Psicóloga transpessoal explica por que é importante “deixar o passado passar”

(Foto: iStock, Getty Images)

Frustração, impotência, tristeza, dores musculares e angústia são alguns dos sintomas sofridos por quem fica remoendo o passado

Deixar as histórias passadas vividas no passado, segundo especialistas, nos auxilia a abrir espaço no presente, para vivenciar um novo fluxo de realidade, com novos sentimentos e conquistas. Mas, por que será que é tão difícil dar esse passo?

Segundo a orientadora pessoal e psicóloga transpessoal Wanessa Moreira, o nosso cérebro registra todos os pensamentos que temos como uma realidade acontecendo no momento presente. “Então, a cada pensamento de situações passadas que trazemos para o presente, para o nosso cérebro é como se estivesse acontecendo de novo o mesmo fato”, explica.

Ainda, de acordo com a especialista Wanessa Moreira - que também atua como Master Mentoring em Coaching Corpo e Mente - cada vez que uma memória triste do passado é retomada no pensamento, ela passa a ganhar espaço e parece ter acontecido por diversas vezes.

“E a cada vez que trazemos a memória, ficamos buscando uma saída de sobrevivência a partir do cérebro, para que esse fato não acontecesse desse jeito. Gastamos tempo e energia tentando arrumar esse passado que já aconteceu, ao invés de colocar esse tempo e energia para viver o presente”, esclarece a orientadora pessoal.

A especialista afirma que isso acaba por acarretar diversos sintomas, como: frustração, impotência, tristeza, dores musculares, angústia, entre outros, por não poder fazer nada de fato em relação ao que já se foi, e continuar em vão buscando uma saída.


(Orientadora pessoal Wanessa Moreira / divulgação)

Wanessa Moreira salienta que a vida acontece no presente, pois nossos sonhos, anseios e desejos são encontrados no presente. Portanto, como viver a vida que desejamos se nós mesmos estamos aprisionados no passado?

Para a psicóloga transpessoal, enquanto estivermos nesse lugar, “não há espaço para receber as conquistas do presente, e a vida passa por nós sem que possamos perceber tudo que está disponível para materializar o que buscamos viver”.

Desta forma, de acordo com a especialista, é preciso dar um lugar gentil para sua a memória passada, agradecer o acontecido, e abraçar a sua história, pois ela faz parte de quem você é. “Em seguida, siga em frente, pois a vida acontece todos os dias e está recheada de boas surpresas e bons sentimentos para serem vividos”, finaliza a orientadora pessoal.

Mais informações:
http://www.wanessamoreira.com
http://www.coachingcorpoemente.com.br
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário