ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/31/2020

O futuro humanizado do Direito


Livro convida os profissionais da área jurídica a aperfeiçoarem suas atuações

Um advogado, assim que recebe sua carteira de Ordem, também ganha como “presente” algumas dúvidas que poderá levar para a vida. Será que é melhor logo no começo já abrir um escritório ou trabalhar para alguém que esteja estabelecido, com clientela fixa e trabalho garantido? Em qual área fazer uma primeira especialização? Como lidar com as mudanças pelas quais o Direito e a sociedade estão passando e vão enfrentar?

Os desafios são inúmeros, não apenas aos iniciantes, mas a quem tem anos de carreira e reconhecido pelo mercado. A adaptação se faz urgente, assim como expandir os horizontes quanto a trabalhar de modo sistêmico.

Em tempos de pandemia, não há algo mais em voga do que o “novo normal”. E isso faz com que algumas carreiras ganhem novos contornos, não apenas para se manterem no mercado, mas, principalmente, para que estejam preparados para atenderem o cliente – que tende a ficar ainda mais exigente. Com o Direito não é diferente, sendo uma das áreas que, além de flertar com o tradicional e clássico, bem como com os avanços tecnológicos, está cada vez mais próximo da inteligência emocional como aliada na conquista e na fidelização de clientela e na garantia de resultados satisfatórios.

O Direito não deve ser encarado apenas como um mediador, como algo frio, mas, sim, como parte integrante das soluções.

Foi pensando nisso que Carla Alessandra Branca e Douglas de Matteu reuniram um time de alta qualidade para o livro O Futuro Humanizado do Direito: novas abordagens: pensamento sistêmico, PNL, coaching e constelação familiar. 

Editado pela Literare Books Internacional, a obra abarca 128 páginas que valorizam práticas como o coaching, Programação Neurolinguística (PNL), a Constelação Familiar e Pensamento Sistêmico na rotina dos operadores do Direito, com a finalidade de tornar suas ações mais humanizadas e preparadas para lidar com a demandas, clientes, prazos e processos.

Os opera¬dores do Direito precisam estar atentos e atualizados muito além das jurispru-dências, das doutrinas e das leis, pois atualmente devem compreender a alma humana e como acessá-la para sanar suas dores. Hoje, os profis¬sionais que escolheram a área jurídica devem entender de pessoas, bem mais do que o simples atendimento ao cliente, mas do que essa clientela verda¬deiramente anseia. 

O Futuro Humanizado do Direito foi elaborado por nove advogados, um publicitário e um administrador, professor universitário e PhD em Coaching: Douglas de Matteu, Ivelise Fonseca De Matteu, Claudia Helena Silva, Leila Cunningham, Aloísio Espíndola, Carla Alessandra Branca, Cátia Lanzoni, Valéria Gimenez Aguilar Rodrigues, Carla Calderaro, Fabiana Cunha Fernandes Costa e Luci Bonini.

“O fim do Direito tradicional: novas posturas para os profissionais de Direito”, “O advogado empreendedor: novas competências”, “Superadvocacia: Tecnologia da Informação e Tecnologia de Desenvolvimento Humano” e “A contribuição da Constelação Sistêmica Familiar” são alguns dos capítulos da obra, que já está à venda em renomadas livrarias físicas e on-line como Amazon, Cultura e Saraiva.

Mais informações:
O Futuro Humanizado do Direito: novas abordagens: pensamento sistêmico, PNL, coaching e constelação familiar
Coordenadores: Carla Alessandra Branca e Douglas de Matteu
Editora: Literare Books International –
Formato: 14x21cm – 1ª edição – 128 páginas – 2020

Sobre os coordenadores
Douglas De Matteu - Doutor em Business Administration e mestre na Arte do Coaching pela Florida Christian University – EUA. Mestre em Semiótica, Tecnologias da Informação e Educação, especialista em Marketing, Educação a Distância e em Gestão de Pessoas com Coaching, bacharel em Administração. Master Coach com reconhecimento internacional. Trainer em PNL. Docente na Fatec de Mogi das Cruzes. CEO do Instituto de Alta Performance Humana – IAPerforma. É professor da FCU/EUA, com experiência nos EUA, Brasil e Japão.
Carla Alessandra Branca - Advogada, sócia do escritório Calderaro e Branca, Mestre em Políticas Públicas e especialista em Processo Civil, Gestão Educacional, em Direito e Processo do Trabalho; vice-presidente da Comissão de Direito Sistêmico da OAB de Mogi das Cruzes; Conciliadora e Mediadora formada pelo CEBEPJ, Coach formada pela IAPerforma. Advogada Sistêmica formada pela Gestão da Advocacia Sistêmica – GDAS.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo