DIAPASÃO Exposição Coletiva - Portal Splish Splash

Recentes

segunda-feira, outubro 04, 2021

DIAPASÃO Exposição Coletiva

O Camões - Centro Cultural Português em Luanda (CCP) abre ao público hoje a Ludia 4 de outubro, segunda-feira, a exposição “Diapasão”, de Manuela Pimentel & JAS – João Alexandrino, dois dos artistas plásticos mais criativos e inspiradores que marcam presentemente a arte contemporânea em Portugal. Integrada no programa de lançamento da “Bienal de Luanda – 2021”, a exposição foi inaugurada no dia 1 de outubro, ficando aberta a visitantes até ao próximo dia 28 de outubro.


O Camões - Centro Cultural Português em Luanda (CCP) abre ao público hoje a Ludia 4 de outubro, segunda-feira, a exposição “Diapasão”, de Manuela Pimentel & JAS – João Alexandrino, dois dos artistas plásticos mais criativos e inspiradores que marcam presentemente a arte contemporânea em Portugal.


Integrada no programa de lançamento da “Bienal de Luanda – 2021”, a exposição foi inaugurada no dia 1 de outubro, ficando aberta a visitantes até ao próximo dia 28 de outubro.


“Diapasão” resulta de uma parceria artística entre Manuela Pimentel & JAS - João Alexandrino, que embora prossigam nos seus percursos práticas artísticas individuais, se apresentam nesta mostra como partes de um corpo bicéfalo, que se articula em uníssono e harmonia. Daí o conceito de “Diapasão” a enquadrar tematicamente os trabalhos agora expostos no CCP em Luanda.


Por um lado, apresenta-se uma obra de carácter cenográfico, ao estilo da azulejaria tradicional portuguesa, onde Manuela Pimentel incorpora a linguagem da arte mural e da street art contemporânea. Por outro lado, a “Floresta Negra” de JAS – João Alexandrino, obra de contornos meditativos, baseada num jogo visual de relevos e depressões a remeter-nos para uma poética dos efeitos visuais.


Esta condição de parceria artística entre Manuela Pimentel & JAS atua como um fator fundamental da produção de ambos, da qual resulta uma estética não compartilhada e, simultaneamente, uma profunda afinidade poética, que conduziu os dois artistas em 2013 a fundarem o projeto C A I X A arte contemporânea e que soma dezenas de colaborações expositivas.


“Diapasão”, que conta com texto curatorial de Graça Rodrigues – THIS IS NOT A WHITE CUBE, é uma exposição de artes plásticas enquadrada no programa de atividades culturais do Camões CCP – Luanda e constitui um evento do programa cultural da “Bienal de Luanda – 2021”, organizada pela União Africana, a UNESCO e o Governo de Angola. Juntam-se também ao leque de entidades que colaboraram nesta atividade os apoios das empresas CASAIS e Delta Q. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário