ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

20 de março de 2011

Linda de Suza que encanto de mulher





Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@hotmail.com
Portal Splish Splash


Nesta pesquisa de valores musicais que emigraram para o estrangeiro – e que formam um bom punhado, sublinhe-se -, não podíamos, de forma alguma, deixar de passar pela França onde se encontra um encanto de mulher, de nome Linda de Suza (de Sousa para os portugueses), e que é um dos maiores orgulhos da comunidade portuguesa no referido país (o futebolista Pauleta também o foi). Ela que canta em português, francês e inglês. Como diria um amigo meu, no seu peculiar estilo de alegre humorista, “uma língua para todos os gostos e paladares”.


Linda de Suza que deixa todo o seu encanto por onde passa (será que Roberto Carlos já cheirou o seu perfume?), em 1984 participou no Festival RTP da Canção. Interessante que, neste percurso de carreira, brilhante, diga-se, Linda de Suza tem interpretado várias canções portuguesas, não esquecendo também a ilha da Madeira com o seu tradicional Bailinho. Mas, voltando às velhas canções portuguesas, Malhão, Malhão, Tia Anica do Loulé, etc.

Evidentemente que, com o seu quotidiano em França, onde realiza muitos espectáculos, Linda de Suza opta, naturalmente, pelo francês, já de muito bom nível. Aliás, a maioria dos emigrantes portugueses já domina bem o francês, de acordo com algumas pesquisas feitas nesse sentido. Portanto, tratando-se de uma cantora de eleição, Linda de Suza não poderia ser excepção. Mais: a obrigatoriedade de, linguisticamente falando, ser tão boa quanto outros nomes sonantes da canção francesa.

E como vou terminar este artigo? Tão-somente assim: Linda, você é Linda de mais. Mas isto é o nome de uma canção. Isso mesmo, dedicada a Linda de Suza.

LINDA DE SUZA




1 comentários via Blogger
comentários via Facebook | Pode optar por Comentar via Facebook clicando aqui.

1 comentário:

  1. OLà amigo Carlos Alberto!é verdade que a Linda de Sousa teve muito exito em França.Comoveu muita gente com a sua vinda para a França visto que veu-o sem papeis e com um filho nos braços.Tambem é verdade que neste caso ela nao foi a unica mas como ela tinha uma voz que agradava ao publico e com mérito, sua historia foi mais divugada e assim passou a ser uma mulher publica e popular querida até mais pelos Frances que os Portugueses.Abraços

    ResponderEliminar

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique para ver o perfil