SRB promove a 1ª Feira Viva – Edição Outono, em São Paulo


Evento reunirá produtores, consumidores e chefs no MuBe, no dia 06/05, a partir das 10h Iniciativa oferecerá ao público os melhores produtos agrícolas com detalhes sobre a origem e o caminho percorrido pelos alimentos até a cidade

                                                                                                                                    
Alda Jesus
Portal Splish Splash

São Paulo, 03 de maio - A Sociedade Rural Brasileira (SRB) realiza no próximo sábado, dia 6 de maio, a 1ª Feira Viva – Edição Outono, evento que reunirá consumidores, produtores rurais e chefs de cozinha renomados para estreitar a relação entre agricultura, gastronomia e meio ambiente. A feira tem entrada livre e acontece das 10h às 19h no Museu Brasileiro da Escultura (MuBE), no Jardim Europa, em São Paulo.

Ao fomentar a gestão moderna no campo com produtos de forte apelo regional, o evento trará para a capital paulista alimentos produzidos sob o conceito de terroir – termo francês que designa a origem dos produtos e as aptidões agrícolas de uma determinada extensão territorial.

A Feira Viva foi idealizada em 2016 pela Sociedade Rural Brasileira (SRB) em parceria com o produtor rural Patrick Assumpção, do Vale do Paraíba, e com a agrônoma Keila Malvezzi, com apoio do banco Santander e ícones do seleto grupo de chefs brasileiros, como Alex Atala (D.O.M.) e Helena Rizzo (Maní). O projeto prevê a realização de quatro edições anuais, uma para cada estação do ano.

“O Brasil pode oferecer uma variedade gigantesca de produtos de altíssima qualidade e identidade regional, produzidos com técnicas modernas que conciliam o meio ambiente à atividade rural”, destaca João Adrien, diretor da SRB. Segundo ele, um dos objetivos da Feira Viva é valorizar a produção agrícola de pequena escala, com alto valor gastronômico e cultural. Da mesma forma que o Brasil se consolidou como um grande produtor de commodities, o evento aposta no potencial da agricultura local para contribuir com o desenvolvimento socioeconômico do País. “Um dos nossos principais desafios é firmar entre o público brasileiro o conceito terroir assim como já acontece nos países europeus”, diz Adrien. Além disso, ele destaca o desafio de disseminar o entendimento de que qualidade de consumo, responsabilidade ambiental e conhecimento sobre a origem dos produtos andam juntos.

Segundo o diretor da SRB, a feira inaugura uma série de ações planejadas para comemorar o centenário da entidade rural, que acontecerá em 2019.

Para o agrônomo Patrick Assumpção, o consumidor precisa saber como, onde e por quem os alimentos são produzidos para ser efetivamente capaz de definir um cardápio saudável para sua família. “Por isso, fizemos questão de oferecer somente produtos sazonais e locais”, enfatiza o produtor rural. “A Feira Viva nos traz a possibilidade de disseminar, por meio da gastronomia, novos modelos de negócio que conciliam produção agrícola e preservação ambiental, demonstrando que essas duas atividades podem caminhar juntas”, acrescenta Assumpção.

Esta iniciativa faz parte da estratégia de patrocínios do Santander que tem como objetivo associar a marca do Banco a renomados eventos de gastronomia, mas, principalmente, gerar negócios em toda a cadeia, do produtor rural até os restaurantes e bares. Além disso, o Banco reforça seu apoio às inovações empreendedoras e culturais, uma vez que a gastronomia está entre as grandes expressões da cultura de um País.

O evento terá dois espaços destinados ao público. A Feira Viva Livre terá acesso gratuito ao público, com opções de compras e degustações de produtos produzidos no Outono. Já o Feira Viva Experiências possuirá uma agenda de atividades pagas. Cliente Santander possui 30% de desconto no ingresso. Os ingressos podem ser adquiridos no site do Food Pass (www.foodpass.com.br).
Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário