ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

9 de novembro de 2018

Suécia Inaugura Museu de Comida “Repulsante”

Os curadores Andreas Ahrens (à esquerda - também diretor do museu)
e Samuel West comemorando a grande aceitação da exibição

Por: Tâmara Oliveira Santana
Facebook
Crédito das Fotos: Anja Barte Telin

Prato Principal? Feto de pato
A cidade industrial e historicamente conhecida Malmo na Suécia, é o local escolhido para “hospedar” o peculiar “The Disgusting Food Museum”, com exibição de comidas um tanto quanto esquisitas aos olhos de pessoas com paladar mais convencional.

Já imaginou saborear uma vitamina de sapos? Ou comer olho de carneiro com molho de tomate em conserva? Ou quem sabe relaxar com um vinho de ratos? Essas e outras iguarias estão à disposição do público no recém inaugurado “The Disgusting Food Museum”.

Andreas Ahrens, curador e diretor do mais novo e esquisito museu sueco  conversou com a repórter do Portal Splish Splash, confira o bate papo:

PSS- Qual o objetivo “The Disgusting Food Museum”?

Vinho de rato para relaxar
AA- Queremos divertir os visitantes, mas também temos uma agenda mais séria. A produção atual de carne é insustentável, por isso precisamos olhar para fontes alternativas de proteína, como insetos e carne cultivados em laboratório. Além disso, não devemos ser tão rápidos em julgar a comida de outras culturas como repugnante, porque nossa noção de nojo é moldada por nossa criação e pelo o que nossos pais comeram.

PSS- Como está sendo a receptividade do público?

AA- Até agora, temos muito apoio e muitos visitantes curtem felizes a exibição.

PSS- O público pode provar as comidas?

AA- Sim, claro! Temos um buffet de comidas repugnantes servido todos os dias em nossa mesa de degustação, para permitir que nossos visitantes explorem o mundo da comida.
  
PSS- Há alguma iguaria do Brasil ou Portugal? 

AA- Não, nada especificamente do Brasil ou de Portugal!
Nós gostaríamos de receber algumas sugestões de seus leitores sobre quais alimentos do Brasil e de Portugal deveríamos incluir!

PSS- Há um restaurante com cardápio convencional no museu? As pessoas vão lá comer sem hesitar?

AA- Sim, há um restaurante ao lado - não administrado por nós! Eles servem comida deliciosa e muitos visitantes vão para lá depois de visitarem o museu.

Hora de experimentar as "deliciosas" iguarias. Gostou?
PSS- Há  casos de pessoas que tenham se sentido mal enquanto visitavam o “The Disgusting Food Museum”?

AA- Sim, algumas pessoas vomitaram e muitas outras cuspiram amostras de sabor que não gostaram.

PSS- Há idade mínima para visitar o museu?

AA- Não. Tivemos crianças de apenas dois anos experimentando a comida e gostando.

PSS- Há comidas esquisitas de quantas nações diferentes?

AA- Temos comidas de 35 países diferentes, mas muitas delas são encontradas em vários países.

PSS- Quanto é a entrada para o museu?

AA- 185 Coroas Suecas (SEK), mais ou menos 77 Reais ou 18 Euros.

PSS- Qual a comida mais asquerosa que você já comeu? 

AA- Hákarl - Tubarão fermentado, da Islândia. 

Tâmara Oliveira Santana

Sobre a autora

Tâmara Oliveira Santana - Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis