'Earthship': arquitetura inteiramente sustentável


Após integrar a equipe que desenvolveu a primeira escola sustentável da América Latina, a arquiteta Fátima Souza, da Arquitetura FRS, promove, pela primeira vez no Brasil, ciclo de palestras com Mike Reynolds - conhecido como ‘papa’ da arquitetura sustentável; evento acontece dias 23 e 24 de março em Ribeirão Preto SP

 
Alba Bittencourt
Portal Splish Splash
 

Na arquitetura surgem diariamente novos conceitos para a composição de projetos. Alguns inovam, facilitam, reduzem custos e até mesmo geram benefícios para os usuários do espaço. Buscando conhecimentos e novas técnicas, a arquiteta Fátima Souza, do escritório Arquitetura FRS, de Ribeirão Preto (SP), embarcou, em 1º de fevereiro de 2016, para Jaureguiberry, no Uruguai, para participar da construção da primeira escola sustentável da América Latina.

Após um ano da experiência, Fátima, realiza, pela primeira vez no Brasil, um evento sobre o conceito Earthship – construções sustentáveis com a reutilização e utilização de materiais não convencionais (latas, pneus, garrafas, entre outros) em suas obras e que aproveita a energia do sol,dos ventos e realiza captação da água das chuvas e emprega uma horta como célula botânica na limpeza das águas. "Vou colocar em prática o sonho de trazer o Mike Reynolds - conhecido como ‘papa’ da arquitetura sustentável para o nosso país, para compartilhar suas vivências. Será uma oportunidade única para todos nós", diz.

O ciclo de palestras com Mike Reynolds, será nos dias 23 e 24 de março, em Ribeirão Preto (SP). O dia do seminário deve ser escolhido pelo participante durante o cadastro. As inscrições estão abertas pelo site: http://www.palestramikereynolds.com.br/home/. As vagas são limitadas. Os ingressos podem ser parcelados em até 12 vezes e os primeiros compradores têm descontos especiais. Estudantes terão bônus de até 50%.

A arquiteta Fátima Souza, do escritório Arquitetura FRS, de Ribeirão Preto (SP), durante a obra da primeira escola sustentável da América Latina, em Jaureguiberry, no Uruguai Divulgação
 
Durante visita a Ribeirão Preto (SP), Reynolds dará inicio ao projeto de construção da 1ª Vila Sustentável Earthship na cidade que tem como objetivo proporcionar moradia e dignidade a 56 moradores vindos da Luta Antimanicomial e outros grupos que estão em vulnerabilidade social.

Na ocasião, o arquiteto abordará a história da Earthship e os seis princípios que a regem: a coleta e o armazenamento de água da chuva, tratamento de esgoto, uso de energias renováveis, de massa térmica para aquecer e resfriar o ambiente, de materiais reciclados e produção de comida. As experiências vivenciadas em diferentes lugares do mundo em seus 45 anos de profissão e o desenvolvimento de técnicas ambientais também estarão em pauta.

O arquiteto Mike Reynolds, criador do conceito Earthship durante a construção 
da escola de Jaureguiberry, no Urugaui - Divulgação

Experiência - Graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCAMP), Fátima já desenvolveu mais de 300 projetos de arquitetura e design de interiores, entre residências, pontos comerciais e institucionais, nos estados de São Paulo, Paraíba, Bahia e Tocantins. Em 2014, Fátima, por indicação de uma amiga, conheceu o trabalho de Reynolds. “Fiquei impressionada com a metodologia aplicada por Mike Reynolds no projeto e pesquisei uma oportunidade de ter contato com ele. Encontrei a chance na escola de Jaureguiberry”, comenta.

“Em fevereiro de 2016, eu e a minha equipe, composta pela engenheira agrônoma Bia Braga e pela arquiteta Adriana Rufato, com outras 160 pessoas, vindas do mundo todo, nos envolvemos na construção da escola. Nossa participação foi no sistema de academia. Nos matriculamos e fomos aprender a teoria da ‘Earthship’ na prática, fazendo parte do grupo de obras, coordenada por Reynolds”, afirma Fátima.

Na construção de 270 metros quadrados em Jaureguiberry foram utilizados mais de dois mil pneus, cinco mil garrafas de vidro, dois mil metros quadrados de papelão e oito mil latas de alumínio, sendo 60% do material reciclado. “A arquitetura sustentável me chamou a atenção nos últimos cinco anos a partir das crises nos setores de energia e água, além da questão do lixo que a construção gera. Em meus projetos tenho utilizado meios de produção de energia solar e reutilização de águas da chuva. Meu sonho é conseguir implantar uma Earthship em toda sua complexidade, como Reynolds faz”, explica Fátima.

Fátima ressalta a simplicidade de Mike Reynolds e da obra e, que, ambas, fizeram total diferença em sua experiência. “O ambiente é agradável no interior do espaço, a geração de alimentos e todo o ciclo que se sustenta sozinho são inovações impressionantes. As técnicas de construção se adaptam a qualquer clima no mundo”, finaliza.

Serviço
Ciclo de palestras Mike Reynolds
Data: dias 23 e 24 de março (quinta ou sexta-feira)
Horário: das 9h às 17h
Local: Stream Palace Hotel (rua General Osório, 850, Centro, Ribeirão Preto – SP)
Inscrições e informações: (16) 9 8155-7451, 9 8117-1170, 9 9730-1170, pelo site: http://www.palestramikereynolds.com.br/home/ ou pelo e-mail: contato@palestramikereynolds.com.br
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário