Liderança feminina: como as mulheres estão mudando a cultura corporativa com inovação e comunicação assertiva

DO TEXTO: As habilidades como comunicação assertiva, negociação e feedback são alguns dos temas treinados, sempre valorizando a demanda e individualidade...
Composição: Mirna Abou Rafée e gráfico em ascensão.

A presença feminina em conselhos de administração de empresas é um tema de grande importância


user-image

A liderança feminina vem ganhando cada vez mais espaço no mundo corporativo, rompendo barreiras e desafiando estereótipos. Mulheres em cargos de liderança demonstram que a diversidade de gênero nas empresas não apenas é benéfica para a igualdade, mas também promove o crescimento dos negócios e a inovação.

*A presença feminina em conselhos de administração de empresas é um tema de grande importância, como destacado no artigo de Deborah Patrícia Wright na Revista GV Executivo. Wright, conselheira do Banco Santander e do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, ressalta os impactos positivos que essa diversidade traz em termos de ética, sustentabilidade, inovação e desempenho financeiro.*

As mulheres têm se destacado cada vez mais como empresárias, assumindo cargos de CEO, presidentes e fundadoras de empresas. Isso tem sido possível graças ao desenvolvimento de políticas de igualdade de gênero e à crescente conscientização das habilidades e talentos que as mulheres podem oferecer à mesa.

“A presença de mulheres no mundo dos negócios traz inúmeras vantagens: a diversidade de pensamento e a promoção de ambientes de trabalho mais inclusivos são algumas delas. Além disso, estudos mostram que empresas com maior diversidade de gênero em cargos de liderança têm melhor desempenho financeiro e maior inovação.” Comenta a fonoaudióloga, especialista em comunicação e CEO da Yutter, Mirna Abou Rafée.

Mirna Abou Rafée lidera um programa para capacitar e treinar profissionais em habilidades de comunicação, muitos deles mulheres em cargos de destaque. As habilidades como comunicação assertiva, negociação e feedback são alguns dos temas treinados, sempre valorizando a demanda e individualidade de cada uma.

Esses programas são essenciais para ajudar as mulheres a desenvolverem a confiança e as habilidades necessárias para se destacarem em um ambiente corporativo dominado por homens. O investimento em treinamento e capacitação é uma estratégia inteligente para empresas que buscam aumentar a diversidade e a inovação em seus negócios.

“Comunicação e liderança andam de mãos dadas! Líder precisa saber comunicar, sendo essa liderança feminina ou não. No caso das mulheres, o desafio é redobrado por toda a construção social envolvida nisso. Uma postura assertiva, escuta ativa e empática são cruciais para abertura de conversas construtivas.” Finaliza Mirna Abou Rafée.

🌐🌐🌐

*Samantha di Khal, Psicóloga, radialista e empresária, é gaúcha, mas reside em São Paulo. Mais de 18 anos de experiência em grandes rádios e TV brasileiras. Atualmente é colunista do portal Band.com. Leia Mais sobre a autora...
POSTS RELACIONADOS:
Enviar um comentário

Comentários