Aliança Navegação e Logística anuncia apoio institucional ao projeto Karatê e Taekwondo do Instituto Olga Kos


Projeto tem como objetivo a inclusão de crianças e adolescentes com deficiência intelectual à sociedade por meio da prática das artes marciais

                                                                                                                                
Alda Jesus
Portal Splish Splash

São Paulo, Maio de 2017 – A Aliança Navegação e Logística, líder em cabotagem no Brasil, firmou contrato de apoio institucional ao Projeto Karatê e Taekwondo – Super Ação II, desenvolvido pelo Instituto Olga Kos para trabalhar aspectos físicos, motores e cognitivos de crianças e adolescentes com deficiência intelectual. Por meio das artes marciais, a instituição estimula a interação social e promove a participação da família no processo de inclusão desses jovens.


Para esta iniciativa, a Aliança utilizará a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte (LPIE), que permite às companhias repassarem recursos financeiros a projetos esportivos por meio da renúncia de 3% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

A parceria permite à empresa de cabotagem a inserção de sua logomarca em todas as peças gráficas e material de divulgação do projeto, bem como no site do Instituto Olga Kos, nos banners institucionais e nas camisetas/uniformes do projeto. A companhia também receberá algumas brochuras com o relatório final ilustrado e uma palestra, na sede da Aliança, sobre a influência do esporte e da arte no desenvolvimento das pessoas com deficiência intelectual.

“Estamos muito felizes com a oportunidade de contribuir com o Projeto Karatê e Taekwondo, que ajudará a mudar a vida de cerca de 60 crianças e adolescentes com duas aulas semanais, ao longo de 11 meses, no Lar das Crianças Itaquera. O apoio reforça a nossa atuação em projetos de responsabilidade social em todo o País, com a proposta de fazer a diferença na construção de um Brasil mais inclusivo”, destaca Lourenço Malanga, responsável pelas iniciativas de marketing da Aliança.

Fundado em 2007, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural é uma é uma associação sem fins lucrativos com qualificação de OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público -, que contribui com a educação e inclusão social, esportiva e cultural de pessoas com e sem deficiência intelectual, e em situação de vulnerabilidade social. Em 10 anos, o instituto já atendeu 13.595 pessoas. Só no ano passado foram quase 3.000 beneficiados. “Esperamos colaborar com esta causa e ampliar o número de beneficiados”, reforça Malanga.

Sobre a Aliança Navegação e Logística
A Aliança Navegação e Logística foi fundada em 1950 por Carl Fisher. Em 1998, a empresa foi adquirida pelo Grupo Oetker, também proprietário da Hamburg Süd. Em 1999, a Aliança retoma o transporte de cabotagem no Brasil, que até então era subutilizado.

Entre 2013 e 2014, a Aliança reestruturou sua frota de cabotagem com um investimento de R$ 700 milhões na compra de 6 navios porta-contêineres com capacidades que variam de 3.800 TEUs a 4.800 TEUs. Atualmente, a empresa conta com 11 navios em operação no serviço, com amplo atendimento em 15 portos de Buenos Aires até Manaus, e um total de 104 escalas mensais.

A Aliança é market leader na cabotagem e possui uma carteira de clientes que vai do arroz ao zinco, com grandes, pequenas e médias empresas e em praticamente todos os segmentos do mercado, com destaque cada vez maior para os segmentos de bens de consumo duráveis. No ano passado, obteve um faturamento de R$ 3,3 bilhões e movimentou 673 mil contêineres. A empresa tem forte atuação no mercado externo, com 25 navios porta-contêineres que fazem a rota internacional, distribuídos em 9 serviços. Além disso, oferece o transporte de granéis (fertilizantes, grãos e minérios), onde são utilizados 8 navios com capacidade que vão de 38 mil toneladas a 45 mil toneladas.
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário