Nova criação de Olga Roriz para a Companhia Nacional de Bailado | CCB 24 e 25/09

 Cartaz alusivo ao evento "Deste mundo e do outro" no CCB


Nova criação de Olga Roriz para a Companhia Nacional
de Bailado (CNB), inserida nas comemorações
do centenário de José Saramago


Deste mundo e do outro
Coapresentação Centro Cultural de Belém, OPART/Companhia Nacional de Bailado
CCB . 24 e 25 setembro . sábado às 21h00 e domingo às 19h00
Grande Auditório

Deste mundo e do outro é, acima de tudo, uma celebração.

Uma homenagem à vida, «A vida é breve, mas cabe nela muito mais do que somos capazes de viver.»

A 16 de novembro de 1922 nasce José Saramago, 100 anos depois temos uma herança maior, as suas palavras, o seu mundo, a sua visão feita pensamento, sentir, emoção.

Saramago descreve e reflete sobre a humanidade, demonstrando o seu amor e preocupação.

O escritor leva-nos às profundezas das gentes, dos lugares, de épocas antigas ou por vir, onde o detalhe da escrita nos faz sentir e entrar pelas terras dentro.

A sua obra é uma visão do mundo e esta peça que agora criámos não poderá ser mais do que um sentir sobre essa visão.

Caminhadas sem fim como a passagem da humanidade à face da terra, para carregar o leve e o pesado, o real e o imaginado. Para carregar a vida.

Uma massa indistinta de gente, onde cada um já perdeu o centro. Mas ainda há quem lute, quem levante a voz. Ainda há quem repare no mal alheio. Quem estenda o olhar, a mão e o coração.

Quero agradecer o carinho partilhado por todos os bailarinos da CNB e a paixão incansável dos meus, aqui, assistentes de criação, Beatriz Dias, Connor Scott, Marta Lobato Faria e Yonel Serrano.
Olga Roriz | Maio 2022

Ficha artística

Direção Olga Roriz
Assistência à criação e ensaios Beatriz Dias, Connor Scott, Marta Lobato Faria, Yonel Serrano
Conceção da banda sonora Olga Roriz e João Rapozo
Música Atrium Carceri, Badawi, Brandon Wolcott & Emil Abramyan, Geoff Barrow & Ben Salisbury, Jóhann Jóhannsson, Raz Mesinai e São Castro (música original)
Cenografia Pedro Santiago Cal
Figurinos Pedro Santiago Cal e Olga Roriz
Desenho de luz e captação de imagem Cristina Piedade
Edição de som e vídeo João Rapozo
Pintura do cenário Pedro Jardim
Ensaiadores Freek Damen, Peggy Konik e Tom Colin
Interpretação Bailarinos e bailarinas da CNB
Produção Companhia Nacional de Bailado

Estreia absoluta Lisboa, Teatro Camões, 23 de junho de 2022

A Companhia Nacional de Bailado foi fundada em 1977. É a única companhia de base clássica em Portugal. A Companhia é conhecida pela sua versatilidade no que respeita à interpretação dos géneros clássico, neoclássico, moderno e contemporâneo. Desde setembro de 2021, Carlos Prado é o diretor artístico da Companhia Nacional de Bailado.
Também pode ler:

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !