Fãs se perdem em resort de luxo, e Roberto Carlos anuncia volta ao navio


Fãs se perdem em resort de luxo, e Roberto Carlos anuncia volta ao navio

 Paulo Pacheco
 Do UOL, na Praia do Forte, Bahia*

A crise econômica fez Roberto Carlos trocar o navio onde realiza o Projeto Emoções por um resort na Praia do Forte, litoral da Bahia, após 12 anos em alto mar. Para alívio dos fãs que tiveram dificuldades e se perderam na estrutura luxuosa do hotel, o cantor anunciou que o cruzeiro voltará em 2018 e a venda de pacotes para o ano que vem já começou.

A única diferença é que estamos em terra firme. É basicamente aquilo que a gente faz no mar pensando em agradar as pessoas que estiveram no navio. Ano que vem vai ter navio. Mas nós estamos muito contentes com o projeto em terra firme, pode ser que depois do navio a gente volte aqui”, disse Roberto Carlos em entrevista à imprensa, na última quinta (16).

O retorno do Projeto Emoções em Alto Mar soou como alívio para os fãs de Roberto Carlos que vão todos os anos ao cruzeiro e estão hospedados na Praia do Forte. Apesar do luxo, o hotel dividiu opiniões. O mais comum de se ver durante a estada no hotel, com mais de 2.000.000 de metros quadrados, foi gente perdida andando para lá e para cá, perguntando onde ficava o restaurante ou a academia.

Fui duas vezes ao cruzeiro. Aqui a gente fica meio perdido, não é como o navio com todo aquele glamour. Acho que o navio é melhor”, compara a professora Marli Sartori. Os hóspedes também tiveram dificuldade para encontrar os 536 apartamentos do resort. Mal sinalizados, os prédios pareciam labirintos, e muitas pessoas deram voltas no mesmo lugar para chegar aos quartos.

No navio, a gente já sabia tudo no primeiro dia. Lá eu achava melhor, fui duas vezes e no próximo ano vou de novo”, afirma a professora aposentada Isabel Maria Leite enquanto procurava seu quarto. Apesar da confusão, ela gostou do resort e aprovou as piscinas do local: “No navio não tem essas piscinas grandes”.

A preferência pelo cruzeiro dividiu até mesmo os pais da apresentadora Angélica, que foram convidados para assistir ao segundo show de Roberto, na quinta, e a apresentação de stand-up comedy de Tom Cavalcante, na sexta. Angelina Ksyvicks gostou do hotel. Já Francisco prefere o navio.

É diferente, mas é gostoso. Eu gostei demais, porque há várias escolhas, fica super à vontade. No navio tem só aquilo. Tem as maquininhas [cassinos] para distrair”, elogia a mãe de Angélica. “Navio é mais compacto, todo mundo junto. Aqui é tudo distante. Eu gosto mais do navio”, avalia o pai.


No resort, os fãs “respiram” Roberto Carlos do início do dia ao fim da noite. Logo na entrada, eles deram de cara com um Roberto de papelão, em tamanho real, para alegria da médica peruana Carmen Cabrera, que veio pela primeira vez ao Projeto Emoções e sonha conhecer o ídolo. “Ele é baixinho! Mas ele gosta de ‘Mulher Pequena’”, brinca a fã, citando a música lançada por Roberto em 1992.

O cantor também está presente nos alto-falantes instalados perto das piscinas. Da Jovem Guarda às baladas românticas, ele é trilha sonora obrigatória em volume máximo. Uma caixa de som chegou a tocar Skank, mas a música é uma regravação de Roberto, “É Proibido Fumar”.

Cerca de 40% dos fãs que vão ao Projeto Emoções compram pacotes para o próximo ano e outros 30% reservam, e esta é a expectativa dos organizadores para o retorno ao cruzeiro em 2018.

 *O repórter viajou à convite da produção de Roberto Carlos


  Fãs de Roberto Carlos aproveitam piscina em resort do Projeto Emoções

in-http://musica.uol.com
Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário