ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/10/2020

Brasil CineMundi apresenta para a indústria audiovisual mundial o que vai ser o Cinema Brasileiro em 23 projetos de longa

Relação de 23 projetos selecionados para o 11o Brasil CineMundi - 11th International Coproduction Meeting
Brasil CineMundi-Foto Leo Lara-Universo Produção


O evento de mercado do cinema brasileiro acontece em ambiente digital, cria novas categorias e promove consultorias para as produções brasileiras


O Brasil CineMundi – 11th International Coproduction Meeting, a ser realizado entre 29 de outubro e 2 de novembro dentro da programação da 14a CineBH – Mostra de Cinema de Belo Horizonte, selecionou 23 projetos para participarem do evento de mercado do cinema brasileiro. Nesse ano, as atividades serão realizadas em plataforma virtual, de forma a respeitar o isolamento social necessário para conter a pandemia de Covid-19.


A seleção foi feita pelos produtores Paulo de Carvalho (Alemanha), Gudula Meizolt (Alemanha) e Séverine Roinssard (França), pelo crítico Pedro Butcher (Brasil) e pela equipe da Universo Produção, organizadora do evento. Os 23 projetos estão distribuídos em três categorias: Desenvolvimento (10), Produção (6) e Finalizado (6). Os selecionados vêm de dez estados brasileiros: Alagoas (1), Bahia (1), Espírito Santo (2), Goiás (1), Mato Grosso (1), Minas Gerais (6), Pernambuco (3), Rio de Janeiro (2), Rio Grande do Sul (2) e São Paulo (4).


Uma das novidades desta edição é que os projetos de filmes brasileiros de longa-metragem participam em três categorias: desenvolvimento, produção e finalizado. Segundo o produtor Paulo de Carvalho, a nova categorização foi necessária diante da atual circunstância mundial, unindo gêneros, formatos e estilos divididos em estágios distintos. A categoria de projeto finalizado, em especial, foi criada pensando justamente nas dificuldades dos filmes em conseguirem espaços de exibição desde quando festivais e salas fecharam mundo afora, ainda em março.


“A gente percebeu que a indefinição de vários eventos durante a pandemia criou muita insegurança. Então nossa ideia foi criar assessorias com profissionais de festivais e de world sales que pudessem orientar realizadores sobre para onde ir e como ir com seus filmes já prontos”, comenta Paulo. A comissão de seleção se surpreendeu com a quantidade de títulos inscritos na categoria de finalização: foram 36 trabalhos, dos quais seis foram selecionados. “Vamos trazer distribuidores de cinema e representantes de TV e streaming do Brasil para ver esses filmes, para inseri-los também aqui dentro do país”.


Na categoria de desenvolvimento, outra boa surpresa: só o número de inscritos (168) foi maior do que todos os inscritos do programa no ano passado. “Isso mostra que existe muita criatividade, muitos projetos e bastante vontade mesmo numa situação difícil e incerta como a atual”, destaca Paulo de Carvalho. Ao todo, foram 216 projetos inscritos para a seleção do 11º Brasil CineMundi.


Já na categoria em produção, sete projetos que já participaram de edições anteriores do Brasil CineMundi retornam ao encontro de coprodução para consultorias com tutores especializados visando atender as necessidades prioritárias de cada selecionado, com foco em auxiliar em ações estratégicas para a continuidade e êxito na produção do filme.


O Brasil CineMundi, no ambiente digital, vai manter seus mesmos propósitos de realização, prevendo gratuitamente debates, masterclasses, workshops, exibição de filmes para o público em geral e consultorias e meetings para os projetos selecionados. Como esse ano não haverá encontros presenciais – que sempre fizeram parte essencial do CineMundi, como forma de aproximar os participantes para além das atividades oficiais –, o programa decidiu intensificar a relação entre consultorias e projetos, com os convidados internacionais lidando com propostas específicas ao longo de vários dias de evento. “A ideia é justamente dar maior atenção a cada projeto, atentando às suas necessidades e prioridades através de um maior tempo de trabalho”, explica Paulo.


A seleção de 2020 foi um desafio, porque a comissão recebeu 50% a mais de inscrições em relação a 2019. Para Paulo de Carvalho, é outro sintoma de que produtores e cineastas não paralisaram suas ideias, apesar das dificuldades tanto brasileiras quanto mundiais. Tematicamente, a tendência foi similar à dos últimos anos, com várias abordagens de assuntos ligados à herança africana, à identidade LGBTI+ e a pontos de vistas íntimos e pessoais.


Em termos de parceria, o Brasil CineMundi celebra o interesse de diversos fundos e eventos mundiais de coprodução. “O CineMundi é internacionalmente reconhecido como um ambiente agradável e positivo para os participantes, então esperamos manter essa consistência mesmo em realização on-line”, afirma Paulo.


CONFIRA OS PROJETOS SELECIONADOS PARA O 11o BRASIL CINEMUNDI


Categoria PROJETO EM DESENVOLVIMENTO


Título original: A Cor da Margem

Direção: Mariana Luiza

Produção: Joelma Gonzaga

Empresa Produtora: Laranjeiras Filmes

UF: RJ

Gênero: Documentário


Título original: A Voz de Deus

Direção: Miguel Antunes Ramos

Produção: Alice Riff

Empresa Produtora: Corisco Filmes

UF: SP

Gênero: Documentário


Título original: Acalanto

Direção: Marcelo Lordello e Letícia Simões

Produção: Emilie Lescaux

Empresa Produtora: Trincheira Filmes

UF: PE

Gênero: Ficção


Título original: Cartas Para o Passado

Direção: Mannu Costa

Produção: Rayssa Costa

Empresa Produtora: Plano 9 Produções Audiovisuais

UF: PE

Gênero: Documentário


Título original: Hotel Califórnia

Direção:  Daniel Nolasco

Produção: Cecília Brito

Empresa Produtora:  Rensga Produções Culturais

UF: GO

Gênero: Ficção


Título original: Mãe do Ouro

Direção:  Madiano Marcheti

Produção: Beatriz Martins

Empresa Produtora: Terceira Margem Produções

UF: MT

Gênero: Ficção


Título original: Não estamos sonhando

Direção: Ulisses Arthur

Produção: Thamires Vieira

Empresa Produtora: Céu Vermelho Fogo Filmes e Terá Filmes

UF: AL / BA

Gênero: Ficção


Título original: O Vale

Direção: Fábio Leal

Produção: Dora Amorim e Júlia Machado

Empresa Produtora: Ponte Produtoras e Áspera Filmes

UF: PE

Gênero: Ficção


Título original: Paralaxe

Direção: Ricardo Murad

Produção: Mariana Andrade e Bárbara Ferreira

Empresa Produtora:  Olada Produções Audiovisuais

UF: MG

Gênero: Ficção


Título original: Retomada

Direção:  Hidalgo Romero e Alice Villela

Produção: Julio Matos

Empresa Produtora: Laboratório Cisco

UF: SP

Gênero: Documentário


 

Categoria PROJETO EM PRODUÇÃO


Título original: A Mensageira

Direção: Cláudio Marques

Produção: Marília Hughes

Empresa Produtora: Coisa de Cinema

UF: BA

Gênero: Ficção


Título original: Ausente

Direção: Ana Carolina Soares

Produção: Denise Flores

Empresa Produtora: A Itinerante Filmes

UF: MG

Gênero: Documentário


Título original: Casa no Campo

Direção: Davi Pretto

Produção: Paola Wink

Empresa Produtora: Vulcana Cinema

UF:RS

Gênero: Ficção


Título original: É Tudo Parente

Direção:  Mariana Fagundes

Produção: André Hallak

Empresa Produtora: Noctua Ideias e Conteúdo

UF: MG

Gênero: Documentário


Título original: Peixe

Direção: Rafael Saar

Produção: Eduardo Cantarino

Empresa Produtora: Dilúvio Produções

UF: RJ

Gênero: Experimental


Título original: Toda Noite Estarei Lá

Direção: Tati Franklin

Produção: Thiago Moulin

Empresa Produtora: Pai Grande Filmes

UF: ES

Gênero: Documentário


Título original: Corpo Presente ***

Direção: Leonardo Barcelos

Produção: André Hallak e Joana Braga

Empresa Produtora: Tandera Filmes

UF: MG

Gênero: Ficção


Categoria PROJETO FINALIZADO


Título original: A Flecha e a Farda

Direção: Miguel Antunes Ramos

Produção: Angelo Ravazi e Paulo Serpa

Empresa Produtora: Glaz 

UF: SP

Gênero: Documentário


Título original: A Matéria Noturna

Direção: Bernard Lessa

Produção: Bernard Lessa, Eduardo Cantarino e Vitor Graize

Empresa Produtora: Rede Produções, Dilúvio Produções e Pique-Bandeira Filmes

UF: ES \ RJ

Gênero: Ficção


Título original: Anastácias

Direção: Thati Almeida

Produção: Sebastião Braga

Empresa Produtora: Feel Filmes

UF: SP

Gênero: Documentário


Título original: Casa Vazia

Direção: Giovani Borba

Produção: Tatiana Sager

Empresa Produtora: Panda Filmes

UF: RS

Gênero: Ficção


Título original: Lavra

Direção: Lucas Bambozzi

Produção: André Hallak

Empresa Produtora: Trem Chic

UF: MG

Gênero: Documentário


Título original:  Os Ossos da Saudade

Direção: Marcos Pimentel

Produção: Luana Melgaço

Empresa Produtora:Tempero Filmes e Anavilhana

UF: MG

Gênero: Documentário


CONHEÇA A PREMIAÇÃO E EVENTOS DE MERCADOS PARCEIROS


CATEGORIA PROJETO EM DESENVOLVIMENTO


- Os projetos selecionados na categoria DESENVOLVIMENTO serão avaliados por um júri formado por três profissionais para eleger o projeto que será agraciado com prêmios em serviços oferecidos pelas empresas parceiras CTAv, DotCine e Mistika.


Os projetos desta categoria concorrem também aos seguintes prêmios oferecidos por eventos de mercado e projetos parceiros:


- Prêmio Incubadora Paradiso – (para projetos de Ficção) – premiação para um projeto de ficção, oferecida pelo Projeto Paradiso, que consiste na oferta de uma bolsa no valor de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) para o roteirista em seis meses x R$ 5.000,00; Mentor nacional; Coaching internacional; Programa de imersão; Apoio à participação em eventos de mercado internacionais de acordo com a necessidade do projeto; Formatação do projeto e tradução. O projeto será escolhido pela comissão do Projeto Paradiso.


- Prêmio Maff – Vaga para um produtor de um projeto participar da próxima edição do Maff – Málaga Festival Fund & Co-production Event. O projeto será escolhido pelo representante do Maff que participará dos meetings no Brasil CineMundi.


- Prêmio BioBioCine – Vaga para um produtor de um projeto participar do Encuentros BioBioCine – encontro da indústria do BioBioCine Festival Internacional de Cinema. O projeto será escolhido pelo representante do BioBioCine que participará dos meetings no Brasil CineMundi.


- Prêmio Ventana Sur – Vaga para o produtor do projeto participar do Proyecta na próxima edição do Ventana Sur.


CATEGORIAS PROJETO EM DESENVOLVIMENTO E EM PRODUÇÃO | DOCUMENTÁRIOS


Os documentários das categorias Projeto em Desenvolvimento e Projetos em Produção concorrem:


- Prêmio Conecta –Vaga para um produtor de um projeto participar do Conecta – International Documentary Industry Meeting da próxima edição do Chiledoc. O projeto será escolhido pela comissão da Corporación Chilena del Documental.


- Prêmio DocMontevideo – Vaga para um produtor de um projeto participar das rodadas de negócios na próxima edição do DocMontevideo. O projeto será escolhido pela coordenação do DocMontevideo.


Mostra CineBH-Troféu Horizonte-Foto Leo Lara- Universo Produção 


SOBRE O BRASIL CINEMUNDI

O BRASIL CINEMUNDI – International Coproduction Meeting, evento de mercado do cinema brasileiro, integra a 14ª Mostra CineBH e chega a sua 11ª edição de 29 de outubro a 2 de novembro de 2020 com o propósito de apresentar ao mercado projetos de filmes brasileiros em longa-metragem, facilitando as conexões entre as produções e o mercado internacional por meio de parcerias produtivas e da troca de informações e ações. O evento promove a ampliação da rede de contatos e negócios entre profissionais brasileiros e representantes da indústria nacional e estrangeira, além de atividades de capacitação, cooperação, intercâmbio, meetings e premiação, com foco nas tendências do cinema contemporâneo e na produção independente de perspectiva autoral e inovadora.


SOBRE A MOSTRA CINEBH - BH INTERNATIONAL FILM FESTIVAL

A CineBH - Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, o evento de cinema da capital mineira, chega a sua 14a edição de 29 de outubro a 2 de novembro de 2020. Promove a conexão entre o cinema brasileiro e o mercado internacional. Apresenta-se como instrumento de formação, reflexão, exibição e difusão do audiovisual em diálogo com outros países. A programação prevê exibições de filmes nacionais e internacionais, pré-estreias e mostras retrospectivas, realiza programa de formação com a oferta de oficina, workshops laboratórios, debates e painéis, promove o fomento ao empreendedorismo, dissemina a informação, produz e difunde conhecimento, cria oportunidades de rede contatos e negócios, reúne a cadeia produtiva do audiovisual numa programação abrangente e gratuita. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo