Como conhecer a própria geografia interior?


Em Liberte-se da sua mente: do vazio à plenitude, o terapeuta transpessoal Rossano Sobrinho aborda o autoconhecimento e coloca a prática como um caminho essencial para a evolução

O terapeuta transpessoal e psicopedagogo, Rossano Sobrinho, apresenta em Liberte-se da sua mente: do vazio à plenitude, publicado pela Boa Nova, uma mensagem sobre a importância do conhecimento de si mesmo.

O leitor poderá desfrutar de orientações que facilitam o roteiro que possivelmente o levará a conhecer a sua própria intimidade, a perceber o comodismo existencial dentro de uma vida ilusória de valores e grandezas vazias, que podem fazer parte de sua trajetória.

A intenção destes ensinamentos é a libertação de qualquer processo que atrase a evolução do indivíduo, principalmente quando estes empecilhos vêm da própria mente.

A reflexão que Rossano traz são duas configurações de caminhos que podem ajudar o homem e a maneira que vive. O primeiro, a estrada das vivências repetidas e despertadoras, ao longo da qual surgirão a dor e as lutas reparadoras. Em um segundo caminho, encontraremos a necessidade de autoconhecimento – o ser que resolve entrar pela porta estreita de si mesmo.

Não é o que as pessoas fazem que normalmente nos fere, mas como absorvemos, através da mente, a atitude das pessoas. Não é tanto a doença do corpo que se torna nossa maior aflição, e sim como interpretamos esse episódio reeducativo da alma.

Rossano Sobrinho relata em Liberte-se da sua mente: do vazio à plenitude, a necessidade das pessoas em entenderem a geografia interior, mapear os pensamentos, ações, emoções e sentimentos. Esta obra fará com que o leitor desperte a consciência profunda de quem é, e passe a gerenciar a própria vida mental.

Ficha Técnica:
Autor: Rossano Sobrinho
Gênero: Filosófico
Formato: 16x23 cm
Páginas: 32
Preço de capa: R$ 37,90
ISBN: 978-85-8353-076-3
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário