ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/16/2019

Lançamento da obra infantil "LENDA DA MÃES ÁFRICA E DO FILHO QUE VENDEU O CORAÇÃO" de José Luís Mendonça


CAMÕES/CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS
Lançamento da obra

LENDA DA MÃE ÁFRICA E DO 
FILHO QUE VENDEU O CORAÇÃO
de José Luís Mendonça

Prémio Jardim do Livro Infantil 2019
17 de Julho (4ª feira), às 18:30

Dividido em 25 minúsculos capítulos, LENDA DA MÃE ÁFRICA E DO FILHO QUE VENDEU O CORAÇÃO é uma obra da literatura infantil composta pacientemente durante um período de dois anos, cuja leitura é destinada a todas as faixas etárias, dos zero aos 120 anos de idade.

"No tempo que passou e ninguém mais se lembra, existiu no Mundo uma Floresta muito maior que a Floresta do Mayombe. Nessa Floresta vivia uma mulher tão bonita como o sonho sonhado por uma estrela. Mulher forte e corajosa, mulher negra, tão negra como a noite que existiu antes do Mundo. Os olhos dela eram brancos, tão brancos como a magia de uma madrugada quando está quase a chegar. A sombra dela tinha peixes que faziam cair as grandes chuvas. Quando ela acordava, dos seus olhos voava uma pomba que espalhava luz entre as árvores da Floresta. Essa mulher negra e bonita, que tinha os olhos brancos como a madrugada chamava-se Mãe África." Assim começa a estória, na qual os personagens - Mãe África, o Filho que Vendeu o Coração aos Espíritos de Kalunga Ngombe, o caçador luba Tyibinda Ilunga, a rainha Lueji, o Marinheiro Cor de Cera e o papagaio Muxitu - protagonizam uma alegoria da história do continente-berço da Humanidade até aos dias de hoje.

Criado com muto carinho e amor pela Mãe África, o Filho arranca o coração e vende-o aos espíritos das trevas (ambição, ganância e vaidade) para ser rico e poderoso como o Marinheiro Cor de Cera vindo da Europa. Depois deste ter escravizado impiedosamente Mãe África, é vez do próprio Filho escravizar a Mãe no período da independência, ao ponto desta encolher e desaparecer da face da Terra.

Moral da estória (e da História): os filhos da África devem resgatar o coração vendido aos espíritos da ganância”.

A obra será apresentada por Joaquim Martinho, docente universitário.
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

COPIE O SEU EMOTICON E COLE NOS COMENTÁRIOS


👍😀😁😄😇😉😊😋😌😍😎😏😐😕😘😛😞😤😥😧😩😭😮😰😴🐞🐢👄💗💙👻👽🎃🎄🎅🎂🍺🍻🍹🍷

VARIAÇÕES EM A DISTÂNCIA (PARTE 2 DE 2)

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil