Dia do amigo: Redley traz para o Rio de Janeiro projeto internacional para ajudar moradores de rua


Com a crise financeira e a situação precária do Estado, a população de rua aumentou. Só no Centro, em 2016, eram 2.638 pessoas

 
Alba Bittencourt
Portal Splish Splash


A Redley traz para o Rio de Janeiro o projeto internacional The Street Store. No Dia do amigo, 20/7, o Circo Voador, desta vez, vira palco para uma loja a céu aberto para moradores de rua. A marca já está recebendo doações de roupas e acessórios em todas as suas lojas, e vai fazer triagem e montagem do local, além de fornecer voluntários que atuarão como “vendedores”.
A intenção é trazer dignidade e experiências para os moradores de rua, que poderão se sentir em uma verdadeira loja, com a diferença que ninguém passa no caixa na saída.

Com a crise financeira e a situação precária do Estado, a população de rua aumentou. A Lapa e o Centro são os bairros que concentram a maior quantidade de moradores de rua da cidade. É a primeira parada de grande parte dessa população. Só no Centro, em 2016, eram 2.638 pessoas. 


Sobre o The Street Store:

A ideia começou na Cidade do Cabo, na África do Sul, em 2014, quando uma turma de jovens se reuniu para fazer as doações de forma mais organizada, com araras e cabides de papelão, e atendeu num só dia 3.500 pessoas.

 
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário