ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

8/29/2015

Fãs de Roberto Carlos entrevistados pelo Portal Splish Splash – LUCÍLIA PINTO



A pensar nos milhares de fãs de Roberto Carlos, espalhados pelo Mundo, o Portal Splish Splash achou por bem auscultar a alma robertocarlistica que por eles perpassa, dando início a uma série de entrevistas que, cremos, poderá de algum modo contribuir para uma melhor compreensão do motivo que leva tantos a admirar a obra de um cantor/compositor Brasileiro que ao comemorar 55 anos de carreira, não só consegue manter a fidelidade dos seus fãs que o acompanham desde o início da sua trilha poética e musical, como ainda, atrair muitos jovens que não conseguiram ficar indiferentes à obra daquele que, como disse o poeta, se mais mundo houvera lá chegara.

A selecão da série de entrevistas não obedece a nenhum critério relativamente a este ou àquele fã, foram obtidas por quem as irá publicar, ou seja, Armindo Guimarães, Carmen Augusta e Derbson Frota, de acordo com os contatos que possuem. Também a publicação, que acontecerá às terças-feiras e sábados, é aleatória, ou seja, não tem qualquer ordem em relação aos fãs. Todos eles admiram o rei Roberto Carlos e por isso todos nos merecem a mesma estima e a mesma consideração, independentemente de, muito naturalmente, podermos conhecermos melhor este ou aquele fã.

A entrevistada de hoje é a fã Lucília Pinto, de Faifa, Castro Daire, Viseu, e a viver atualmente no Porto, Portugal.

PORTAL SPLISH SPLASH - Como começou a gostar do NMQT Roberto Carlos?

LUCÍLIA PINTO - Desde que me lembro sempre amei as músicas do Rei mais ou menos desde os meus 12 anos. Portando, há 50 anos que acompanho a sua carreira e por isso considero-me uma grande fã.

PSS - Se estivesse numa ilha deserta com o (a) amado(a), qual música do rei colocaria pra tocar?

LP - Numa ilha deserta escolheria ouvir “Jesus Cristo”.

PSS - Roberto Carlos faz parte de sua vida? Como?

LP – Roberto Carlos faz e sempre fez parte da minha vida. As suas canções sempre me acompanharam.

PSS - Cite uma história engraçada e/ou emocionante que já viveu emeciona algo do rei? Se sim, cite exemplo(s): relacionado ao rei Roberto: sim, cite exemplo(s): 

LP - Quando assistia pela TV à Jovem Guarda, sonhava um dia poder ver o Roberto pessoalmente e quando fui a São Paulo a primeira vez, já me dei por feliz por estar na cidade onde ele morava nessa altura, nos anos 70, no Morumbi. Mas depois só o pude ver pela primeira vez num show em 1980. Que emoção!

PSS - Coleciona algo do rei? Se sim, cite exemplo(s):

LP - Coleciono CDs e tenho também os antigos vinis, além de fotos tiradas em alguns shows e algumas revistas. Tenho também o livro aquele sobre a sua biografia (“Detalhes”), que foi retirado do mercado. Também tenho duas latas de Panetone da Nestlé com a foto do Rei e, claro, várias rosas que ganhei dele! Tenho vários shows gravados em vídeo e dois filmes também em vídeo “Roberto Carlos - Em ritmo de aventura” e “Diamante cor de rosa”.

PSS - Uma música que você sempre põe no “repeat”:

LP - A música que não me canso de ouvir ultimamente é “Esse cara sou eu”, mas muitas outras mais!

PSS - Muitas são as músicas do repertório do rei e muitas são aquelas que ele há muito não canta. Que música gostaria que ele voltasse a cantar? 

LP – É difícil escolher pois gosto de muitas, para não dizer de todas, mas o “Divã” penso que há muito ele não canta.

PSS - Se Roberto Carlos fosse almoçar em sua casa, o que prepararias? 

LP - Se fosse almoçar a minha casa encomendaria um peixe grelhado e uma big salada pois não iria perder tempo a cozinhar para ficar a conversar enquanto pudesse (risos).
PSS - Se fosse escolher para ouvir 10 músicas do rei, em ordem de preferência, quais seriam? 

LP - As 10 músicas entre tantas, cito “Quando”, “Olha”, “Jesus Cristo”, “Eu te amo, te amo, te amo”, “Detalhes”, “Canzone per te” , “Emoções”, “Nossa Senhora”, “Como vai você”, “Como é grande o meu amor por você” e “Esse cara sou eu”.

PSS - Se tivesse a oportunidade de falar ao vivo com o rei, o que diria?

LP - Não sei, mas com certeza o tempo faria com que lhe dissesse quase nada do tanto que gostaria de lhe dizer. 

PSS - As músicas do rei não seriam a mesma coisa sem as respetivas letras. Independentemente da música, diga os títulos de três letras que mais o impressionam e porquê.

LP - As três que mais me emocionam são “Quando”, pois lembra-me do filme Roberto Carlos - Em Ritmo de aventura” que assisti no cinema e a outra é “Como vai você” (gostaria de fazer essa pergunta ao Rei) e a outra é “Nossa Senhora”, a quem peço que o proteja sempre.

PSS - O rei possui em torno dele uma vasta equipe, desde os elementos que compõem a orquestra (RC9), aos elementos da administração, assessoria de imprensa e apoio logístico. Com certeza você simpatiza por alguns desses elementos por os conhecer ou já ouvir falar. Cite quais e por quê.

LP – Os seus músicos são fantásticos e o maestro Eduardo Lajes, maravilhoso! O mesmo digo quanto à equipe de apoio, embora fique triste por nunca me deixarem chegar perto do nosso Rei e eu já fui a vários shows e venho sempre triste por não estar um minuto que seja mais pertinho dele. Compreendo que é impossível atender a tantos pedidos, mas contínuo a ter esperanças que um dia concretizo esse sonho!

PSS - O que mais gosta na personalidade do rei? 

LP – Roberto Carlos é ternura, simplicidade, carinho, sinceridade e luz! Personalidade do Bem. Gostaria que o meu Rei continuasse a ser o nosso Rei como sempre foi.

PSS - O que gostaria que o rei mudasse nos seus usos e costumes?

LP - Quem sou eu para sugerir que o meu querido Rei mude o que quer que seja?

PSS - Se tivesse que escolher uma frase robertocarlistica do repertório do rei que mais se identificasse com você, que frase escolhia?

LP - “Eu tenho tanto pra lhe falar, mas com palavras não sei dizer” (Como é grande o meu amor por você).

PSS - Responda à pergunta que não lhe fizemos aqui e que gostaria que lhe tivéssemos feito.

LP – Que pergunta gostaria de fazer ao Roberto? “Porque não me deixam chegar até ti meu Rei, se tu fazes parte da minha vida e da minha história?”.


NOTA DO ENTREVISTADOR

Quando em 2015 Roberto Carlos esteve em Portugal, nos dias 14 e 15 de maio, em Lisboa, e nos dia 16 e 18 do mesmo mês em Gondomar, Porto, eu assisti a estes dois últimos shows e no do dia 18, aconteceu um episódio que envolveu esta nossa amiga Lucília Pinto que não conhecia, nem sequer do Facebook. Eu estava na plateia e como ainda era cedo para o início do show, estive num bate-papo com o meu amigo Manuel Lopes que tinha vindo de Espanha de propósito para o show. A separar-nos estava um gradeamento que dividia a plateia da tribuna onde estava o meu amigo, quando a nossa conversa foi interrompida pela Lucília que falou tanto, tanto, do Roberto que não só fez esquecer a conversa que eu e o Manel estávamos a ter como ainda fez com que eu mal cumprimentasse uma fã brasuca, no caso a nossa amiga Eunice Barco Maciel que passou por mim saudando-me efusivamente e que eu retribui, porém, sem o ênfase que merecia pois a Lucília não parava de falar “exigindo” toda a nossa atenção. A Lucília contava-nos dos shows que já tinha assistido e das peripécias por que sempre passava para conseguir a tão almejada rosa do Rei, bem como das mil e uma tentativas que sempre fazia para conseguir uma visita ao camarim que nunca conseguiu. E enquanto falava reparou que o gradeamento onde nos encontrávamos tinha uma pequena porta. Colocou a mão na fechadura e viu que dava para abrir, exclamando: “Estou com sorte! Já vou poder sair daqui e ir para bem junto do palco!”. Eu e o Manel ficamos a olhar um para o outro atónitos e o Manel disse-lhe: “Cuidado que pode aparecer um segurança!” A Lucília respondeu que não tinha medo dos seguranças e que já estava habituada a fazer tudo para chegar perto do Rei. Quando chegasse a altura do Rei distribuir as rosas, antes disso ela abriria a porta e correria para bem junto do palco, sentando-se no chão, muito quietinha, à espera. Já não era a primeira vez que fazia isso. E aconteceu mesmo isso. Ainda não tinha chegado o momento das rosas e, do meu lugar, consegui ver a Lucília a esgueirar-se da tribuna como quem não quer a coisa e a sentar-se no chão, junto ao palco, qual criança aguardando que o Papai Noel distribuísse os brinquedos. Findo o show, ainda a vi a falar com este e aquele elemento da equipe de apoio tentando uma entrada no camarim que infelizmente não conseguiu. Mas, se há fã que merece, sem dúvida que a Lucília é um deles e estou convencido que um dia irá conseguir. A menina é fogo!

Entrevista conduzida por:
Armindo Guimarães
Facebook
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

11 comentários:

  1. Boa Noite Amiga Lucília gostei da Sua Vivida Esperiêcia Parabéns Valeu Muinto Bjs, As Entrevistas Mostra o Amor Dos Fãs Por R R Carlos e Emcoraja outros Fãs Também A demostrar seu Amor e Carinho Assim Sentindo Alegria e prinsipalmente Compartilhando todo o Amor Ao nosso Amado R R Carlos, Armindo Parabéns Por Trabalho tão Digno e lindo e Parabéns a Todos que te Alcilia em buscar Aos Fãs Com Tanto Carinho Maria Aparecida Arf

    ResponderEliminar
  2. Obrgda caro amigo! Estou ainda em choc! agradecida pelo comentário que fez no final foi lindo estou mt grata mesmo e não sabia que havia testemunhado a minha luta para chegar mais perto do nosso querido Rei! Mas fã é fã e compreende bem isso! bj no seu coração! E parabéns pelo seu belo trabalho!

    ResponderEliminar
  3. Amiga Lucília!

    Meus parabéns, fico muito emocionada e imensamente feliz ao ver que do outro lado do oceano tem uma portuguesinha, que de tanto amor, é capaz de fazer muito mais do que as loucuras que já fez, para se encontrar com o NMQ. Loucuras essas, comprovadas pelo nosso menino Armindo Guimarães, que com o seu relato veio a nos emocionar ainda mais.
    Amiga, continue tendo fé, que com certeza vais realizar o teu sonho. Nosso rei mesmo diz: " Quando alguém tem um sonho. lute por ele, lute sem parar, sempre, a vida toda..."
    Ainda quero ter o prazer e a alegria de ver publicado aqui no nosso conceituado Portal Splish Splash, a tua foto com o Roberto Carlos e o teu relato desse encontro tão desejado.
    Mais uma vez parabéns amiga Lucília!
    Parabéns ao querido Armindo Guimarães, que tão brilhantemente conduziu essa maravilhosa entrevista!
    Parabéns para todos os Amigos que estão envolvidos nesse lindo trabalho, que nos faz conhecer um pouquinho mais do coração dos Robertodependentes!

    Beijinhos
    Alba Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mt obgda amiga! A entrevista gosteas super hiper formidavel foii o comentario do brilhante Armindo relatou fielmennte. Otd que aconte eu foram mts e.ocoes bjs e obgda mais uma vez

      Eliminar
    2. O máximo foi a descriçao fiel das emoçoes que vivi nesses dois dias no Pavilháo de Gondomar pelo nosso amigo Armindo,! Mt obgda amigo de fe!

      Eliminar
    3. Mt obgda amiga Alba mas somos assim Robertissimas!

      Eliminar
  4. Olá, menina Pipoka, digo, Lucília Pinto! nós é que agradecemos a sua participação na entrevista. Quanto ao comentário, foi o que aconteceu, foi o que contei. Só foi pena não ter passado bola à menina Eunice Barco Maciel, concentrado que estava no seu relato robertocarlistico. eheheheh Mas já lhe pedi desculpa. Beijinho. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois foi Armindo!
      Peça desculpas a sua amiga por mim! Mas eu sou assim quando se trata do nosso Rei ! Bjs

      Eliminar
  5. Amei sua entrevista,fã e fã a gente faz loucuras pelo nosso Rei.Continue tendando você vai conseguir!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho fe que sim! Há pessoas a sonhar com hiates,carros e avioes eu sonho estar ao lado do meu Rei!
      Fazer o que ne?

      Eliminar

HOMENAGEM A ROBERTO LEAL

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil