Senado Federal em Brasília terá Seminário Nacional “Meninas no Poder”

Larissa participa do High Level Political Forum em Nova York. Foto: Plan Staff

Nova plataforma busca através ações em todo o Brasil aumentar o protagonismo de meninas na política

São Paulo, agosto de 2017 - No próximo dia 29 de agosto, às 14 horas, o auditório Senador Antônio Carlos Magalhães no Interlegis do Senado Federal em Brasília (DF) recebe o Seminário Nacional “Meninas no Poder” – uma iniciativa da Plan International Brasil, que conta com a participação de mais de 200 meninas vindas do Pará, Maranhão, Distrito Federal, São Paulo e Rio Grande do Sul. O grupo é composto majoritariamente por meninas negras e moradoras de periferias e tem objetivo de compartilhar as ações que acontecem nas cinco regiões do País.

Dois importantes eventos acontecem durante o Seminário. O primeiro será o lançamento da Plataforma Virtual “Meninas no Poder” - para conectar as meninas de todo o país, que será atualizada pelas próprias meninas do projeto por meio da postagem de vídeos, relatos, diários sobre suas ações de incidência nas suas comunidades - e da Metodologia Política e Advocacy para Meninas. O segundo evento será a apresentação oficial do “Relatório Meninas e os Objetivos do Desenvolvimentos Sustentável (ODS) – uma análise da situação das meninas no Brasil”.

Alcançar a igualdade de gênero é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), em setembro de 2015 pelas Nações Unidas e estabelece metas de igualdade de gênero até 2030. A Plan International Brasil acredita que sem uma mudança radical por parte dos governos, essa meta, ao lado de outras, não poderá ser alcançada.

“Se continuarmos como hoje, os governos não vão acabar com o abuso e a desigualdade de gênero, pois os dados sobre essas questões são insuficientes ou inexistentes. Para mudar esta realidade, o primeiro passo é tornar visível a realidade das meninas. É mais fácil ignorar um problema quando há pouca evidência de seu tamanho e impacto sobre a vida das pessoas. Se quisermos garantir o cumprimento da Agenda 2030, devemos nos certificar de que cada menina conta e importa para a sociedade", diz Anette Trompeter, diretora executiva da Plan International Brasil.

Plataforma Meninas no Poder
Realizada pela Plan International Brasil por meio de um convênio com o Conselho Nacional dos Direitos das Crianças e Adolescentes  CONANDA nas cidades de Porto Alegre (RS), São Luís (MA), Belém (PA), São Paulo (SP) e Brasília (DF), a iniciativa busca promover a mobilização e a formação de 200 meninas entre 14 e 18 anos, incentivando e fortalecendo a participação cidadã, o protagonismo, a incidência e o controle social sobre as políticas públicas referentes aos seus direitos. A iniciativa prevê a realização de oficinas nas cinco capitais sobre empoderamento, liderança e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS 5).

Sobre a Plan International Brasil
A Plan International é uma organização não-governamental de origem inglesa ativa desde 1937 e presente em 71 países. No Brasil desde 1997, a organização possui hoje mais de 20 projetos, impactando aproximadamente 70 mil crianças e adolescentes. A Plan International Brasil parte do princípio de que assegurar o direito de crianças e adolescentes é um dever e não uma escolha. Em 2011, lançou o movimento global “Por Ser Menina”, com o objetivo de acabar com as raízes da discriminação contra meninas, exclusão e vulnerabilidade, por meio da educação e do desenvolvimento de habilidades. Como resultado dos esforços da Plan International, em 2012 a ONU instituiu o dia 11 de outubro o Dia Internacional da Menina. Para mais informações sobre a organização, acesse: www.plan.org.br

Programação

Seminário Nacional Meninas no Poder (Preliminar)
Dia: 29 de agosto de 2017
Horário: 14:00 às 17:30h
Local: Auditório do Interlegis, localizado na  Av. N2, Anexo E do Senado Federal – Brasília, DF

13:30 – Credenciamento

14:00 – Mesa de Abertura
Senadora Vanessa Grazziotin – Procuradora da Procuradoria da Mulher no Senado Federal
Maria Gutenara Martins Araújo - Chefe de Gabinete-substituta da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente
Rubia Auxiliadora Constancio Quintão – Coordenadora Geral de Projetos Especiais da Secretara de Governo
Perla Ribeiro - Subsecretaria de Promoção de Políticas para Criança e Adolescente do Governo do Distrito Federal
Joana Chagas – Gerente de Projetos – ONU Mulheres
Gabriela Mora - Unicef
Flávio Debique – Gerente de Estratégia de Programas – Plan International Brasil
Marqueline Silva – Jovem Delegada da Comissão Nacional do projeto Plataforma Meninas no Poder

14:30 – Roda de Conversa – Meninas no Poder – Experiências e Vivências participando do projeto
Mediadora: Monica Souza –  Gerente de Comunicações - Plan  International Brasil
Luana Conceição – Jovem Delegada representante da Região Nordeste
Luisa Xavier – Jovem Delegada representante da Região Sul
Maria Eduarda – Jovem Delegada representante da Região Sudeste
Isabel – Jovem Delegada representante da Região Centro-Oeste

15:15 – 15:30 –  Intervalo

15:30  –  Apresentação da Plataforma Meninas no Poder
Viviana Santiago e Bárbara Barboza
- Empoderamento de Meninas sob a perspectiva dos ODS
- Metodologia de Empoderamento das Meninas
- Plataforma Online

16:30 – Apresentação do Relatório As Meninas e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – Uma Análise da Situação das Meninas no Brasil.
Daniella Rocha - Coordenadora Técnica do Relatório

17:00
– Cocktail

Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e Administradora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário