ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

12/14/2019

Decidi Te Lembrar - Um Ano sem Isolda

Saudade. Esse sentimento universal, que só na língua portuguesa pode ser expresso é a palavra que sintetiza tudo que pretendemos dizer sobre Isolda Bourdot Fantucci, que nos deixou no dia 16 de dezembro de 2018.


Por: Carlos Marley
Das lembranças que eu trago na vida vou trazer algumas com Isolda. Fui um assíduo leitor dos seus textos postado em seu blog. Comentei alguns deles. Certa vez, no dia do aniversário de morte do seu irmão, o cantor e compositor Milton Carlos enviei um pequeno texto para homenagea-lo. Ela gostou do que escrevi e fez um agradecimento pela lembrança. Uma característica sua era ser atenciosa com todos os seguidores que postavam comentários no seu blog. Nenhum deles ficava sem uma afável resposta.  

Outra lembrança que trago comigo é uma agenda do ano de 2009, adquirida da Toca Disc Produções Culturais Ltda., uma empresa na qual Isolda era sócia administradora juntamente com sua filha Alessandra. “A Agenda da Toca não é só mais uma agenda pra gente escrever os compromissos que vai (ou promete) cumprir e anotar os números de telefone que vai precisar. É uma ajuda a mais pra turma que trabalha com música, estúdio, gravação e afins” escreveu Isolda no texto de abertura da agenda. Essa agenda tem um valor inestimável para mim, pois na sua contra capa tem uma dedicatória da Isolda. Eu havia pedido apenas que ela autografasse e ela gentilmente fez a linda dedicatória. Veja abaixo.
Dedicatória da agenda 
Recordo ainda de um convite feito a ela para uma entrevista ao programa de radio “Aplauso”, dedicado a Roberto Carlos, que na época eu participava junto com o Fabiano Cavalcante. Ela aceitou de imediato. Tudo ficou acertado via e-mail (telefone para contato, dia e hora da ligação, etc.). No dia da entrevista houve um problema técnico na radio e a entrevista foi cancelada. Depois disso o programa mudou de estação e eu já não fazia mais parte da equipe do novo programa. Esse foi o maior dos meus casos, o que nunca esqueci - A entrevista que não aconteceu. 

O seu enorme talento musical e a sua grande contribuição para a música do nosso país a coloca em lugar de destaque na galeria dos grandes compositores brasileiros. 

O seu patrimônio musical compõe a discografia de muitos artistas nacional e internacional. Segundo dados do seu site, só a canção “Outra vez” (1977) teve mais de trezentas regravações no mundo todo.

Autora de grandes sucessos na voz de outros cantores, sendo Roberto Carlos o intérprete definitivo do seu maior sucesso com a canção “Outra vez”

A primeira composição que emplacou em um disco de Roberto Carlos foi “Amigos, amigos” (1973) em parceria com seu amigo, parceiro e irmão Milton Carlos. Dai em diante muitas outras passaram a compor a discografia do rei. 

Veja a seguir a relação completa de todas as canções da lavra de Isolda gravadas por Roberto Carlos: 

Amigos, amigos (Isolda e Milton Carlos, 1973); 
Jogo de damas (Isolda e Milton Carlos, 1974); 
Elas por elas (Isolda e Milton Carlos, 1975); 
Pelo avesso (Isolda e Milton Carlos, 1976); 
Um jeito estúpido de te amar (Isolda e Milton Calor, 1976); 
Outra vez (Isolda, 1977); 
Tente esquecer (Isolda, 1978); 
Como é possível (Isolda e Sergio Sá, 1982); 
De coração pra coração (Isolda/ Mauro Motta/ Lincoln Olivetti e Robson Jorge, 1985); 
Quando vi você passar (Isolda e Mauro Motta, 1986). 

Isolda é ausência mais presente nos palcos onde Roberto Carlos se apresenta e todo público a canta junto com o rei. Por aqui a união das vozes interpretando sua canção será a energia que levará para o mundo de lá a nossa eterna homenagem à autora da música. 

Uma recordação visual de Isolda pode ser vista em um clipe oficial feito para divulgação do seu cd “Tudo exatamente assim”, onde ela interpreta “Outra Vez”, seu maior sucesso: “exatamente do jeito que imaginei quando a compus”, disse Isolda.

É por essas e outras, que a minha saudade faz lembrar de tudo outra vez.

Confira o clipe de Isolda cantando “Outra vez”


Confira o clipe de Roberto Carlos cantando “Outra vez”

10 comentários:

  1. Parabéns amigo Carlos Marley pela linda homenagem para a inesquecível Isolda!
    É emocionante ouvi-la interpretar a canção "Outra Vez".
    Parabéns menino Armindo Gonçalves Guimarães pela bela foto de apresentação.
    Abraços! (Y)  :)

    ResponderEliminar
  2. Mais uma excelente trabalho de pesquisa e de homenagem que nos é apresentado pelo Carlos Marley.
    De salientar as colocações no texto de algumas frases da letra "Outra vez", a saber:
    -Das lembranças que eu trago na vida, logo a abrir o primeiro parágrafo;
    -Esse foi o maior dos meus casos, o que nunca esqueci, no terceiro parágrafo;
    -É por essas e outras, que a minha saudade faz lembrar de tudo outra vez.
    Por último, gostaria de chamar a atenção para este parágrafo, o penúltimo do texto:
    "Isolda é ausência mais presente nos palcos onde Roberto Carlos se apresenta e todo público a canta junto com o rei. Por aqui a união das vozes interpretando sua canção será a energia que levará para o mundo de lá a nossa eterna homenagem à autora da música."
    Impressionante!

    ResponderEliminar
  3. Nobre colega Alba, agradeço as suas palavras. A interpretação da Isolda tem a delicadeza na voz.

    Um forte abraço

    ResponderEliminar
  4. Nobre colega Armindo, o texto foi abrilhantado com uma linda capa produzida pela sua criativa arte, que também é uma homenagem a essa grande compositora. Quanto a utilização de frases da letra foi outra forma de lembrar essa grande compositora. Obrigado pelo espaço e seu comentário.

    Um forte abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo Marley, parabéns pelo texto lindo e emocionante.
      Isolda jamais será esquecida pela beleza de suas músicas e letras que tocam o coaração de todos nós. Ah! como emociona o trecho de Outra Vez: Você é a saudade que gosto de ter, só assim sinto você bem perto de mim Outra Vez... Ver Roberto cantando isso ao vivo, é maravilhoso. Ai, ai, ai...

      Um abraço Marley

      Eliminar
  5. Nobre colega Carmen, agradeço o seu comentário. Com certeza não será esquecida, pois Roberto e outros cantores e cantoras, bem como músicos estarão sempre mantendo as suas canções em evidência.

    Um forte abraço

    ResponderEliminar
  6. E tarde...mas vou ouvi-los, RC e Isolda. Gostei de ler o que escreveram. Boa noite, D

    ResponderEliminar
  7. Uma Boa compositora Isolda fez muitas músicas lindas e grande susseso de
    roberto carlos.
    Ray Nonato

    ResponderEliminar
  8. É você reservado, tão quieto não fala... Mas sabe escrever. Parabéns Marley, por trazer essa saudade que a gente gosta de ter.

    ResponderEliminar
  9. Nobre colega Fabiano, até os erros do meu português ruim me deixa brincar de escrever. Obrigado por deixar seu comentário.

    Um forte abraço

    ResponderEliminar