ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

4 de setembro de 2013

17.º Bate-papo entre Roberto Carlos e eu – Parabéns a você




 


Por: Armindo Guimarães
Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins
Facebook
https://www.facebook.com/armindo.guimaraes




PARABÉNS A VOCÊ



Há ocasiões em que quando menos esperamos, as coisas acontecem. E se o facto de nos acontecer uma coisa boa sem contarmos, já é para nós motivo de contentamento, então, se em vez de uma nos acontecerem duas ou mais, então o caso é para deixar qualquer um extasiado demais.

É o que está a acontecer comigo neste últimos dias em que, para além de ter sido contemplado com um DVD “Duetos” autografado pelo nosso mais que tudo Roberto Carlos, vi criado um tópico no fórum do Portal Clube do Rei, sobre o assunto e, como se não bastasse tanta emoção, eis que hoje, dia 19 de Abril (data de aniversário de RC), ele me telefona, proporcionando mais um divertido bate-papo, onde, entre outras coisas, falamos:

- Da minha emoção por saber que o objectivo do telefonema do Berto era brindar à nossa;

- De por causa dessa mesma emoção eu ter ficado sem jeito tornando difícil o que era fácil;

- Dos “parabéns a você” que cantei ao Berto, e do brinde que fizemos os dois, apesar de parafraseando Chico Buarque, tanta légua a nos separar, tanto mar, tanto mar;

- Da boa resposta que o Berto me deu quando lhe pedi ajuda para me vingar do Derbson Frota que passa a vida a lixar-me indo para o fórum do Portal contar anedotas sobre portugas;

- Do tópico criado no fórum sob o título “Parabéns, Armindo”, pelo facto de eu ter participado na promoção “Parabéns pra você”, patrocinada pelo Site Oficial de Roberto Carlos, e ter sido um dos contemplados com um DVD “Duetos” autografado pelo Roberto;

- Das mensagens que por isso eu recebi de muitos amigos membros do Portal, uma enviadas para o referido tópico e outras via e-mail.

19 de Abril de 2007, quinta-feira, 15,35h
O meu telemóvel vibra.
Trrrrrrr, trrrrrrr, trrrrrrrr... Chamada anónima.
E eu atendo.

ARMINDO – Estou!
ROBERTO – Oi, Mindo! Tudo legal com você, bicho?
ARMINDO – Não é possível!!! Um dia morro por tua causa, pá!
ROBERTO – Pôxa vida, meu! Cê é o cara mais esquisito que eu conheci, mora! Cê agora tá querendo que eu telefone a você avisando primeiro que eu vou lhe telefonar? eheheheheh
ARMINDO – Ó Berto, deixa-te de coisas, pá! Sabes bem que eu fico sempre fora de mim quando me telefonas, pá!
ROBERTO – Olhe aí, Mindo, tô em minha casa brindando com minha família e amigos, viu?! Então, eu me lembrei de você e me retirei um pouco pra lhe falar. Estou com um copo de champanhe em minha mão pensando que seria bacana brindarmos à nossa. Onde cê tá agora, rapaz?
ARMINDO – Estou em casa, pá! No dia dos teus anos sempre dou um tiro ao trabalho pra ficar em casa a ouvir a música de um gajo brasuca que anda sempre comigo todos os dias.
ROBERTO – Nem preciso perguntar quem é esse cara. Eheheheheh Olhe aí, bicho! Cê tem em casa champanhe pra gente brindar à nossa, bicho?
ARMINDO – Tenho, pá! Espera só um momento enquanto eu vou ao frigorífico.

Alguns segundos depois…

ARMINDO – Ó Berto, tenho um azar do carago, pá! Estou com a garrafa de champanhe na mão, mas não sei onde pára o saca-rolhas. Por acaso não tens aí um que me emprestes, Berto?
ROBERTO – Mindo, cê é louco, cara?! Como cê quer que eu lhe passe saca-rolhas por celular? Ehehehehehe
ARMINDO – Tens razão, pá! Eu ainda não estou em mim com este teu telefonema.
ROBERTO – Se deixe de bancar o precipitado e não complique o simples, viu?
ARMINDO – Eu estou a complicar o simples? Falas assim porque não estás no meu lugar, senão eu queria ver como é que te desenrascavas a abrir uma garrafa sem um saca-rolhas!
ROBERTO – Fácil, cara! Simplesmente eu tiraria a rolha com a mão, como normalmente todo mundo faz com uma garrafa de champanhe, né? Mas como cê não é normal…
ARMINDO – Ena, pá! Que bronca! Ehehehehe Esta cena eu nem vou contar lá para o fórum do Portal Ckube do Rei, senão o filho da mãe do Derbson Frota vai logo aproveitar pra contar mais uma das suas anedotas sobre portugas. Ehehehehe
ROBERTO – eheheheheh
ARMINDO – Estás-te a rir porque não estás no meu lugar, senão não te rias, carago! O gajo tem a mania de ir para o fórum do Portal contar anedotas sobre portugas e a sorte dele é eu não saber nenhuma sobre brasucas, senão a vingança era terrível.
ROBERTO – Na net há milhões a pegar, bicho!
ARMINDO – Nem penses nisso, Berto! O pouco tempo que tenho para a net dedico ao Portal e ao teu Site Oficial. Por isso, se souberes algumas, vê mas é se me contas pra eu me vingar do gajo.
ROBERTO – Se deixe dessa, bicho! Deixe o Derbson contar suas anedotas e se divirta, mora! Tá na cara é que cê não gosta é que o Derbson conte verdades. Eheheheheh
ARMINDO – Verdades? Ó Berto, também tu, carago? Razão tem o Jamesrc (James Lima) quando diz que não há um nosso bate-papo em que não haja briga entre nós, mas tu é que és sempre o culpado, pois ateias o fogo e foges como quem não quer a coisa. Pois então fica a saber que eu sempre me rio com as anedotas do Derbson. Apenas queria é que me ajudasses a retribuir. Só isso.
ROBERTO – Se cê retribuir, na certa Derbson devolverá pra você com outra melhor que a anterior e cê sempre sairá perdendo. Depois, bem que cê devia saber que Derbson, sendo especialista, não brinca em serviço, não. Tá entendendo? E tem mais, Mindo! Do jeito que cê tá pensando, esse tópico logo virava ele próprio em anedota, né? Ehehehehe
ARMINDO – Ó Berto, tu pensas em tudo, carago! Como é que eu não pensei nisso, pá?
ROBERTO – Cê se esquece que é portuga e que portuga não pensa. Ehehehehe
ARMINDO – És do baril, pá! Ehehehehe
ROBERTO - Olhe aí, Mindo! Como é? Cê tá a fim de abrir sua garrafa de champanhe ou não? Tenho meu copo na mão esperando pra brindar com você, bicho! Saque já dessa rolha mas antes não esqueça que tem de tirar o fio de arame que tá prendendo a rolha no gargalo, né? Ehehehehe
ARMINDO – Ó Berto, vai gozar outro, pá! Como se já não bastasse o raio do Derbson, ainda por cima vens tu também pegar comigo, pá?
ROBERTO – Você me mata de riso, rapaz!!! Sempre fervendo em pouca água. Ehehehehe
ARMINDO - Como é que eu vou encher o teu copo com champanhe, Berto?
ROBERTO – Bicho, se deixe você de gozação. Meu copo já tem champanhe. Encha agora mesmo seu copo e vamos nessa, mora!
ARMINDO – Já enchi o copo, pá! Parabéns a você, nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida. Hoje é dia de festa, cantam as nossas almas, pro menino Roberto, uma salva de palmas!
ROBERTO/ARMINDO – Tchim, tchim
ARMINDO – À tua!
ROBERTO – À nossa!
ARMINDO – Berto! Tu mereces, não somente hoje mas em todos os dias da tua vida, muitas felicidades e que os teus sonhos se tornem realidade. Conta comigo para estar ao teu lado na tua caminhada pela paz, pelo amor, pela vida.
ROBERTO – Bicho, cê agora me deixou sem jeito, mora!
ARMINDO – Sem jeito ando eu há dias, pá! Sabes que participei na promoção “Parabéns pra você” do teu Site Oficial e que ganhei um DVD “Duetos” autografado por ti?
ROBERTO – Bicho, como eu não ia saber uma coisa dessa, se fui eu quem seleccionou as melhores participações. As participações foram imensas. Tive ajuda de minha secretária Carminha. De suas doze participações, Carminha adorou suas palavras sobre “Cavalgada”, mas eu optei pelo que cê em poucas palavras tanto disse sobre “Traumas”. Depois, bem que tais palavras também se coadunam com você que passa sua vida escrevendo estes bate-papos fictícios entre eu e você, né? Ehehehehe
ARMINDO – Essa foi boa, ó Berto!!! Sabes? Nem imaginas como fiquei quando recebi uma mensagem via e-mail do Rodrigo Lobo a dizer-me:

“Boa, Armindo! Estou duplamente feliz! PARABENS! Ganhaste o DVD autografado! Fico muito contente por ti, só me aborrece não me teres dito nada!
Mas agora a sério: achas mesmo que as mentiras ajudam a viver?”.


ROBERTO – O gajo, digo, o cara, disse isso, Mindo? Quem é ele, mora!
ARMINDO – É um portuga de Lisboa, membro do Portal. O gajo desde que se registou no Portal não quer outra, pá! Sempre que pode está lá batido. É um robertodependente do carago, Berto!
ROBERTO – Olhe aí, Mindo! Tô pensando na pergunta que ele fez pra você e me interrogo.
ARMINDO – Qual pergunta, carago!?
ROBERTO – Cê não disse que ele lhe perguntou se cê achava mesmo que as mentiras ajudam a viver? E cê que respondeu a ele, bicho?
ARMINDO – Ó pá, quando li a mensagem dele não quis saber de mais nada e fui logo a correr para o teu site para me certificar de tão feliz notícia. Por isso, não respondi à sua pergunta.
ROBERTO – Cê sabe que estou pensando? Será que o Rodrigo acredita em nossos bate-papos, ou fica pensando tudo ser ficção? Pergunte a ele isso, viu? Se ele responder a você que acredita em nossos bate-papos, então tá na cara que para nosso Rodrigo as mentiras também ajudam a viver. Ehehehehe
ARMINDO – É isso, Berto! Sabes? A falares assim tão sério, até parece que os nossos bate-papos são fictícios e eu próprio, influenciado por ti, começo a pensar que desde o nosso primeiro tenho andado a falar sozinho. Ehehehehe
ROBERTO – Mindo, imagino que cê nesse dia nem dormiu pensando em meu DVD. Ehehehehe
ARMINDO – Ainda por cima a Ana Milagros (Azul41), abriu um tópico no fórum do Portal, com o título “Parabéns, Armindo!”. A gaja não perdeu tempo, pá! Mal viu o resultado no teu site foi logo a correr para o Portal dar a novidade à malta. Disse-me ela que quando viu no teu site que eu tinha sido contemplado com um DVD, foi tanta a alegria dela que em sua casa até pensaram ter sido ela a premiada. Ehehehehe
ROBERTO – Bicho, cê nem imagina o quanto fico feliz sabendo que a malta, digo, a galera lá do Portal se tratam como amigos do peito.
ARMINDO – Costuma-se dizer que quem vê caras não vê corações, mas no Portal a malta não vê caras mas vê corações. Para além daqueles amigos membros que deixaram no tópico as suas felicitações por eu ter ganho o teu DVD “Duetos”, houve ainda alguns que optaram por me enviar mensagens de e-mail que muito me sensibilizaram. Por exemplo, o Carlos Marley, enviou-me três mensagens e numa delas disse-me o seguinte:

“Estou super feliz por você ter sido um dos ganhadores do valioso troféu, um DVD autografado do rei. Portanto, muito cuidado com a embalagem, pois nela estará também as digitais do rei. Sobre a mentira disseste uma verdade, que evitou um possível trauma caso não ganhasse o CD ou DVD autografado do rei Roberto Carlos. Parabéns!”.

ROBERTO – Marley é um Amigo do peito, um cara legal. Não esqueço seu empenho lá no Programa “Aplauso”, apoiando Fabiano Cavalcante. Mas essa das digitais, Marley desconhece que eu sempre uso luvas quando autografo meus DVDs. Ehehehehe
ARMINDO – Tás a falar a sério, Berto?
ROBERTO – Tá claro que não, bicho!
ARMINDO – É que eu até já fui comprar uma lupa para ver as digitais ampliadas. Ehehehehe
ROBERTO – ehehehehe
ARMINDO – Ó Berto, no nosso anterior bate-papo disseste-me, antes de todo mundo saber, que vinhas a Portugal este ano. E agora já me podes dizer a data ao certo ou ainda não sabes?
ROBERTO – Já existe data calendarizada, porém, ainda faltam alguns pormenores que não me permitem ainda dar certeza pra você, viu?
ARMINDO – Tudo bem, pá! Fico à espera.
ROBERTO – Mindo, quando cê vai botar lá no fórum do Portal este nosso bate-papo, bicho?
ARMINDO – Ó Berto, sei lá, pá! Talves daqui a dois ou três dias, se calhar bem.
ROBERTO – Não dá pra você botar lá no fórum ainda hoje, cara? Afinal cê hoje não estando em seu emprego, bem que pode começar já escrevendo. Seria sua prenda pra mim, né?
ARMINDO – É isso, Berto! Daqui a uma ou duas horas, podes ir ao fórum do Portal Clube do Rei dar uma olhada ao “17º Bate papo entre Roberto e eu”. O tal que é ficção. Ehehehehe
ROBERTO – ehehehehe
ARMINDO – ehehehehe
ROBERTO – Olhe aí, aqui o pessoal tá me procurando, estranhando minha ausência. Vou ter de dar o fora, viu? Não esqueça de mandar aquele meu abraço pra galera do Portal e pra você também um no corpo, na alma e no coração.
ARMINDO – Obrigado, Berto. Um grande abraço e um resto de dia muito feliz.
ROBERTO – Xau!
ARMINDO – Xau!  

AVISO:

O texto que acabaram de ler é fictício.
Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência.

A ficção revela verdades que a realidade omite
Jassemin West
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis