Importante passo da internet industrial no Brasil



Deixando de lado a competitividade e os interesses individuais, representantes de empresas de todo o país trabalham pelo fortalecimento da internet industrial no Brasil

                                                                                                                                 
Alda Jesus
Portal Splish Splash

Integridade, objetividade e espírito colaborativo. Esses foram os princípios que nortearam o 1º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Internet Industrial, ABII, que reuniu profissionais de todo o país, representantes de mais de 40 empresas, associadas e convidadas, no Senai de São Caetano do Sul (SP), no início deste mês de abril. Entre os associados, destacam-se desde as grandes empresas até as startups, entre elas Embraco, Erzinger, ESSS, Fiesc, Forvm, goEPIK, HarboR, Intelup, Interface, LiteLiMS, Pelissari, Perfil Térmico, Pollux, Senior, Sercompe, T2 Software, T2 Telemetria e TOTVS.

Foram dois dias de imersão, conhecimento e troca de experiências. Focados na definição de metas e responsabilidades, o encontro marcou o início da atuação de três Grupos de Trabalho, os GTs, formados por representantes das empresas associadas. Entre os primeiros temas discorridos, o GT de Negócios debateu estratégias para fazer com que a internet industrial se consolide e impulsione o mercado, o GT de Tecnologia se comprometeu com a criação de normativas para a utilização de padrões abertos e internacionais e o GT de Marketing abraçou a missão de gerar e compartilhar conteúdos de qualidade.

Eles elegeram seus líderes, entregáveis e cronograma. A partir de agora, os trabalhos serão realizados numa plataforma colaborativa e os resultados compartilhados nos Encontros Nacionais da ABII.

O Presidente da ABII, José Rizzo, ressalta que o objetivo da associação é criar um ecossistema, onde a iniciativa privada, o governo e a academia conversem e caminhem juntos, acelerando a consolidação da internet industrial no Brasil. “A internet industrial é uma realidade e no 1º Encontro percebemos que o segmento aguardava por uma iniciativa como essa. Os feedbacks foram extremamente positivos, em especial das empresas convidadas, que ainda não conheciam o nosso trabalho”, argumenta o presidente.

Ele acrescenta que um dos objetivos da associação é fugir das formalidades e cerimônias. “Reunimos um grupo de profissionais engajados e trabalharemos com bastante objetividade, de maneira prática e colaborativa. Não teremos formalidades ou cerimoniais. Mãos a obra e foco nos resultados”, finaliza.

Trabalho focado na evolução da Internet Industrial no Brasil

A programação anual da ABII prevê quatro Encontros Nacionais. Para 2017, eles já estão programados. Esse em São Caetano do Sul (SP) foi o primeiro, em julho acontecerá o segundo, em Curitiba (PR), em setembro será no Rio de Janeiro (RJ) e, em dezembro, em Florianópolis (SC). Eles acontecerão sempre em diferentes cidades brasileiras, de onde integrantes da ABII trarão as mais recentes atualizações do Consórcio Internacional e compartilharão com os demais associados brasileiros.

Sobre a ABII

A Associação Brasileira de Internet Industrial, ABII, oficializada em agosto de 2016, em Joinville (SC), atua com o objetivo de promover o crescimento e o fortalecimento da internet industrial no Brasil. Fomenta o debate entre setores privado, público e acadêmico, a colaboração e intercâmbio tecnológico e de negócios com associações, empresas e instituições internacionais e a realização de estudos e pesquisas, desenvolvimento de tecnologias e inovação.

A criação da ABII foi inspirada no Industrial Internet Consortium – IIC, criado em 2014, nos Estados Unidos, com o mesmo fim, pela IBM, GE e Intel, e do qual a Pollux Automation, de Joinville, e a Fiesc, Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, são as duas empresas brasileiras presentes até o momento. O IIC já conta com cerca de 250 associados de mais de 30 países.
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário