ÀS QUINTAS – FEIRAS – Roberto Carlos na berlinda




Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9
Carlos Eduardo revela
Ano de 1984, cidade de Tramandaí Rio Grande do Sul, mês de junho, chovia demasiadamente, um ginásio para 3 mil pessoas (lotado) e onde não cabia uma mosca sequer. Telhado de eternit, há exatos 15 minutos de Roberto subir ao palco, despenca uma chuva de granizo que começa a furar as telhas de eternit. Roberto iria entrar cantando amigo.Aí então Roberto vai para um cantinho do camarim, se ajoelha e começa a rezar. Cinco minutos depois a chuva toda cessa de maneira como ninguém até hoje sabe explicar. Roberto então manda chamar o seu maestro Eduardo Lages e lhe diz troca o repertório bicho, vou entrar cantando “Força Estranha”, que não estava no repertório daquele show. O Maestro prontamente pede mais alguns minutos para conversar com toda a orquestra. Roberto olha para a imagem do SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS E DE NOSSA SENHORA A PARECIDA, que os acompanham em todos os shows. Agradece e espera os acordes do maestro, entrando no palco ovacionado.
O show dura exatamente 90 minutos e assim que Roberto deixa o palco ao som de AMIGO despenca novamente uma chuva de arrepiar, com ventania e granizo.
Eu vivi mais essa emoção com Roberto que tem algo de especial com DEUS, seguramente. Eu presenciei tudo.

Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Atualmente com site próprio (http://jornalistacarlosalbertoalves.blogspot.com) e contribuidor diário no Portal Splish Splash e no site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. jornalistaalves@bol.com.br

Compartilhar Google Plus
    Comentários

2 comentários :

  1. ele nasceu para Deus ...eis a razão ...não pode ser diferente...Roberto...nasceu para mostrar o Amor de Deus na música...Não poderia cantar diferente...tudo isso tem a mão de Deus.

    ResponderEliminar
  2. Além da devoção dele com Deus e Nossa Senhora. Ele ainda é um Reikiano, nível III. O Reiki é poderoso, até cura comprovado cientificamente por um professor que realizou a pesquisa. Se não me falha a memória, Usp ou Unicamp.

    ResponderEliminar