Empresas de resíduos sólidos buscam parceria com Portugal para eliminar lixões no Brasil


Evento acontece amanhã, dia 31 de janeiro, em São Paulo (SP), e vai reunir autoridades, empresários e entidades setoriais dos dois países
São Paulo, 30 de janeiro de 2018 – Os empresários da área de saneamento e resíduos sólidos recebem, no dia 31 de janeiro (quarta-feira) uma  delegação portuguesa, composta por autoridades públicas, executivos e entidades setoriais para discutir as questões legais sobre o tratamento de resíduos sólidos urbanos e alternativas para a erradicação dos lixões no Brasil.

Organizado por cinco entidades setoriais brasileiras, o encontro terá a presença de Carlos Martins, secretário de Estado do Ambiente de Portugal, além de representantes da Associação Brasileiras da Infraestrutura e Indústrias (Abdib), da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre), do Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana no Estado de SP (Selur), da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) e da Associação Brasileira de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública (ABLP).

Serviço
Data: 31 de janeiro de 2018
Horário: das 9h às 16h30
Local: sede da Abdib
Praça Monteiro Lobato, 36
Butantã, São Paulo

Presenças:

Carlos Martins
Secretário de Estado do Ambiente de Portugal

Venilton Tadini
Presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias (Abdib)

Carlos Fernandes
Presidente da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre)

Márcio Matheus
Presidente do Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana no Estado de SP (Selur)

Inês Diogo
Vice-Presidente da Agência Portuguesa do Ambiente
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário