatia. Em 1967 cantamos “alegria, alegria” como marco inicial do tropicalismo e hino de resistência contra a ditadura. Como se vê, nem tudo é comédia quando falamos de alegria.

Com seis anos de existência, a Mostra Tiradentes em Cena tem se transformado em uma grande vitrine das artes cênicas para o cenário cultural do país. Durante nove dias todos os espaços da cidade são requisitados para se tornarem palcos: átrios, igrejas, casarões, mas também a garagem ou até mesmo uma sala de estar. A ideia de teatro ao ar livre ou apresentado fora da tradicional caixa preta nos remete aos primórdios do teatro, ainda na Grécia, onde surgiu.

A noção de ar livre desempenha um papel central na construção da ocupação, além de aproximar ainda mais o público. A mostra a cada edição busca transformar profundamente o espaço urbano convertendo ambos locais em uma cidade teatro. A Mostra ganha a cada ano consistência temática e tem descoberto que promover o encontro entre artistas e plateia pode gerar o mais caro legado de um festival: a transformação. Conversar – sobretudo hoje em dia quando somos estimulados a encontros mais virtuais que reais – tem peso de ouro.

Tiradentes em Cena
Rosemeire Barbosa- Estúdio Azul

Sobre a autora

Rosemeire Barbosa- Estúdio Azul - Natural e residente na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo, formada em Magistério pela E.E.S.G. “Sud Mennucci” com habilitação para exercer a profissão de professora em 1996. Aprovada no Concurso Público de prova e Títulos para provimento de emprego de Professor do Ensino Fundamental em 14 de janeiro de 1999. Em 1 de fevereiro de 2001, foi contratada pela Prefeitura Municipal de Piracicaba, na pasta da Secretaria da Educação com habilitação para alunos do 1º ao 5º ano. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

HOMENAGEM A ROBERTO LEAL

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil