Eri Johnson diz que não imita Roberto na frente dele: "Fico paralisado"

Eri Johnson apresenta karaokê no projeto Emoções, mas só imita Roberto Carlos quando ele não está olhando

Paulo Pacheco
Do UOL, na Praia do Forte, Bahia*

Amigo de Roberto Carlos há 30 anos, Eri Johnson é colega de trabalho do cantor como apresentador do concurso de karaokê do Projeto Emoções, que neste ano trocou o navio por um resort na Praia do Forte (BA). Entre as apresentações dos candidatos, o ator vê uma brecha para imitar Roberto, o que não consegue fazer com o cantor por perto.

“O Roberto já viu [a imitação], mas não na frente dele porque assim não dá nem para imitar. Eu fico paralisado, fico olhando em respeito. Mas em um aniversário dele no Maracanãzinho, ele me viu na primeira fila e falou: ‘Ih, hoje eu tenho que cantar direito porque o Eri está aqui e ele me imita’. É um debochado, né? É uma relação muito bacana, eu agradeço muito a Deus por essa oportunidade”, comemora o ator.

Eri Johnson, que recentemente deixou a Globo e está gravando a próxima novela da Record, “Belaventura”, se aproximou de Roberto por intermédio da atriz Myrian Rios, que foi casada com o cantor durante nove anos. Os dois se separaram em 1989, mas ainda mantêm relação de amizade.

“Na novela ‘Bambolê’ [1987], quando ele ainda era casado com a Myrian Rios, eu era amigo dela e o Roberto sempre soube que eu sempre fui muito fã dele. Sabendo disso, ele sempre me tratou com muito carinho e respeito. Eu só agradeço a Deus porque Roberto Carlos, para mim, é tudo. Esse cara é o cara mesmo”, relembra.

Roberto Carlos dança e beija a mão de Carmem Silveira, vencedora do karaokê do Projeto Emoções Praia do Forte     

O ator já fez a voz de Roberto em novelas como “O Clone” e humorísticos. Segundo ele, o cantor gosta da imitação: “Ele fica me olhando e rindo, sabe que é respeitoso para caramba. Aliás, eu não imito ninguém de uma maneira desrespeitosa. 

Gosto de ver a reação das pessoas, porque ele é um cara impressionante, tem fã em tudo quanto é canto. Viajo o Brasil com o teatro e, em todos os lugares em que vou imitar o Roberto, quando eu olho não consigo mais cantar. É uma loucura. Ele é muito amado”.

Eri Johnson apresenta o concurso de karaokê do Projeto Emoções desde 2016. Fãs se cadastram e enviam vídeos soltando a voz com músicas de Roberto Carlos. Dos 20 selecionados, a vencedora foi Carmem Silveira, de Aracaju (SE), que interpretou “Força Estranha” e ganhou a discografia completa, beijou e dançou com o cantor.

“A gente é irmão”

Para participar do karaokê na Praia do Forte, Eri teve de cancelar o espetáculo “Se Joga” com o cantor Naldo. O funkeiro foi convidado pelo colega para ir ao resort e se emocionou ao cantar no mesmo palco do cantor. Naldo ainda conheceu o ídolo e revela ter chorado de emoção na frente dele.

“Eri é meu irmãozão, jamais imaginei que fosse conhecer o Roberto Carlos por meio dele, até porque não sabia que o Eri tinha essa relação toda com ele. Foi lindo chegar no camarim e falar para o Roberto que faço aniversário no mesmo dia que ele, 19 de abril. Ele falou: ‘A gente tem que comemorar! Vamos comemorar!’ Falei que estava muito nervoso e ele: ‘Fica não, bicho, a gente é irmão’. Aí eu chorei, não aguentei”, conta Naldo, emocionado.

Eri Johnson, Roberto Carlos e Naldo 
Fotos: Paulo Pacheco/UOL

In:https://tvefamosos.uol.com.br
Carmen Augusta

Sobre a autora

Carmen Augusta - Administradora e Redatora do Portal Splish Splash. Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário