ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

3/10/2019

Carlos Alberto Alves | 55 Anos de Jornalismo


Por: Armindo Guimarães

Em 2010, deambulando pela internet, deparei-me com um artigo publicado no site Azores Digital, sob o título "Lady Laura a paixão de Roberto Carlos". Ao ler tão excelente texto, ainda para mais escrito por um português, não hesitei em contactar o autor Carlos Alberto Alves, solicitando permissão para partilhar tal artigo no Portal Splish Splash. A resposta afirmativa foi tão rápida como o convite que logo a seguir lhe fiz para fazer parte da equipa de redatores do Portal.

Desde então, Carlos Alberto Alves tem enriquecido o Portal Splish Splash através dos seus escritos, não só sobre Roberto Carlos, mas também sobre os seus fãs e elementos próximos da carreira do Rei, como é o caso recente do maestro Eduardo Lages, fazendo-o sempre com a oportunidade e vivacidade que lhe são peculiares e que tanto atrai quem o lê.

Para além disso, o que sempre admirei e admiro no Carlos Alberto Alves, é o seu apurado estilo no que à escrita se refere, manipulando as letras como um malabarista manipula os seus malabares, sem dúvida, fruto da sua longa experiência jornalística, alicerçada por uma cultura geral que lhe permite escrever com princípio, meio e fim, sobre tudo e mais alguma coisa.

Carlos Alberto Alves, natural da Ilha Terceira, no Arquipélago dos Açores e a viver há 15 anos no Brasil, completa precisamente no dia 10 de março de 2019, 55 anos de jornalismo. Não sou jornalista, mas é uma das profissões que eu gostaria de professar quando for grande. Grande, como o Ilhas, alcunha com que carinhosamente trato o Carlos Alberto Alves quando com ele bato um papo através do chat do Facebook, dando-lhe cabo da cabeça quando ele menospreza esta e aquela ferramenta que a internet nos proporciona para melhor apresentarmos o que escrevemos e para mais facilmente comunicarmos com os leitores na divulgação das publicações, mas a porrada é já de tantos anos que alguns resultados vai dando. Para citar apenas um em tantos casos, veja-se no seu site, uma coisa simples, mas que o lhas se foi habituando: os textos justificados (ou alinhados) como forma de melhor os apresentar a quem os lê. Às vezes lembro-me que, nesse aspeto, o Ilhas muito poderia aprender com os seus colegas jornalistas da atualidade. Contudo, creio não errar se disser que mais teriam eles a aprender com a sua experiência jornalística, em especial com o seu sui generis estilo literário que desperta a leitura até mesmo de quem não sabe ler. Mas isso sou eu a falar, é claro. 

Isto é para verem o que um administrador de um Portal, pese embora os altos honorários que paga aos seus redatores, incluindo férias anuais em hotel de 6 estrelas nas Bahamas, ainda tem que dizer sobre os seus redatores para os conseguir manter na equipa.

Ao CA, quero dizer, ao Ilhas, melhor dizendo, ao Carlos Alberto Alves, que o mesmo é dizer, àquela máquina que não para de escrever, os meus parabéns pelos seus 55 anos de carreira jornalística, na certeza que o teremos ainda por muitos anos com a sua habitual dedicação e persistência na arte de comunicar que tão bem exerce.

E por falar em máquina de escrever, como sei das saudades que o nosso amigo Carlos Alberto Alves sente do ruído das teclas da antiga Remington ao dactilografar os seus escritos, deixo aqui, a título de prenda pelos seus 55 anos de carreira, uma autêntica máquina de escrever que, tal como as de antigamente, uma vez escrevendo não se pode apagar automaticamente.

É só clicar aqui, depois em Start Simulator e começar a escrever


E como sei que o Carlos Alberto Alves gosta muito, deixo aqui um vídeo das 9 Ilhas Maravilhosas, com um fundo de castanholas dum gajo do carago.

Açores - Nove Ilhas Maravilhosas

1 comentário:

  1. Parabéns ao nosso amigo Carlos Alberto pela passagem dos 55 anos de Jornalismo!
    Uma linda homenagem! Além do belo texto, o vídeo com uma emocionante música, onde o Portuleiro Armindo Guimarães faz acompanhamento de castanholas, ficou sensacional!
    Abraço!

    ResponderEliminar