ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/18/2020

Inteligência Artificial, Mobilidade Urbana, LGPD e Mulher em TIC estão entre os temas da 9ª edição do Fórum RNP

9ª edição do Fórum RNP - Rede Nacional de Ensino e Pesquisa


Em formato 100% digital e gratuito, o evento acontece entre os dias 19 e 21 de outubro e debaterá tendências na área de tecnologia da informação


Rio de Janeiro, outubro de 2020 – A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), anuncia a 9ª edição do Fórum RNP, encontro que promove um amplo debate sobre transformação digital e o uso e a gestão das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) para finalidade de ensino, pesquisa e inovação. Para nortear as conversas, o tema escolhido foi “Encontro com o Futuro”, com o foco nos desafios que estamos vivendo em 2020.


Entre os temas que serão abordados estão: Estratégias do Governo Digital; Mulheres em TIC: Trilhando um futuro disruptivo; Perspectivas em Governança com a Blockchain; Internet e a mobilidade em espaços públicos no Brasil, Vulnerabilidades, Hackers e LGPD na era da Inteligência Artificial: Oportunidades, Desafios e Tendências; Mundo Pós-Covid; Tecnologia e o Futuro da Educação; entre outros.


Com o apoio da Secretaria de Governo Digital (SGD) do Ministério da Economia e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), do Ministério da Educação, o evento acontece entre os dias 19 e 21 de outubro em formato 100% online e gratuito. Este ano, o evento se aproxima dos Órgãos e Entidades Públicas do SISP - Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação, que reúne a comunidade de profissionais de TI do Governo Federal. O secretário de Governo Digital, Ciro Avelino, é um dos destaques da programação e abordará o tema Transformação Digital.


O cientista e professor de Inovação Silvio Meira e o TED speaker e presidente do Instituto Laura, Jacson Fressatto, também são palestrantes convidados e abordarão o tema inovação. Meira fará uma apresentação sobre as estratégias de informação e Fressatto sobre “O que te motiva a inovar?”. Fressatto é criador do robô Laura, que gerencia riscos de deteriorização clínica e ajuda a salvar milhares de vidas.


Palestrantes internacionais


O Fórum contará com palestrantes internacionais de renome, como o autor do best-seller “6 Competências da Transformação Digital” e investidor anjo, Andrea Iorio. Com mais de 10 anos de experiência em empresas multinacionais de tecnologia, Iorio já atuou como Chief Digital Officer (CDO) da L’Oréal Brasil e como diretor do Tinder no Brasil, estando à frente do aplicativo por quase cinco anos.


Outro destaque será Paul Feldman, presidente-executivo da rede acadêmica do Reino Unido (Jisc) desde 2015 e membro do conselho de diretores da GÉANT. Feldman fará a abertura do evento, com uma palestra sobre Tecnologia e o Futuro da Educação. Outro membro da Jisc que também marcará presença no evento é a diretora-adjunta de Licenciamento da entidade, Caren Milloy, que falará sobre o tema Bibliotecas Virtuais.


Podcast


O Fórum ainda terá conteúdo em formato de podcast com entrevistados especiais. Uma delas é a imunologista e professora associada da Universidade de São Paulo (USP), Ester Sabino, que ficou conhecida pelo sequenciamento do genoma do novo coronavírus 48 horas após a confirmação do primeiro caso no Brasil.


SERVIÇO:

FÓRUM RNP 2020 Digital

Data: de 19 a 21 de outubro de 2020, das 9h às 18h.

Inscrições e informações: https://forum.rnp.br/


Sobre a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP)

Qualificada como uma Organização Social (OS), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) é vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e mantida por esse, em conjunto com os ministérios da Educação (MEC), Turismo, Saúde (MS) e Defesa (MD), que participam do Programa Interministerial RNP (PI-RNP). Pioneira no acesso à internet no Brasil, a RNP planeja, opera e mantém a rede Ipê, infraestrutura óptica nacional acadêmica de alto desempenho. Com Pontos de Presença em 27 unidades da federação, a rede conecta 1.529 campi e unidades nas capitais e no interior. São mais de quatro milhões de usuários, usufruindo de uma infraestrutura de redes avançadas para comunicação, computação e experimentação, que contribui para a integração dos sistemas de Ciência e Tecnologia, Educação Superior, Saúde, Cultura e Defesa.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo