ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

6/17/2019

Estudantes brasileiros disputam competição mundial Fórmula SAE Lincoln nesta quarta

Disputada por 63 equipes a Fórmula SAE BRASIL – PETROBRAS 2018 selecionou a campeã para a prova mundial em Lincoln (EUA) 
(foto Adilson Zavarize)

A partir desta quarta, 19 de junho, estudantes brasileiros disputam competição mundial com 80 equipes de cinco países, no Lincoln Airpark (Nebraska-EUA)

A equipe Mauá Racing, do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT), de São Caetano do Sul-SP, se prepara para a competição mundial Fórmula SAE Lincoln, promovida pela SAE International de 19 a 22 de junho no Lincoln Airpark (Nebraska-EUA).

A equipe paulista foi vice-campeã da categoria combustão na Competição Fórmula SAE BRASIL – PETROBRAS, realizada em Piracicaba (SP) em dezembro de 2018, classificação que abriu a vaga para a prova mundial. A Mauá Racing disputará com equipes dos Estados Unidos, Canadá, Índia e México.

Equipe Mauá Racing foi 2ª na Categoria Combustão da Fórmula SAE BRASIL – PETROBRAS e disputa mundial em Lincoln (foto Adilson Zavarize)

O carro que conquistou para a Mauá o vice-campeonato na categoria Combustão da etapa nacional Fórmula SAE BRASIL – PETROBRAS é o mesmo que disputará a competição mundial Fórmula SAE Lincoln, e que embarca no início de maio para o Estado americano de Nebraska. A equipe viajou para os EUA no início deste mês.

A15ª Competição Fórmula SAE BRASIL – PETROBRAS foi disputada por 63 equipes em quatro dias de provas estáticas e dinâmicas avaliadas por juízes da indústria da mobilidade, que atraíram público aproximado de 1,5 mil pessoas.

O carro - De acordo com William Kurilov de Moraes, capitão da equipe, o MR18, nome pelo qual o projeto do carro é conhecido, estreou na Fórmula SAE BRASIL – PETROBRAS em 2018 e receberá poucas mudanças para enfrentar os desafios das provas do mundial. “Vamos aperfeiçoar algumas fragilidades para tentar uma colocação entre os cinco primeiros”, diz Kurilov.

A Mauá Racing participa da Fórmula SAE BRASIL desde 2006, ano em que conquistou a 4ª posição na soma geral de pontos na categoria combustão da competição nacional.

O projeto - Iniciado em 2017 o projeto MR18 é norteado pela simplificação e redução de massa do veículo. A equipe aplicou tais conceitos a partir do uso intensivo de simulações e estudos de materiais, com foco no desenvolvimento de melhores manufaturáveis e de elaboração mais simples.

Entre as principais características e inovações do carro, Kurilov aponta chassis tubular, novo motor 3 cilindros Triumph Daytona 675R, evolução no sistema de suspensão, e o uso de materiais como compósito em fibra de carbono e a liga de alumínio 7075, aplicados aos componentes do carro por sua excelente relação massa/resistência.

Para o capitão da Mauá Racing o motor é o subsistema mais forte desenvolvido pela equipe. “O IMT possui uma grande infraestrutura de testes em motores, o que possibilitou trabalho avançado da equipe nessa área” destaca Kurilov.

O programa estudantil Fórmula SAE BRASIL é curricular e está inserido como “Atividade Especial” optativa, que corresponde a 20% da grade de ensino dos estudantes no IMT.

“Os programas estudantis da SAE BRASIL motivam os jovens à carreira de engenharia e lançam desafios encontrados na prática profissional que complementam o conhecimento acadêmico adquirido na sala de aula”, analisa Mauro Correia, presidente da SAE BRASIL.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

GALERIA DA LUSOFONIA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil