Higiexpo apresenta soluções para economia de água em postos de gasolina


Lava-rápidos que forem flagrados desperdiçando água tratada na lavagem de veículos podem receber multas

                                                                                                                                 
Alda Jesus
portal Splish Splash

Higiexpo apresenta soluções para economia de água em postos de gasolina Lava-rápidos que forem flagrados desperdiçando água tratada na lavagem de veículos podem receber multas Na cidade de São Paulo, buscar novas alternativas para preservação dos recursos hídricos é uma obrigação nos postos de combustível e estabelecimentos que oferecem o serviço de lava-rápido. A Abralimp (Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional) identifica que o interesse em equipamentos que economizam água para lavagem de carros é grande. Atenta a essa realidade, a entidade promove de 8 a 10 de agosto, a 25ª Higiexpo, maior feira de produtos e serviços para higiene, limpeza e conservação da América Latina, no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte, em São Paulo.

Rafael Galea, diretor de Comunicação e Marketing da Abralimp, explica que atualmente existem várias alternativas sustentáveis para a limpeza e conservação em todos os ambientes de um posto de combustíveis. Entre as principais, e que estão entre os destaques da feira, estão os equipamentos de melhor custo-benefício para reúso de água de lavagem automotiva; lavadoras de pisos; aspiradores; sistemas de captação de água da chuva e acessórios manuais práticos para uso no dia a dia.

“Há diversos modelos e tamanhos de equipamentos para adaptação de espaço e demanda. Alguns podem ser utilizados também para a limpeza da loja de conveniência, por exemplo. Para uso diário há acessórios mais básicos como mops, limpadores específicos com extensões e limpadores de canaletas”, informa.

O especialista também explica que a pessoa responsável pela higienização varia muito de um estabelecimento para outro. “Geralmente o frentista é responsável pela preservação da área de abastecimento, deixando-a sempre limpa e organizada. Quando o posto tem uma área de lavagem de veículos, o profissional responsável usa a lavadora para limpar sujeiras mais pesadas e de difícil alcance. Há também postos que contratam empresas terceirizadas de limpeza especializadas para garantir segurança, qualidade e profissionalismo”.

Os cuidados com os resíduos de óleo

Despejar óleo, querosene, graxas e outros resíduos diretamente no sistema de esgoto também é uma ação proibida e pode render uma pesada multa ou até mesmo o fechamento do estabelecimento.

“Por lei, postos de combustíveis precisam ter em suas instalações a caixa separadora de água e óleo, que fica abaixo do solo”, ressalta Galea. Assim, o sistema de separação deve dar aos resíduos uma destinação adequada para reduzir danos à natureza. “A obra deve garantir que em uma lavagem do solo, o óleo que se encontra no chão seja direcionado para a caixa separadora. Desta forma, o resíduo será descartado em recipientes específicos e a água retornará de forma aceitável (dentro dos padrões previstos na lei) para o esgoto ou algum sistema de reúso”, exemplifica.

Serviço

25ª Higiexpo – Feira de Produtos e Serviços para Higiene, Limpeza e Conservação Ambiental.
Datas: 8, 9 e 10 de Agosto de 2017.
Horário: das 13h às 20h
Local: Expo Center Norte – Pavilhão Amarelo – Rua Galatéa, 1001.
Entrada gratuita
Saiba mais em: www.higiexpo.com.br
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário