O que saber antes de criar um canal no Youtube - Portal Splish Splash

Recentes

quarta-feira, agosto 04, 2021

O que saber antes de criar um canal no Youtube

O Youtube tem sido uma plataforma cada vez mais importante para quem deseja ter destaque no ambiente digital. Seu formato fluido de transmissão de informação e conhecimento está totalmente alinhado ao modo de vida contemporâneo, que exige agilidade e rapidez.


Plataforma tem se mostrado cada vez mais importante em estratégias de marketing de conteúdo voltadas para o meio audiovisual


O Youtube tem sido uma plataforma cada vez mais importante para quem deseja ter destaque no ambiente digital. Seu formato fluido de transmissão de informação e conhecimento está totalmente alinhado ao modo de vida contemporâneo, que exige agilidade e rapidez.


Os números do canal de compartilhamento de vídeos comprovam isso: são mais de dois bilhões de usuários conectados todos os meses e um bilhão de horas assistidas todos os dias. Com todo esse sucesso, é impossível quantificar o número de canais que a plataforma engloba, no entanto, a quantidade de canais com receitas anuais de cinco dígitos cresce 50% ano a ano, segundo dados oficiais da companhia.


Para quem deseja investir em marketing, ignorar o sucesso dos vídeos compartilháveis não é uma boa estratégia, mas é preciso estar ciente de que esse é um mercado bastante concorrido. O volume de canais com mais de um milhão de inscritos cresce 65% a cada ano.


Diante desse cenário, para mergulhar de vez no audiovisual é preciso muito planejamento estratégico e autoconhecimento para fazer o produto digital decolar. Fazendo isso, é possível até ganhar dinheiro com o Youtube, abrindo uma conta no Google AdSense.


Autoconhecimento como ponto de partida


Antes de criar um canal no Youtube é preciso fazer uma autoanálise para entender quais são as suas preferências e pontos fortes, bem como aqueles que precisam de um pouco mais de atenção. Isso porque uma das características mais relevantes de uma estratégia de marketing digital é a autenticidade. É ela quem vai alavancar o canal e fazer a marca ser lembrada pelos clientes em potencial.


Sendo assim, o ideal é escolher temas que estejam alinhados com o negócio e com a personalidade de quem vai aparecer nos vídeos. Por exemplo: uma pessoa que ama comer carne e decide falar sobre veganismo porque o assunto está em alta, possivelmente, vai soar forçado. A audiência percebe isso e o resultado é um engajamento muito aquém do esperado.


Uma dica interessante é fazer uma lista de paixões e habilidades para, então, definir os temas que serão abordados pelo canal. Esses temas precisam ser algo que o dono do canal domine e tenha propriedade para falar. Isso deixará os vídeos mais fluídos e originais, sem parecer que a pessoa decorou um texto para repetir diante das câmeras.


Público é parte importante da estratégia


Uma das características que justificam o sucesso do Youtube, especialmente entre o público mais jovem, é a sua possibilidade de interação. A forma que as pessoas consomem produtos e marcas mudou consideravelmente nos últimos anos.


Mais do que serviços que atendam a uma demanda específica, busca-se experiências diferenciadas com as marcas. Nesse sentido, construir um relacionamento próximo e transparente com clientes em potencial é fundamental para o sucesso de um canal de Youtube. Isso se faz por meio de um estudo profundo da audiência.


No marketing, essa estratégia é chamada de definição de persona. É preciso saber para quem o vídeo está sendo produzido para além de apenas gênero, idade e classe social. Aprofundar-se na persona requer conhecer seus medos e aflições, o que a motiva e a desafia.


Isso pode ser feito de diversas maneiras: formulários, ligações telefônicas e até mesmo pela análise dos comentários e demais interações com os vídeos produzidos.


Cronograma de postagens


Uma vez que a linha editorial e o público-alvo estejam definidos, é preciso organizar um cronograma de postagens. Isso é importante porque o segredo do sucesso nas redes sociais é a constância. É ela que vai fazer com que um canal seja visto por um número cada vez maior de pessoas.


A máxima mais usada no mercado de produtores de conteúdo digital é “você precisa ser visto para ser lembrado” e, para garantir que isso aconteça sem atropelos, é preciso planejamento, pois imprevistos podem acontecer.


Não há consenso entre os especialistas quanto ao número ideal de postagens por semana ou por dia, portanto, é recomendado que a pessoa pense em uma regularidade que consiga cumprir e ter os vídeos já produzidos antes dos dias escolhidos para a postagem. Deixar para fazer tudo no dia em que pretende postar acaba por comprometer a regularidade definida.


O passo seguinte é monitorar o desempenho e o alcance das postagens para entender o comportamento do público e produzir mais daquilo que realmente gera engajamento significativo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário