National Geographic e a Zoological Society of London lançam o novo programa de bolsas Nat Geo Photo Ark EDGE

 

As bolsas de estudo apoiarão os futuros líderes de conservação que trabalham para transformar a realidade de espécies menos conhecidas e que estão em risco.

Para milhares de criaturas que vivem na Terra o tempo está se esgotando. Embora a vida e os lugares selvagens do nosso planeta estejam desaparecendo em índices alarmantes, as espécies mais ameaçadas ainda recebem pouco ou nenhum financiamento de conservação. Para ajudar a salvar a vida selvagem e soar o alarme para espécies menos conhecidas que encontram-se em risco, o National Geographic Society e o Zoological Society of London (ZSL) lançaram o novo programa de bolsas de estudos colaborativo.
Em parceria com o EDGE of Existence Program da ZSL, que se concentra nas espécies mais singulares e ameaçadas do planeta, as novas bolsas apoiarão pesquisas de campo e esforços de conservação para ajudar a salvar criaturas apresentadas na National Geographic Photo Ark. O Photo Ark é um programa emblemático da National Geographic Society, fundada pelo fotógrafo do National Geographic Joel Sartore. Ele visa documentar todas as espécies nos zoológicos do mundo e santuários de vida selvagem, inspirar ações através da educação e ajudar a salvar a vida selvagem, dando suporte a pesquisas de campos e medidas de conservação.
O programa de bolsas do Nat Geo Photo Ark EDGE aproveitará o poder das fascinantes fotografias de Sartore para chamar a atenção para a crise da extinção global. Também ajudarão a colocar ferramentas eficazes nas mãos de conservacionistas que mudarão a situação de espécies em risco.
Cinco candidatos da na América Latina foram nomeados para as bolsas inaugurais do Nat Geo Photo Ark EDGE, devido aos seus precedentes e compromisso demonstrado com a conservação de espécies. Eles são: 

Jamal Galves, Belize: Antillean Manatee, Trichechus manatus manatus (IUCN Red List: Endangered);

Marina Rivero, México: Baird’s Tapir, Tapirus bairdii (IUCN Red List: Endangered);

Vinicius Alberici Roberto, Brasil: Giant Anteater, Myrmecophaga tridactyla (IUCN Red List: Vulnerable); 

Daniel Arauz, Costa Rica: Hawksbill Turtle, Eretmochelys imbricata (IUCN Red List: Critically Endangered); e 

Yaijaira Garcia Feria, México: Volcano Rabbit, Romerolagus diazi (IUCN Red List: Endangered).

De meados de janeiro a meados de fevereiro de 2018, esses cinco candidatos participarão de um curso de treinamento de "Ferramentas de conservação" de quatro semanas, na Costa Rica. O curso incluirá um Bootcamp National Geographic Sciencetelling onde os candidatos aprenderão com os melhores fotógrafos, editores e produtores de vídeos digitais do National Geographic. Especialistas em stroytelling ensinarão os candidatos a mostrar seu trabalho através de fotos cativantes, vídeos convincentes e histórias escritas no campo. Eles também receberão treinamento da ZSL sobre as habilidades essenciais necessárias para realizar projetos de conservação efetivos. Após o treinamento, com orientação e apoio contínuo da National Geographic Society e ZSL, os bolsistas Photo Ark EDGE realizarão um projeto de dois anos focados nas suas espécies.

VisiteNatGeoPhotoArk.Org para ver atualizações sobre o programa à medida que os candidatos se dirigem ao campo, para o curso de treinamento e começam a desenvolver seus planos de ação. Em 2018, as próxima turma do Nat Geo Photo Ark EDGE Fellows será selecionada na Ásia. 

Quer se tornar um explorador National Geographic? Saiba como você pode solicitar uma bolsa da National Geographic Society no site https://www.nationalgeographic.org/grants. Você pode apoiar esforços para permitir que cientistas inovadores, conservacionistas e educadores, como esses, saiam à campo.

Saiba mais sobre as espécies Evolutionarily Distinct e Globalmente ameaçadas (EDGE) e o EDGE of Existence Program da ZSL, em www.edgeofexistence.org. 

 Sobre a National Geographic Partners LLC

National Geographic Partners LLC (NGP), é uma operação conjunta entre a National Geographic e 21st Century Fox, comprometida trazer ao mundo conteúdos científicos, de aventura e exploração de primeira linha através de seu porifólio. NGP combina os canais de televisão National Geographic, com ativos midiaticos e orientados ao consumidor, que incluem as revistas National Geographic (National Geographic Channel, Nat Geo Wild, Nat Geo Kids, Nat Geo Mundo, Nat Geo People), com ativos orientados ao consumidor da National Geographic, que incluem as revistas National Geographic, National Geographic Studios, as plataformas digitais e de redes sociais relacionadas, livros, mapas, mídia para crianças e atividades complementares, como viagens, experiências e eventos internacionais, vendas de material de arquivo, concessões de licença, e empresas de comércio eletrônico. Impulsionar o conhecimento e a compreensão do mundo tem sido o propósito principal do National Geographic durante 128 anos, e agora nos comprometemos a aprofundar mais, ampliar as froteiras e ir mais distante para nossos consumidores chegando em mais de 730 mihões de pessoas em todo mundo, em 171 países e 45 idiomas, todos os meses. A NGP destina 27% de seu lucro para a National Geographic Society, uma sociedade sem fins lucrativos, para financiar seu trabalho em áreas da ciência, exploração, conservação e educação. Para mais informações, ingresse nationalgeographicbrasil.com
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário