Manifestações cutâneas de picadas de carrapatos em seres humanos


Trabalho realizado na Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu

Os carrapatos são artrópodes hematófagos que, por meio da fixação na pele humana através de aparatos bucais, causam manifestações cutâneas iniciais diversas, podendo ainda transmitir doenças infecciosas graves. Em certas situações, as equipes de saúde (e especialmente os dermatologistas) podem enfrentar dificuldades para identificação das lesões e para associá-las aos parasitas.

Para auxiliar no diagnóstico clínico, pesquisa da Faculdade de Medicina da Unesp em Botucatu propõe uma classificação das lesões em lesões primárias, que ocorrem pela fixação do carrapato no hospedeiro (por toxicidade e substâncias anticoagulantes da saliva e/ou inflamação pela penetração e permanência do aparato bucal), e lesões secundárias, que são manifestações causadas por infecções por riquétsias, bactérias, protozoários e fungos inoculados pelos carrapatos.

Para saber mais, clique aqui.
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário