A exposição 'Squatters', da artista plástica Ilca Barcellos, mostra sua trajetória como artista e bióloga

A mostra traz uma instalação e dez colagens digitais, realizadas entre 2010 e 2020, levando o observador a transitar entre a arte e a natureza, entre o estático e o mutável, entre o controle e o acaso.

A mostra traz um conjunto de meta-trabalhos que se conectam com o público, misturando a arte e a ciência, com curadoria da Tartaglia Arte

A exposição "Squatters", da artista plástica Ilca Barcellos, pode ser visitada no Espaço Cultural Correios Niterói, com curadoria da Tartaglia Arte, onde o visitante vai interagir com um conjunto de meta-trabalhos, misturando a arte e a ciência, resultado de sua trajetória como artista e bióloga, até o dia 23 de abril.

A mostra traz uma instalação e dez colagens digitais, realizadas entre 2010 e 2020, levando o observador a transitar entre a arte e a natureza, entre o estático e o mutável, entre o controle e o acaso. É impossível ver uma obra de Ilca Barcellos sem uma reação. O espectador sente, ao mesmo tempo, o poder e a delicadeza das obras expostas, criando imediatamente uma conexão.

O termo "Squatt" significa, em inglês, o ato de ocupar espaços sem uso por pessoas que não tem moradia – os " Squatters" (posseiros) – e, também, por aqueles que os utilizam em suas manifestações artísticas. A artista Ilca Barcellos faz exatamente isso: apropria-se do espaço  com sua instalação "SQUATTERS". Trata-se de um conjunto de seres fictícios – esculturas em cerâmica e espuma expansiva – mimetizados e camuflados entre elementos da flora natural. Exposta previamente na Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba de 2019, nesta instalação seres naturais e ficcionais se aproximam, pela forma, pelas cores e/ou pela textura. A poética da vida e do mutável ocupa o espaço museológico, previsível e fixo.   

Para além desta instalação, a mostra apresenta também colagens digitais (nomeadas crossing-over). Recuperando o conceito do geneticista Thomas Morgan, as colagens recombinam fragmentos de desenhos realizados entre 2017 e 2020, e fotografias da exposição Squatting realizada em 2011, na qual as esculturas cerâmicas de Ilca Barcellos ocuparam o jardim do Museu Histórico de Santa Catarina.

Os trabalhos expostos revelam-se como uma intersecção de obras realizadas ao longo de uma década em faturas diversas – esculturas, instalações, desenhos e fotografias. Construídos por meio do diálogo entre arte e ciência, o natural e o artificial, o controle e o acaso, sintetizam em seu conjunto o próprio percurso artístico de Ilca Barcellos: "Iniciei na arte pelo tridimensional e pela cerâmica, aos poucos fui explorando outras faturas e linguagens: instalações, desenhos, esculturas, colagens e pinturas". Indagada sobre quais palavras representam a exposição "squatters", Ilca Barcellos responde: "pulsar e transgredir"!

"Por meio das colagens digitais nomeadas Crossing-over, amalgamam-se fragmentos de desenhos realizados em 2019 e de esculturas cerâmicas fotografadas em sua montagem na supracitada exposição Squatting. Ao utilizar estes registros fotográficos e desenhos como suporte para elaboração de novos trabalhos, Ilca Barcellos coloca em questão as relações entre o bi e tridimensional, entre o dentro e o fora, entre a obra e sua representação; revela tanto o acaso na natureza e como na criação artística. Estes trabalhos recriam uma paisagem onírica em que se entrelaçam camadas de linguagens distintas; perde-se a noção da perspectiva bem como as referências do que é representação e do que é obra". (Gisela B. de Souza - Profa. Dra. da Escola de Arquitetura da UFMG)

SERVIÇO
Exposição: "Squatters"
Artista: Ilca Barcellos @ilcabarcellos
Curadoria: Tartaglia Arte - Riccardo Tartaglia e Regina Nobrez
Instagram: @riccardotartaglia   @reginanobreztartaglia

Visitação: Até o dia 23 de abril de 2022
Dias e horários: de segunda a sexta, das 11h às 18h e sábado das 13h às 17h
Local: Espaço Cultural Correios Niterói - 1º pavimento, sala I
Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 481 - Centro - Niterói - RJ
Entrada franca
Censura Livre
Assessoria de Imprensa: Paula Ramagem
Realização: Tartaglia Arte
Apoio: Consolato Onorario Italiano (Florianópolis, SC) / CIB-SC / PR Assessoria de Imprensa /Espaço Cultural Correios / Ministério das Comunicações

SOBRE ILCA BARCELLOS
Ilca Barcellos é natural de Pelotas/RS, mas vive e trabalha entre Florianópolis/SC e Belo Horizonte/MG. Artista visual, graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestre em Biologia Vegetal pela Université Pierre et Marie Curie, Paris VI, combina arte e ciência para expressar seu duplo percurso. Site: www.ilcabarcellos.com

Formação Acadêmica
1984 - Mestre en Biologie Végétale-  Université Pierre et Marie Curie - PARIS VI, Paris, França.
1978 - Graduada em Ciências Biológicas - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil. Ilca Barcellos já recebeu vários prêmios e participou de residências artísticas, exposições coletivas e individuais, no Brasil e no exterior. Participou de Salões e Bienais, e possui obras em acervos de vários países.

SOBRE A TARTAGLIA ARTE
A Tartaglia Arte foi fundada em 1950 como um estúdio de pintura pelo artista Piero Tartaglia, então conhecido como Piery. Após alguns anos, criou um ponto de referência e encontro cultural com outros artistas e jovens talentos onde, sob a orientação do Mestre, desenvolveram seu estilo pessoal. A paixão avassaladora de Tartaglia  pela expressão pictórica com explosões de cor pura e contrastes violentos que tornam a tela viva, deu vida à Escola do Disgregacionismo.  Posteriormente fundou as Galerias, para exposição permanente de seus trabalhos e os de seus alunos, e que hoje são dirigidas pelo filho Riccardo. O amor pela arte e uma visão cultural ampla são as peculiaridades deste grande artista, e representam sua herança moral e espiritual. Herança que continua sendo representada por Riccardo Tartaglia, que trabalha com a mesma seriedade e tenacidade na propagação da arte, através de exposições e eventos internacionais. Mas tudo com a assinatura de Riccardo Tartaglia e Regina Nobrez, o que confere um atestado de credibilidade e sensibilidade criativa. Site: tartagliaarte.org
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !