ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/16/2019

BlastU reuniu 4 mil pessoas em debates sobre inovação, empreendedorismo e tecnologia

Maguy Atlin, Kelly Cordes e Adriana Percussi

Mentorias proporcionou espaço para o aprendizado com grandes líderes de diferentes segmentos do mercado

A segunda edição do BlastU, organizado por Kelly Gomes, Maguy Etlin e Adriana Percussi, reuniu cerca de 4 mil pessoas no Pavilhão da Bienal, nos dias 13 e 14 de agosto, motivadas em experenciar conexões sobre empreendedorismo, tecnologia e inovação.Foram mais de 80 painéis e debates, além de 28 workshops dividindo-se em cinco trilhas de conhecimento: Tecnologia; Empreendedorismo e Startups; Sociedade do Futuro; Saúde e Bem-Estar; e #WeCare, uma categoria que engloba temas de impacto social, cidadania e sustentabilidade. “Nossa ideia foi adequar o conteúdo das palestras às diversas audiências do evento, além de dar oportunidade aos empreendedores de aprender com grandes líderes de diferentes segmentos. Afinal, é sempre bom beber na fonte de quem está fazendo a inovação acontecer”, diz Kelly Cordes.

Tudo foi organizado para potencializar as conexões entre participantes, empresas, mentores, investidores e organizações, favorecendo a construção de relações valiosas. Nomes como Derek Hall, partner VC do Vale do Silicio, Paulo Veras, co-fundador da 99, Laura Lemann e Monica Saggioro da Maya Capital, entre outros, puderam passar conhecimento e esclarecer dúvidas decorrentes sobre o mundo dos negócios. “O coração do evento foi o nosso espaço de mentoria. Trouxemos vários especialistas que abriram suas agendas para conversar com empreendedores e auxiliar em questões específicas. Essa é a beleza do nosso evento, a oportunidade de aprendizado e troca com esses executivos”, comemora Maguy Etlin.

De experiência à inspiração, painéis como “Em busca de equilíbrio: Soluções Socioambientais” - com Alex Seibel da Positiv.a e Raquel Luna Viggiani da Swarovski - e “O que significa ser humano na era do transhumanismo?” com Luciana Zaterka da UFABC, buscaram reforçar a essência de que empreender também é cuidar de si mesmo, com responsabilidade social. Resgatando o lado mais humano, o arquiteto Marcelo Rosenbaum e o líder Yawanawa, cacique Biraci, emocionaram o público com o painel “Oportunidades de novos negócios na floresta Amazônia com base de saberes ancestrais”. A instrutora internacional da ONG Arte de Viver, Rajshree Patel, que age em prisões, empresas e outras áreas, ativista ugandense, veio ao blastU para falar sobre o poder da mente em mudar a sua vida. “O lado mais inspiracional resgata o lado sensível de cada um, é muito legal ver a energia e a vibração que faz com que as pessoas se emocionem e encontrem um propósito maior no meio a tanta informação que recebemos diariamente, recebemos muitos elogios por abordarmos com carinho este tema”, complementa Kelly.

O blastU também falou sobre tecnologia, inteligência artificial e alimentação. No painel "Alimentação disruptiva: o futuro da economia", Marcos Leta, fundador da startup Fazenda Futuro, que produz carne vegetal, e da Sucos do Bem, que agora pertence à Ambev, compartilhou como construiu suas empresas, buscando referências entre as concorrentes nos EUA e usando tecnologias brasileiras. Ainda sobre alimentação, falaram a cozinheira e empreendedora Rita Lobo, e o professor Carlos Monteiro, debateram as desvantagens do consumo de comida ultra processada e as diferenças para a "comida de verdade".

Para quem não pôde acompanhar o festival, os vídeos de algumas palestras estarão no site da blastU e as palestras do palco principal já podem ser acessadas no site do terra tv https://www.terra.com.br/videos/. É possível também ter acesso aos podcasts sobre temas que foram abordados.  Os conteúdos estão disponíveis nas plataformas no site, YouTube, Spotify, ApplePodcasts e Soundcloud, e na plataforma GOL Online, para mais de 33 milhões de passageiros que voam em destinos da América Latina, Estados Unidos e Caribe. “Nos inspiramos nos modelos internacionais e o podcast foi desenvolvido para inspirar e conectar quem quer ampliar sua visão de negócios e se atualizar sobre assuntos disruptivos que estão transformando relações pelo mundo”, explica Adriana Percussi.

As organizadoras do blastU ficaram bastante animadas com o resultado desses dois dias. “Ter 4 mil empreendedores e pessoas que demonstram interesse em ouvir sobre esses temas nos dá convicção de que estamos no caminho certo. Queremos que nossos visitantes tenham a certeza de que nas próximas edições, a qualidade do que eles ouvirão por aqui será cada vez maior. É para isso que trabalhamos e por isso que queremos fazer do blastU uma referência em festival de inovação e empreendedorismo. O Brasil merece isso!”, comemora Kelly Cordes.

Sobre a blastU:
O blastU é um festival de empreendedorismo, inovação e tecnologia que nasceu da ideia de inspirar, atualizar e conectar empreendedores que buscam ampliar sua visão e construir negócios melhores, mobilizando o Brasil para o futuro. A primeira edição do blastU aconteceu em São Paulo em 2017 e teve como foco fazer a ponte entre corporações que buscam inovação e os empreendedores que são os agentes desse movimento.  O evento que acontece também em 2019 é um espaço para que empreendedores tenham acesso a ferramentas, empresas, mentores e investidores. Isso tudo em um ambiente rico em conteúdo e experiências criado por pessoas com espírito colaborativo que vivem saindo da zona de conforto para desbravar novos caminhos. Os ingressos para participar do blastU, que será realizado no Pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera, portão 3, em São Paulo, podem ser adquiridos pelo site https://www.blastu.com.br/ingressos

Sem comentários:

Enviar um comentário