ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

14 de maio de 2018

Projeto de pesquisa é premiado com bolsa de estudo na Alemanha


Aluna da 1ª turma do PPG em Pesquisa Clínica da FMB foi selecionada em processo seletivo.

Um trabalho científico desenvolvido por pesquisadores da Faculdade de Medicina de Botucatu-Unesp (FMB) é premiado com bolsa de estudo da Fundação Alexander von Humboldt. A aluna da primeira turma do mestrado do Programa de Pós-Graduação (PPG) em Pesquisa Clínica Júlia Simões Corrêa é a responsável pelo projeto.

Durante o mestrado, sob orientação da professora Vânia dos Santos Nunes Nogueira, Júlia desenvolveu uma revisão sistemática sobre o tratamento medicamentoso da Doença de Cushing, patologia endócrina que causa aumento da mortalidade cardiovascular. A revisão contribuirá para elaboração de um parecer técnico científico para incorporação de uma das medicações estudadas pelo SUS.

O PPG de Pesquisa Clínica forneceu a base para elaboração de um novo projeto sobre o processo de incorporação de medicamentos no SUS e técnicas de Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS), uma das linhas de pesquisa do programa. Com a colaboração dos professores Carlos Antônio Caramori e Vânia dos Santos Nunes Nogueira, do Departamento de Clínica Médica da FMB, a aluna desenvolveu uma proposta de projeto que foi submetida a um rigoroso processo seletivo para financiamento pelo governo alemão. 

“O objetivo do projeto é comparar as técnicas de avaliação de tecnologias em saúde na Alemanha e no Brasil, bem como o processo institucional de incorporação de novas tecnologias médicas. Fornecer alternativas para alinhar medicina baseada em evidências e políticas públicas, identificar os processos ineficientes de incorporação de tecnologias, medicamentos e possivelmente aprimorar a qualidade metodológica do parecer técnico científico no Brasil estão entre os resultados esperados”, explica Júlia.

O trabalho foi desenvolvido em parceria com a Universidade de Colônia (UniKöln), onde será desenvolvido no decorrer do próximo ano sob orientação da professora  Stephanie Stock e o Dr. Dirk Müller, em Colônia, na Alemanha. 

A seleção

A bolsa tem como patrona a Chanceler da República Federativa da Alemanha. A fundação Alexander von Humboldt procura pessoas capazes de construir pontes entre Brasil e Alemanha, e projetos de interesse para o cenário de colaboração entre os países, independente da área de atuação. Em 2017, 109 brasileiros aplicaram para a bolsa, e destes, dez foram selecionados para desenvolver seu projeto em uma instituição alemã. A etapa final do processo seletivo aconteceu em abril, em Bonn - Alemanha, onde foram realizadas entrevista, dinâmica de grupo e apresentação de pôsteres.

Mais informações sobre a bolsa de estudo podem ser obtidas no link: https://www.humboldt-foundation.de/web/german-chancellor-fellowship.html 

Aluna da primeira turma do mestrado do Programa de Pós-Graduação (PPG) 
em Pesquisa Clínica Júlia Simões Corrêa
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis