Música de Roberto Carlos promove álbum em que Elba Ramalho professa a fé cristã


Por Mauro Ferreira

Uma das músicas mais bonitas da safra religiosa do cancioneiro composto por Roberto Carlos com Erasmo Carlos, O homem ganha a voz de Elba Ramalho 44 anos após ter sido lançada pelo Rei em álbum de 1973. O homem é a música escolhida para promover Eu sou o caminho, álbum em que a cantora paraibana professa a fé cristã.

Precedido e anunciado pelo single com a música Não passarás (Zé Américo Bastos e Salgado Maranhão), lançado nas plataformas digitais em 15 de dezembro, o álbum chega ao mercado fonográfico na próxima quinta-feira, 22 de dezembro. No dia seguinte, Elba lança o lyric video da regravação da canção de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, de cuja obra a cantora também refaz O terço, composição lançada por Roberto em disco de 1996, mesmo ano em que Alcione apresentou Estrela luminosa, música de Altay Veloso revivida por Elba no 35º álbum de discografia iniciada em 1979. 


"Eu sou o caminho é um disco devocional, de gratidão a Deus por tudo o que eu tenho, por tudo que eu sou e por tudo que eu faço", conceitua Elba. "Fugimos de cânticos religiosos e tradicionais. O que temos é um disco de música popular, de uma cantora popular", caracteriza o músico maranhense Zé Américo Bastos, arranjador e diretor musical do álbum gravado com a participação do padre cantor Fábio de Melo na música Alegria (Maninho, 2016). 

Além do single Não passarás, Zé Américo assina com Salgado Maranhão a música Deixe o amor fazer a lei. Compositor recorrente na discografia de Elba, Nando Cordel está presente no repertório de Eu sou o caminho com regravação de Paz pela paz (2000). Já a música-título Eu sou o caminho é de autoria de Gilson. 

No disco, Elba também dá voz à canção Minha fé (Paulo César Barros e Pedrinho Periquito, 2004), à música Vou com Jesus (Cris Reis) e a uma versão em português – assinada pela própria Elba com Jorge Nova – de La canzone di Medjugorje, sucesso do cantor e compositor italiano de música cristã Vittorio Gabassi. Ave Maria (Franz Schubert, 1825) fecha o álbum cristão de Elba Ramalho.

in-g1.globo.com
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário