Porto Alegre: Compositores de sucessos inesquecíveis emocionam público na Festa Nacional da Música


Como nasce uma composição de sucesso? Dá para fazer música boa por encomenda? De onde vem a inspiração? Algumas destas perguntas, se não foram totalmente respondidas, suscitaram boas lembranças e ótimos momentos para o público que prestigiou o encontro de compositores Ninho da Criação, realizado na tarde desta segunda-feira, como parte da programação da Festa Nacional da Música, no Centro de Eventos do Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre. A cada recordação, as memórias eram embaladas pelas composições cantadas nas vozes de seus criadores.

No palco, compositores de hits que ficaram eternizados nas vozes de Tim Maia, Roberto Carlos, Gal Costa, Fagner e muitos outros artistas. Apresentados pela cantora Gisa Nunez, foram chamados a se apresentar Carlos Colla, Sá, da dupla com Guarabyra, Nando Cordel, Paulo Massadas e Michael Sullivan. Os dois últimos, assim que subiram ao palco, sentaram separados, o que acabou provocando pedidos para que sentassem juntos, relembrando a parceria de tantos anos, atendendo prontamente as solicitações. O fim da parceria entre os dois foi motivo de comentários ao longo do encontro, mas sempre encarado com bom humor pela dupla, que protagonizou momentos emocionantes.

Entre uma música e outra, os compositores contavam bastidores das letras. Sullivan lembrou como Tim Maia lhe pediu uma composição. O cantor queria algo que pudesse começar falando, ao estilo de Barry White, compositor norte-americano de inúmeros sucessos em estilo soul e baladas românticas. Assim nasceu “Me dê Motivo”. Nando Cordel falou que cada vez que Elba Ramalho lhe ligava para pedir uma música, falava da vida, como estava se sentindo no momento. Em um desses momentos surgiu “De Volta Para o Meu Aconchego”, junto com Dominguinhos.

Na plateia, o maestro Eduardo Lages, responsável por muitos arranjos de músicas criadas pelos compositores no palco e que ficaram famosas na voz de Roberto Carlos, aplaudiu os letristas. Ao lado dele, o Padre Antônio Maria que, ao final, subiu ao palco e fez um agradecimento emocionado aos compositores pela forma como utilizam o dom que Deus lhes deu. O encontro terminou com público e compositores cantando “Uni Duni Tê”, sucesso infantil que alegra todas as gerações. 

Festa Nacional da Música – Marcada pela diversidade de estilos, a Festa Nacional da Música promove, de 12 a 25 de outubro, a integração de artistas de todo Brasil e dos mais variados gêneros musicais. Do rock ao samba, do funk ao forró, do rap ao sertanejo, da MPB à música clássica, o clima é de descontração e intercâmbio cultural junto a personalidades de renome do mercado da música, como empresários, produtores e representantes de gravadoras. Shows espontâneos, parcerias improvisadas, jam sessions e debates importantes acerca da indústria fonográfica brasileira dão o tom do evento. 

Cidade da Música – Neste ano, o maior encontro da música brasileira irá tomar conta das ruas de Porto Alegre em uma programação aberta ao público e especialmente voltada a artistas regionais e locais: a Cidade da Música. Realizada de 12 a 21 de outubro como uma espécie de aquecimento para as atrações já tradicionais, as atividades serão gratuitas e passarão pelos principais pontos da capital gaúcha, como parques, praças, estações de trem e teatros.

in-http://felipevieira.com.br
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário