ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

21 de janeiro de 2019

Para os cinéfilos de plantão


Com o objetivo de reacender o amor pela sétima arte, Rosebud cria a Box Cinematográfica e rede social exclusiva para os cinéfilos

Mesmo com a popularidade do streaming, o cinema clássico sobrevive. E justamente com o objetivo de reavivar esse valor sentimental entre os cinéfilos e a mídia física, a Rosebud - clube de assinatura para amantes da sétima arte e empresa germinada do Instituto Gênesis da PUC-Rio – desenvolveu a Box Cinematográfica. Cada mês a Box traz um tema com filmes selecionados pelos seus curadores, conteúdos informativos, posters, mimos cinéfilos, além de um snack para acompanhar.

“O nosso objetivo é fazer com que os membros tenham acesso a cinematografias diferentes e a novos olhares sobre a sétima arte. Além disso, buscamos alinhar entretenimento com educação sobre cinema para que os assinantes possam aprender mais a cada Box, por isso nossos temas abordam movimentos cinematográficos, gêneros e diretores conceituados, sempre acompanhado de muita informação”, explica Gleisson Dias, criador da Rosebud, acrescentando que todo o mês é convidado um curador diferente de acordo com o tema abordado. Para se ter ideia, já contribuíram como curadores o Conservador Chefe da Cinemateca do MAM, Hernani Heffner e o produtor e diretor Cavi Borges.

Outro diferencial do clube é que os seus membros têm acesso a uma rede social exclusiva para conversar com outros cinéfilos e também a vídeos inéditos com profissionais da indústria cinematográfica, professores e teóricos do segmento. “É uma verdadeira aula de cinema!”, ressalta Dias.

A entrega dos kits é feita com frete reduzido para todo o Brasil e grátis para o Rio de Janeiro e São Paulo. E a assinatura do clube pode ser feita pelo site:www.rosebud.club .

Rosemeire Barbosa Estúdio Azul

Sobre a autora

Rosemeire Barbosa Estúdio Azul - Natural e residente na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo, formada em Magistério pela E.E.S.G. “Sud Mennucci” com habilitação para exercer a profissão de professora em 1996. Aprovada no Concurso Público de prova e Títulos para provimento de emprego de Professor do Ensino Fundamental em 14 de janeiro de 1999. Em 1 de fevereiro de 2001, foi contratada pela Prefeitura Municipal de Piracicaba, na pasta da Secretaria da Educação com habilitação para alunos do 1º ao 5º ano. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique para ver o perfil