ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

11/17/2020

Portugal marca presença no maior evento mundial de inteligência urbana

Portugal vai participar no Smart City Expo World Congress 2020, o evento líder internacional em inteligência urbana



Lisboa, 17 novembro 2020. Portugal vai participar no Smart City Expo World Congress 2020, o evento líder internacional em inteligência urbana, que reúne os principais atores globais em inovação no contexto das smart cities, promovendo a partilha de projetos, o estabelecimento de parcerias e a identificação de oportunidades de negócio.


- Amanhã, dia 18 novembro, às 16h45 [hora Lisboa], a AICEP organiza, em parceria com a NOVA IMS, um side event digital, integrado na agenda deste Congresso, onde seis empresas portuguesas apresentarão os seus projetos.


- Poderá aceder à sessão registando-se através deste link.


A sessão subordinada ao tema “Discover how Portugal is leveraging research and innovation to build and deploy smart and sustainable cities globally”, visa explorar os principais contributos das empresas portuguesas para o desenvolvimento do ecossistema das cidades inteligentes, a nível nacional e internacional, e contará com a presença da Ubiwhere, Wavecom, Deloitte, do CEiiA, Future COMPTA e da Mobinteg e ainda da Associação Nacional dos Municípios Portugueses (ANMP).


A sessão de 30 minutos será moderada por Miguel Castro Neto, da NOVA Cidade – Urban Analytics Lab, da NOVA Information Management School (NOVA IMS), e contará com as intervenções do Administrador da AICEP, João Dias, e do Vice-Presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Almeida Henriques.


“As cidades enfrentam atualmente grandes desafios, fruto da concentração da população mundial nas zonas urbanas. Mas encerram também um enorme potencial para o uso de novas tecnologias que permitem, já hoje, aumentar a eficiência no planeamento e gestão das cidades, tornando-as mais sustentáveis. É necessário não esquecer que as cidades produzem um enorme volume de dados – graças aos sensores e à “internet das coisas” – que, aliados às novas tecnologias, como é o caso da Inteligência Artificial, permitem às Autarquias lidarem com a eficiência da iluminação pública, a gestão da água e dos resíduos urbanos, o barulho, a poluição ou o tráfego. As empresas que representam Portugal no Smart City Expo World Congress 2020, partilham uma vocação fortemente inovadora no contexto das cidades inteligentes e têm desenvolvido um trabalho notável, não só no território nacional, mas também internacional”, nota João Dias, Administrador da AICEP.

Para Miguel de Castro Neto, Subdiretor da NOVA IMS e Coordenador do NOVA Cidade – Urban Analytics Lab: “A construção da inteligência urbana num contexto de profunda transformação das cidades e territórios, decorrente da necessária resposta à emergência climática e aos desafios colocados pela pandemia, coloca a capacidade de adotar estratégias de inteligência urbana que reúnam os vários atores – autarquias, empresas, academia e cidadão – como fator crítico de sucesso para um novo paradigma de cidade e uma nova geração de produtos e serviços mais sustentáveis, inclusivos, seguros e resilientes. Em Portugal temos vindo a assistir ao surgimento de um cluster de empresas que lidera a inovação e a promoção de uma alteração do paradigma de planeamento e gestão dos espaços urbanos, centrado no cidadão e tirando partido dos mais recentes desenvolvimentos tecnológicos disponíveis, no que denominamos de ‘Smart Portugal’. Neste evento teremos oportunidade de conhecer como hoje se constrói o futuro das Smart Cities em Portugal e apresentar a ambição de levar o potencial inovador do nosso país além-fronteiras”. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo