Livros da SM recebem o selo Altamente Recomendável FNLIJ 2017


Dez obras da editora agora irão concorrer ao Prêmio FNLIJ 2017

 
Alba Bittencourt
Portal Splish Splash
 

A SM teve 10 livros selecionados como Altamente Recomendável FNLIJ 2017 - Produção 2016. As obras irão concorrer no Prêmio FNLIJ - O Melhor para Criança, realizado anualmente pela Fundação Nacional do Livro Infantil, e que premia os melhores livros infantis e juvenis.

Confira abaixo a lista de livros considerados Altamente Recomendável FNLIJ 2017 - Produção 2016:

- Categoria Criança: Quero colo! Stela Barbieri e Fernando Vilela.

- Categoria Criança: No parque. Iuri Pereira. Ilustrações Rebeca Luciani.

- Categoria Jovem: Briga das pastoras e outras histórias. Mário de Andrade e a busca do popular. Organização Ivan Marques. Ilustrações Mauricio Negro.

- Categoria Jovem: Tempo justo. João Anzanello Carrascoza.

- Categoria Reconto: O faraó e o homem dos figos. Ilan Brenman. Ilustrações Anuska Allepuz.

- Categoria Poesia: O caderno do jardineiro. Texto e ilustrações de Angela Lago.

- Categoria Tradução Adaptação Jovem: Os Marvels. Texto e ilustrações de Brian Selznick.Tradução de Santiago Nazarian.

- Categoria Tradução Adaptação Informativo: Picasso e o Guernica. Alain Serres. Tradução de Chantal Castelli.

- Categoria Informativo: Um escritor na capela. Texto e ilustrações de Nelson Cruz.

- Categoria Livro de Imagem: Escondida. Jean-Claude Alphen.

Para mais informações, acesse:www.fnlij.org.br
 Sobre a editora: Fundada em 1937, a SM não se intitula uma empresa mas, sim, um projeto cultural e educativo com duas áreas de atuação plenamente integradas: em primeiro lugar, na elaboração e oferta de conteúdos e serviços educativos de prima excelência, sobretudo didáticos e de literatura infanto-juvenil, e, em segundo, no trabalho social realizado pela Fundação SM, que destina todos os recursos provenientes da atividade comercial da SM para melhorar a qualidade da educação e levar a docência e cultura aos setores menos favorecidos da sociedade. Focada no âmbito ibero-americano, a SM está presente em 10 países e são mais de 2.300 profissionais e voluntários se dedicando a este projeto. No Brasil, atua desde 2004.
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário