ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

4/09/2014

50.º Bate-papo entre Roberto Carlos e eu - Quem cala, consente, mora!





Por: Armindo Guimarães
Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins
Facebook
https://www.facebook.com/armindo.guimaraes


QUEM CALA, CONSENTE, MORA!


De como o Roberto Carlos, após me ter telefonado por duas vezes no mesmo dia e na mesma hora, me telefona uma terceira vez, porque tinha acabado de telefonar para o Sax Barítono da sua banda, Aurino Oliveira, pedindo-lhe para ir ao seu estúdio a fim de o ajudar na resolução do problema que consistia em terminar de uma vez por todas com os nossos bate-papos telefónicos e com algumas matérias que tenho publicado citando o seu nome, como foi o caso recente do calmante Robertocalmex que criei para os Robertodependentes Crónicos, do CRR – Centro de Recuperação de Robertodependestes e outros;

De como aconteceu que Aurino Oliveira, pensando tratar-se de um ensaio de última hora, decidiu convocar também todos os elementos da banda e ainda Genival Barros, gerente técnico, Cassol Júnior, técnico, e Maurício Aires, das Produções Ivone Kassu;

De como Roberto Carlos lamentou Aurino Oliveira ter convocado o pessoal para ensaio que não havia, e de como o pessoal depois de ter sido avisado por Roberto Carlos que podiam ir embora por não haver ensaio algum, o pessoal não quis arredar pé ao saberem que estavam perante mais um bate-papo telefónico daqueles que eles tanto apreciam;

De como o maestro Eduardo Lages bancou uma de Escudeiro do Rei, respondendo exemplarmente a pergunta acusatória de um anónimo acerca do caso Fribol;

De como entre outros assuntos se falou que a maioria dos homens usa a coisa para o lado esquerdo, e de como surpreendentemente ficamos a saber, dito pelo próprio Roberto Carlos, que ele usa a coisa para o lado direito;

De como eu, em defesa do Roberto, apresentei o parecer de um conceituado médico, segundo o qual, pese embora a maioria dos homens use a coisa para o lado esquerdo, cada um deve usá-la no lado em que lhe der mais jeito;

De como Aurino Oliveira, que Roberto Carlos chama de ‘Científico’ por num dos bate-papos ter sido o único que conseguiu resolver um problema que ficou conhecido como ‘A verdade da mentira’, devia ter sido o primeiro a falar transmitindo a Roberto a solução para mais este problema e afinal quase que nada dizia se não fosse a determinada intervenção de Carminha, secretária do Rei, e de como, finalmente, Aurino Oliveira usou da palavra dando solução científica para o assunto;

De como Roberto Carlos, não gostando da solução dada por Aurino Oliveira, decidiu consultar telefonicamente um dos seus advogados, no caso, o Dr. António Castro, expondo-lhe o problema e ao mesmo tempo solicitando solução jurídica para tão importante assunto;

De como eu, diante das acusações de que era alvo e perante o douto parecer jurídico do advogado de Roberto Carlos, usei da minha defesa com as armas de que dispunha, e de como o causídico, em face de tais argumentos, disse de sua justiça apresentando proposta que foi aceite pelas partes.

INTERVENIENTES

- Roberto Carlos
- Armindo Guimarães
- Ana Lúcia – Vocal
- António Castro (Advogado)
- Aurino Oliveira – Sax Barítono
- Carminha – Secretária de RC
- Cassol Júnior (Técnico de RC)
- Clécio Fortuna – Sax Alto
- Dárcio Ract - Baixo
- Dedé Marquez – Percussão
- Eduardo Lages - Maestro
- Genival Barros – Gerente-técnico de RC
- João Lenhari - Trompete
- Jorge Berto - Trompete
- Jurema de Cândia - Vocal
- Luíz Carlos Ismail – Vocal
- Maurício Aires - Assessor de Imprensa de RC
- Nahor Gomes - Trompete
- Norival D’Angelo - Bateria
- Paulinho Ferreira - Guitarra
- Tutuca Borba - Teclados
- Ubaldo Versolato – Sax Tenor



3 de Abril de 2014, Quinta-feira, 14,12h
O meu telemóvel toca.
Música E por isso estou aqui do CD ‘Inesquecível’ do maestro Eduardo Lages
Chamada anónima.
E eu atendo.

ARMINDO – Estou! És tu, Roberto?

ROBERTO CARLOS – Sim, sou eu, bicho! Telefonei pro nosso Científico vir aqui resolver o caso de uma vez por todas, mora!

ARMINDO – Científico?

ROBERTO CARLOS – Sim, cara! O Aurino Oliveira, o sax barítono de minha orquestra. Aquele que num dos nossos bate-papos telefónicos foi o único que arrumou solução pro problema sobre a verdade da mentira e a partir daí a gente começou a chamar ele de “Científico”, se recorda?

ARMINDO – Ah! Já me lembro. Foi fixe esse bate-papo, pá!

ROBERTO CARLOS – Sim, de fato foi fixe, digo, legal, mas apenas porque o Aurino resolveu o problema como tenho certeza que vai resolver agora com este. 


Carminha entrando…


CARMINHA – Oi, Roberto! Hoje vai haver ensaio, é?

ROBERTO CARLOS – Claro que não, Carminha! Mas porque você pergunta isso, mora?!

CARMINHA – É que tá chegando gente.

ROBERTO CARLOS – Ah! Tá chegando o Aurino, né?! Fui eu que pedi pra ele vir aqui ter uma conversinha comigo e com o Edu sobre um assunto importante. Diga pra ele que eu e Edu estamos aqui, tá legal?

CARMINHA – Digo pra ele e pros outros, né?!

ROBERTO CARLOS – Prós outros? Quais outros, Carminha?

CARMINHA – Roberto, além do Aurino, tá aí todo pessoal da orquestra e por isso é que eu perguntei pra você se ia haver ensaio.

EDUARDO LAGES – Ensaio, hoje?

ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Um problema nunca vem só, mora!

Aurino entrando com todo pessoal da banda…

AURINO OLIVEIRA – Oi, Roberto! Desculpe não vir mais cedo, mas como cê disse que tínhamos de orquestrar uma forma de resolver um assunto importante, eu me lembrei de telefonar pro resto do pessoal pra ajudar no orquestramento.

ROBERTO CARLOS – Minha, nossa! Um cara pede ajuda pra resolver problema e na volta fica com outro, mora!!!

ARMINDO e EDUARDO LAGES
Eheheheheh

AURINO OLIVEIRA – Roberto, além do pessoal da orquestra, telefonei também para o Genival, pro Maurício Ayres e pro Cassol Júnior. Quantos mais, melhor, né?! 

ROBERTO CARLOS – Aurino, eu pedi pra você vir aqui pra ajudar num problema e na volta você tá arrumando outro, mora!!!

AURINO OLIVEIRA – Roberto, eu tô tentando ajudar e você tá dizendo que eu tô arrumando problema?

Paulinho Ferreira, entrando com a sua guitarra ao peito…

PAULINHO FERREIRA – Oi, pessoal! Vai haver algum Especial, é?

ROBERTO CARLOS – Paulinho, por que você pergunta isso, mora?!

PAULINHO FERREIRA – Eu estava fazendo uma praia e recebo telefonema de Aurino me dizendo que você estava precisando do pessoal pra orquestrar não sei o quê e então só foi ir em minha casa pra pegar minha guitarra.

NORIVAL D’ANGELO – E pensava eu que a bateria era o coração da banda batendo! Não entendo como ao fim de tantos anos sendo eu o responsável por avisar o pessoal sobre o horário dos ensaios, de repente passaram a pasta pro Aurino, pôxa!

ROBERTO CARLOS – Minha nossa!!!

EDUARDO LAGES – eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Gente, hoje não há ensaio algum, mora! Aurino se precipitou telefonando pra vocês. Eu apenas pedi para ele vir aqui nos ajudar a resolver um problema e não era preciso ele chamar todo mundo, mora!

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
Oi, Roberto! Aurino fez bem, viu?! Nosso lema robertocarlistico é ‘RC por todos, todos por RC’!

ARMINDO – Olá, Lu e Jurema! Esse lema tem montes de absolutamente!!!

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
Nossa!!! Temos o nosso portuga no telefone, é? Faz tempo que a gente não tem um bate-papo com ele, pôxa! Roberto, passe o celular pra nós, viu?!

ROBERTO CARLOS – Meus amores, ainda há pouco disse pra todo mundo que hoje não há ensaio. Então, não precisam de falar em coro, né?!

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – O portuga tá em meu celular e é só o tempo de…

CLÉCIO FORTUNA – A tecnologia sempre em constante evolução. Agora celular já tem gente dentro, pôxa!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Pessoal, como hoje não há ensaio, todo mundo pode ir embora, morou?!


(segundos depois…)


ROBERTO CARLOS – Eu disse que todo mundo podia ir embora e ninguém vai?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

NAHOR GOMES – Roberto, agora o pessoal estando aqui quer aproveitar pra falar com o portuga. Tá na cara, né?!

ROBERTO CARLOS – Nahor, nem pense numa coisa dessas, mora! A ideia é precisamente terminar com a bagunçada que o cara está nos criando a todos nós com seus escritos.

JORGE BERTO – Roberto, o que foi que aconteceu com o nosso portuga?

ROBERTO CARLOS – Com o nosso portuga? Pode ser vosso, mas meu não é, não! Nem pensar!!! Um cara que fica inventando medicamento usando meu nome sem autorização, jamais pode ser meu, né?!


ROBERTOCALMEX

DÁRCIO RACT – Roberto, mas que medicamento é esse que cê tá falando?

ROBERTO CARLOS – Se trata do Robertocalmex, mora!

DÁRCIO RACT – Robertocalmex mora! Puxa vida! E já tá à venda nas farmácias, é?

ROBERTO CARLOS – Dárcio, você também, pôxa!

DÁRCIO RACT - ???!!!

ROBERTO CARLOS – Dárcio, eu disse Robertocalmex, vírgula, mora!

DÁRCIO RACT – Me desculpe Roberto, mas não ouvi você dizendo vírgula. Acho que Robertocalmex Vírgula Mora é nome esquisito pra medicamento, mas…

ROBERTO CARLOS – Minha Nossa Senhora!!!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
Nós vimos a foto desse medicamento lá no Facebook. Se trata de um calmante do Laboratório RC, cuja embalagem contém 30 comprimidos de 2 mg e está indicado em especial para os Robertodependentes Crónicos.

ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Minhas lindas cês até parece que estão fazendo propaganda do Robertocalmex, mora!

DÁRCIO RACT – Roberto, afinal eu tinha razão quando disse que não tinha ouvido você dizendo vírgula, pois agora mesmo você apenas disse Robertocalmex mora, se esquecendo da palavra vírgula.

ROBERTO CARLOS – Dárciozinho, deixe pra lá a virgula, tá legal? Assim como as coisas estão correndo, quem vai precisar de um Robertocalmex, sem vírgula, sou eu, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

MAURÍCIO AIRES – Oi, pessoal! O Roberto tem razão em se preocupar com essa coisa do Robertocalmex. Não estou muito no Facebook, mas quando dou uma olhada cês nem imaginam a quantidade de pessoal que passa a vida pedindo pro Armindo enviar por expresso caixinhas desse produto. Me liguei agora mesmo no Facebook e ouçam só o que diz esta notícia, com foto e tudo:
‘ROBERTOCALMEX
Uma boa notícia para os robertodependentes crónicos!
Já está à venda o Robertocalmex, um medicamento que incentiva e prolonga a Robertodependite Crónica.
Trata-se de uma descoberta farmacológica portuguesa que no próximo mês de Dezembro irá estar à venda na Terrinha e em Terras de Vera Cruz, após o que se espalhará pelos quatro cantos do mundo.
Robertocalmex – Use e abuse!!!’

ROBERTO CARLOS – Nem estou em mim, mora!!!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

MAURÍCIO AIRES – E olhem este post do dia 20 deste mês:

'Armindo Guimarães - Devido à emoção que os disquinhos que aqui estão a ser postados está a causar a alguns meninos e meninas, é aconselhável terem à mão o Robertocalmex. Depois não digam que eu não avisei!!!'

MAURÍCIO AYRES - Curtiram este post 55 fãs, com estes comentários:

Juliete Alvarenga - Estou precisando amigo!

Alba Maria Fraga Bittencourt - Eheheheheh Já tomei os meus!

Celeste Moreira - Eu também!

Armindo Guimarães - Ainda na semana passada mandei pra menina Juliete Alvarenga uma encomenda com 50 caixas e diz que está a precisar?

Juliete Alvarenga - kkkkkkk E muito!

Armindo Guimarães - A menina Celeste Moreira, também? O que fez às 125 caixas que eu lhe mandei há 15 dias? A caixa diz Use e Abuse, mas não é para exagerar!!!

ROBERTO CARLOS – Maurício, pére aí bicho! Eu ouvi bem? 125 caixas em 15 dias?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – Ó Roberto, é pra tu veres como andam os doentes de Robertodependite Crónica!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Cês se estão rindo, mas eu é que não estou gostando do que estou ouvindo, mora! Maurício, prossiga com a leitura dos comentários, tá?

Fátima Montenegro - Melhor que Rivotril amigo Armindo Guimarães esse calmante!

Celeste Moreira - É que são tantas emoções que acaba rápido o calmante.

Nivanir Rodrigues - Manda uma caixinha pra mim amigo Armindo Guimarães!

Armindo Guimarães - Menina Nivanir Rodrigues uma caixinha só dá para um dia pois só tem 30 comprimidos. Vou mandar-lhe amanhã por expresso, 50 caixas, tá? Dá para 50 dias. Beijinho robertocarlistico!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

Nivanir Rodrigues - Obrigada amigoooo Armindo Guimarães, você me deixou muito feliz com essa notícia, beijinhos pra ti também!!!!!! Quero minha montagem viu?

ROBERTO CARLOS – Maurício, que é que é isso de “quero a minha montagem”?

MAURÍCIO AIRES – É que o nosso, digo, o portuga também deu numa de Montador Robertocarlista.

ROBERTO CARLOS – Montador Robertocarlista? Puxa, vida! Mas quem é que ele monta?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

MAURÍCIO AIRES – Roberto, melhor eu prosseguir com a leitura dos restantes comentários e depois passar a esse assunto, tá?

ROBERTO CARLOS – Tudo bem, Maurício!

Rosina Maria - Encomenda pra mim!

Cida Claro - Eu quero!!!

Solange Bhering – kkkkkk

Armindo Guimarães - Nós aqui a falarmos de coisas sérias e a menina Solange Bhering a rir-se?

ROBERTO CARLOS – O cara fica tão compenetrado com os pedidos que fazem pra ele de Robertocalmex que nem admite que alguém se ria, pôxa!

ARMINDO – Ó Roberto, eu não brinco em serviço, pá!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Armindo, não interrompa o Maurício, tá legal? Cê pensa que tá lá no Facebook, é?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Maurício, já terminaram os comentários?

MAURÍCIO AIRES – Não, Roberto! Eu é que ainda estou rindo. Eheheheheh

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

MAURÍCIO AIRES - Olhe aí mais este comentários:

Giselia Melo - Eu também quero!

Mauristela Oliveira - Eu também quero!!!

Giovana Marques - O melhor e mais viciante dos calmantes. Por favor me mande algumas milhares de caixas.

Rosario Mendoza Muñoz - Quiero mil cajas de Robertocalmex.

ROBERTO CARLOS – Maurício, de onde é essa fã, cara!

MAURÍCIO AIRES – Estou agora vendo que é de Monterrei, no México.

ROBERTO CARLOS – Impressionante, gente! Até do México pedem Robertocalmex, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

MAURÍCIO AIRES - E mais estes:

Tereza Cristina Leite - Compra sem receita? Quero também milhares de caixas dessas. Estou precisando de calmex com Roberto. Aí completa tudo!!!

Lucy Moledo - Esse e o calmante que tomo quando estou solitária.

Ana Rosalia Marques Fonseca - Estou precisando de Robertocalmex!

Heloisa Fatima - Estou precisando desse calmante!!!

Fátima Arruda - Eu tenho uma caixa desse calmante e acho que vou ter que tomar depois do show do meu Rei porque vou ficar muito emocionada quando olhar para o meu amado Roberto Carlos.

Penha Lopes - Um calmante desse não precisa de mais nada!!!

DEDÉ MARQUEZ – Oi, Armindo! Eu em seu lugar aproveitava a frase da fã Penha Lopes pra publicitar o Robertocalmex. Olhe aí como soaria bem:
Robertocalmex – Com um calmante desse não precisa de mais nada!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Dedé eu já estava estranhando você ainda não ter entrado com suas piadinhas de bastidores, mora!

ARMINDO – Grande Dedé! Obrigado pela ideia. Vou já tratar de mandar fazer novas embalagens com essa frase publicitária.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Olhe aí seu portuga! Vá aproveitando este bate-papo que na certa vai ser o último pois nosso Científico, digo, nosso Aurino vai achar solução como só ele sabe. Maurício, por favor, prossiga com os comentários, tá?

MAURÍCIO AIRES – Já terminaram.

ROBERTO CARLOS – Terminaram como?

MAURÍCIO AIRES – No fim.

ROBERTO CARLOS – Mauricinho, cê já viu alguma coisa terminar no princípio?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DEDÉ MARQUEZ – Roberto, você me desculpe, mas não é pra admirar o Maurício ter dito que os comentários dos fãs terminaram no fim pois antigamente todos os filmes quando terminavam tinham a palavra FIM e só há alguns anos é que chegaram à conclusão que se a fita estava no fim não precisavam de colocar a palavra FIM.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Dedé se deixe de fitas e deixe o Maurício prosseguir, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh


CONDE MONTANELAS

ROBERTO CARLOS – Maurício, explique pra gente o que é isso de chamarem ao portuga Montador Robertocarlistico, tá?

DEDÉ MARQUEZ – Roberto, em se tratando de um fã do Rei, na certa seu sangue é azul e então eu proponho que ao invés de Montador Robertocarlistico ele se chame Conde Montanelas. Até que é nome que soa bem, né?!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – eheheheheh Ó Dedé, só me faltava mais essa, pá!

ROBERTO CARLOS – Dedé, se deixe de piadinha! Deixe o Maurício explicar pra gente quem é que o nosso, digo, quem é que o portuga anda montando, mora!

DEDÉ MARQUEZ – Tá andando numa de cavalgada por uma estrada colorida.

TODO MUNDO CANTANDO EM CORO
Usar meus beijos como açoite e a minha mão mais atrevida.
Vou me agarrar aos seus cabelos, pra não cair do seu galope.
Vou atender aos meus apelos, antes que o dia nos sufoque…

ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Pessoal, hoje não é dia de ensaio, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

MAURÍCIO AIRES – Pessoal, se trata de montagem de foto. O Armindo faz fotomontagens dos fãs com o Roberto e vai no Facebook oferecer às meninas e aos meninos.

ROBERTO CARLOS – E tem assim tanta menina e tanto menino lá no Facebook, Maurício?

MAURÍCIO AYRES – São todos adultos mas o Armindo chama a todos eles de meninas e meninos, mesmo que tenham 100 anos ou mais. Eheheheheh

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Esse, gajo, digo, esse cara, é doido!!!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DEDÉ MARQUEZ – Roberto, você me desculpe mas é você mesmo que diz que o coração não tem idade. Então…

ROBERTO CARLOS – Então, lembro o Dedé e todo pessoal que estamos todos aqui não pra defender o portuga mas a mim que a única coisa que quero é terminar com esta bagunçada dos bate-papos que só arrumam confusão em tudo quanto é sítio, mora!

GENIVAL BARROS – Acho que nosso Roberto tem toda razão! Eu também estou no Facebook, mas só esporadicamente dou uma olhada e por duas vezes recebi pedido de amizade do Armindo que nunca aceitei, justamente para não me ver envolvido nas confusões que ele cria com nosso Roberto, inventando tudo e mais alguma coisa. E se hoje estamos aqui com nosso Roberto pra arrumar a questão, podem contar comigo na certeza que se cumprirá o que os astros dizem.

ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Genival, cê até parece um filósofo falando, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh


ASTRO-ROBERTÓLOGO PROF. ARGUIMAR

JOÃO LENHARI – Oi, Genival, você está se esquecendo que o portuga além de Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins, também é Astro-Robertólogo. Se trata do Professor Arguimar, que se diz amigo e colega do Professor Herculano Quintanilha, da novela ‘O Astro’ e por isso sabe melhor do que nós o que os astros lhe reservam acerca dos bate-papos com nosso Roberto.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh


CRR – CENTRO DE RECUPERAÇÃO DE ROBERTODEPENDENTES – Portugal

JOÃO LENHARI – E acho que todos estão esquecendo que além do Robertocalmex, o Armindo noticiou ainda a abertura lá na Terrinha, mais exatamente na cidade dos estudantes (Coimbra), a existência do CRR – Centro de Recuperação de Robertodependentes.
 
GENIVAL BARROS – Joãozinho, cê tá brincando, né?! Só pode! O Armindo não ia tão longe!

ROBERTO CARLOS – Genival, o cara vai até o fim do mundo, mora! É uma praga!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI – E foi justamente se baseando numa praga que foi criado o CRR - Centro de Recuperação de Robertodependentes.

ROBERTO CARLOS – E o que diz a notícia, Joãozinho? Leia pra nós, viu?!

JOÃO LENHARI – Diz assim:

'NOTÍCIA ROBERTOCARLISTICA
Notícia de última hora dá conta de que face ao frio glacial que se faz sentir na Terrinha,
os fãs do cantor brasileiro Roberto Carlos estão nos limites da Robertodependite Crónica, uma doença originária do Brasil e que rapidamente se espalhou pelos quatro cantos do mundo.
Para acudir àqueles fãs, foi hoje inaugurado em Portugal o CRR – Centro de Recuperação de Robertodependentes, iniciativa que os governos do Brasil e de outros países pensam seguir.
Na foto pode ver-se o edifício do CRR, sito em Coimbra e que brevemente terá delegações em todas as cidades do país.'


GENIVAL BARROS – Impressionante, gente! Até já existe em Portugal um Centro para Robertodependentes Crónicos, com possibilidades de abrirem mais em todas as cidades da Terrinha!!! Roberto, não há dúvida que sua popularidade é universal.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh


CRR – CENTRO DE RECUPERAÇÃO DE ROBERTODEPENDENTES – Brasil

JOÃO LENHARI – Mas não é tudo, gente! A novidade é que um Centro desses vai também abrir aqui no Brasil, no dia 19 de Abril deste ano, em Cachoeiro de Itapemirim, terra natal de nosso Roberto que estará presente na inauguração. Olhem a foto do CRR e a notícia:


‘ÚLTIMA HORA!!!
Tenho a honra e o grato prazer de anunciar a todos os amigos Robertodependentes que inaugurado que foi há cerca de 2 meses o CRR – Centro de Recuperação de Robertodependentes, em Coimbra, Portugal, finalmente está prevista para o dia 19 de Abril, precisamente no dia de aniversário do Rei, a inauguração de um novo CRR, desta vez em Terras de Vera Cruz, mais exatamente em Cachoeiro de Itapemirim-ES.
Na foto pode ver-se o edifício do novo CRR em Cachoeiro de Itapemirim.
Quem é amigo que só dá notícias boas às meninas e aos meninos?!’

GENIVAL BARROS – É justo que assim seja. Não fazia sentido haver um CRR lá na Terrinha e não haver aqui em nosso Brasil.

ROBERTO CARLOS – Genival, quantas vezes eu preciso dizer pra você que é tudo invenção do portuga?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI – Roberto, se é invenção, então você vai precisar de desmentir a notícia.

ROBERTO CARLOS – Joãozinho, eu não tenho que desmentir notícia que não me diz respeito. A notícia não refere meu nome. Fala em Rei, e eu não sou rei de coisa alguma, né?!

ARMINDO – Ó Roberto, não te esqueças que és o Rei da MPB, pá!

ROBERTO CARLOS – Rapaz, ninguém pediu sua opinião, mora! Se limite ouvindo só dando opinião quando a gente pedir, tá legal?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI – Roberto, de fato a notícia não refere seu nome, mas olhe o que diz uma outra de 21/3:

'Lembro todas as meninas e todos os meninos Robertodependentes Crónicos que se o Robertocalmex já não der efeito, têm sempre a possibilidade de serem internados no CRR - Centro de Recuperação de Robertodependentes, por enquanto apenas a funcionar em Coimbra-Portugal, mas que em 19 de abril próximo, irá abrir também no Brasil, mais exatamente em Cachoeiro de Itapemirim, sendo que eu estarei na inauguração como Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins.'

JOÃO LENHARI – E olhe como reagiram seus fãs:

Alba Maria Fraga Bittencourt  - Estarei lá a tua espera Armindo! Minha vaga já está reservada!

Juliete Alvarenga - Já reservei a minha amigo Armindo bjs.

Nivanir Rodrigues - Seja bem vindo ao nosso Brasil que te espera de braços abertos.

Rosina Maria - Que venha para o Brasil!

ROBERTO CARLOS – Joãozinho, essa fã aí, disse “que venha para o Brasil”, quem?

JOÃO LENHARI – Se refere ao Armindo, né?!

ROBERTO CARLOS – Puxa vida! Se o gajo, digo, se o cara, estando lá na Terrinha é fogo, agora imagine estando aqui no Brasil, mora!!! Meus fãs se lembram de cada uma!!!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – Ó Roberto, não te esqueças que eu faço parte dos teus fãs, pá!

ROBERTO CARLOS – Bicho, ninguém perguntou sua opinião, mora! Joãozinho, continue, tá?

JOÃO LENHARI – Roberto, olhe aí a confirmação. Não é só a fã Rosina Maria que pede pro Armindo vir pro Brasil. Algumas fãs até já dão como certa sua vinda!

Elizete Arcie - Bem vindo ao Brasil Armindo !

Sonia Maria Arci Santos – Bem-vindo ao Brasil!

Marlene Batista de Souza - Aqui no Brasil precisa urgente de um centro de recuperação desse.

Marli de Paula - Está precisando mesmo! E de um doutor igual a você é que precisamos. É muito bom estar neste grupo que estou revendo coisas de RC que há muito não via só as recentes. Amo você é d+++ Doutor RC. Bjs.

EDUARDO LAGES – Roberto, essa fã aí até chama o Armindo de Doutor RC. Eheheheheh

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Edu, se vê que você tá feito com o portuga! Cê estava muito caladinho e agora despertou quando ouviu chamando seu sócio de Doutor RC, mora!

GENIVAL BARROS – Roberto, não sabia que o Edu é sócio do portuga!!!

ROBERTO CARLOS – Genival, cê não sabe que o portuga desde que se meteu em meus assuntos, estando lá na Terrinha sem ter ninguém da família aqui no Brasil, consegue ser sócio, irmão, padrinho, primo, tio, e até pai de brasucas?

GENIVAL BARROS – Roberto, cê tem razão, é preciso acabar com essa praga!

ROBERTO CARLOS – Genival, que praga cê tá falando?

GENIVAL BARROS – Da Robertodependite Crónica!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Genival, eu me estava referindo à praga do Armindo, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Joãozinho, tem mais comentários?

JOÃO LENHARI – Tem mais estes:

Zilá Machado da Cunha - Verdade, bem vindo a nosso país.

Mauristela Oliveira - Preciso me internar urgente!!!

Maria DE Oliveira - Que legal adorei até eu quero me recuperar ai!!! Armindo Guimarães você é o cara!!!

EDUARDO LAGES – Pessoal, imaginem que pros fãs o cara já não é o meu compadre Roberto, mas sim o meu sócio Armindo! Eheheheheh

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Edu, do jeito que você fala, estou vendo que vamos ter que eliminar duas pragas ao invés de uma, mora!!! O portuga e você!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI - E mais estes:

Maria De Lourdes Santiago - Amigo Armindo aposto que você está pensando em me internar lá, ne? kkk

Penelope Farias – Manda convite!

Diná Franco - Tem uma vaguinha para uma doente apaixonada? Ei! Armindo?

Rosario Mendoza Muñoz -  Magnifico yo quiero ser la primera en ser internada en el CRR!!!

Salete Ferreira - Eu vou trabalhar nessa clínica como técnica da Loucura de Enfermagem.

ROBERTO CARLOS – Joãozinho, essa fã diz que vai trabalhar para o tal CRR como técnica da Loucura de Enfermagem? Eu ouvi bem?

JOÃO LENHARI – Ouviu bem, sim.

ROBERTO CARLOS – Minha, nossa! Tá todo mundo louco, pôxa!!!

TUDO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI - Roberto, olhe o que diz esta fã!

Ocenilda Adoro Rei Roberto Carlos - Tem que abrir uma filial desse centro aqui na Bélgica, menino Armindo. Nem sempre posso ir até Coimbra, em caso de crise aguda persistente!

JOÃO LENHARI – Roberto, imagine que até pedem clínica para a Bélgica!!!

ROBERTO CARLOS – O assunto é mais grave do que eu pensava, mora!!!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI - E olha a resposta do portuga!

Armindo Guimarães - Tem razão, menina Ocenilda Adoro Rei Roberto Carlos. Temos que pensar no assunto. Beijinho robertocarlistico!

ROBERTO CARLOS – Joãozinho, essa fã se chama mesmo Ocenilda Adoro Rei Roberto Carlos? Vai me dizer que ainda há pais dando nome esquisito pra filho, é?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI – Roberto, eu não sei, mas acho que o único nome verdadeiro da fã é Ocenilda, o resto é só para constar no Facebook em sua honra.

ROBERTO CARLOS – Espero mesmo que assim seja, mas da forma que eu vejo meus fãs indo na conversa do portuga, até já me acredito em tudo.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI - Roberto, o comentário desta fã, está demais, pôxa!

Neiva Mescolotti - Poderíamos pensar em fazer uma lotação para essa inauguração. O Rei não estará presente, mas o Armindo Guimarães, sim.

EDUARDO LAGES – Roberto, tá vendo como eu tenho razão no que digo? Fã agora é assim: se não estiver o Roberto, mas estiver o Armindo, tá tudo bem. Ou seja, estando o Armindo já ninguém fica sentindo sua falta. Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Edu, se deixe de coisinha e deixe o Joãozinho prosseguir com os comentários dos fãs, tá legal?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI - E olhe aí a resposta do portuga e o comentário de uma fã!

Armindo Guimarães - Mas quem é que disse que o Roberto não iria estar presente? O dia da inauguração não foi marcado por acaso para o dia 19 de abril. É o dia do seu aniversário e ele comprometeu-se a estar presente.

Marlene Vidal – Oba! Vou para lá!!!

JOÃO LENHARI – E é assim que terminam os comentários, com o Armindo dizendo pra todo mundo que você irá estar presente na inauguração do CRR de Cachoeiro de Itapemirim.

ROBERTO CARLOS – Pelo menos terminou com uma fã que só comentou no post quando soube que eu ia estar presente.

EDUARDO LAGES – Roberto, você tem que concordar que o comentário dessa fã foi uma gota no oceano, já que todas as outras fãs disseram que iriam na inauguração desde que o Armindo fosse.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Me chamem o Genival!!!

GENIVAL BARROS – Roberto, tô aqui! Tá precisando de alguma coisa, é?

ROBERTO CARLOS – Genival, me faça um favor, bicho! Hoje ninguém sai daqui sem tirarmos tudo a limpo, mora! Telefone pro meu advogado, tá legal?


CIENTÍFICO DE ROBERTO CARLOS PEDE PARA USAR A PALAVRA

AURINO OLIVEIRA – Roberto, antes de falar com o advogado, lembro você que me telefonou pra eu tentar arrumar solução pro assunto e na volta já quase todo mundo falou, menos eu.

ROBERTO CARLOS – Diz bem, Aurino! Acho até que você devia ter sido o primeiro a intervir, mas a verdade é que você está sendo vítima de si próprio pois ninguém pediu pra você telefonar pra todo mundo vir aqui, né?! Diga então a sua ideia, tá?

CASSOL JÚNIOR – Roberto, antes do Aurino usar da palavra, talvez seja oportuno lançar aqui mais umas achas na fogueira. Eu costumo estar no Facebook e muitas vezes dou com notícias sobre o Roberto dando como certo questões ainda não confirmadas oficialmente e, tá claro, não gosto nada desse tipo de notícias que só posso considerar de sensacionalistas e como tal não deveriam merecer crédito de quem as lê. Também tenho topado algumas notícias do Armindo que eu acho deviam merecer de você alguma reflexão enquanto é tempo.

ROBERTO CARLOS – Cassol, se deixe de entretantos e passe logo aos finalmente, mora! Me diga logo que mais notícias esse gajo, digo, esse cara anda publicando sobre mim, tá?


MANIFESTAÇÃO DE FÃS DE RC EM PORTUGAL

CASSOL JÚNIOR – Olhe aí esta matéria com foto publicada no Portal Splish Splash e em várias páginas do Facebook:


‘Em Portugal, fãs de Roberto Carlos colam cartazes pelas cidades, anunciando manifestação com o mote:
O tempo de espera aumenta
E a malta portuga não aguenta!!!’

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
Roberto, bem que os portugas têm razão. Faz tempo que a gente não vai na Terrinha, né?!

ROBERTO CARLOS – Minhas lindas, fala uma de cada vez, tá legal? Não estamos em ensaio ou em pleno show, né?!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ANA LÚCIA – A última vez que nós estivemos na Terrinha…

JUREMA DE CÂNDIA - … Foi em 2006 e desde então…

ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Eu disse uma de cada vez mas não era desse jeito, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JUREMA DE CÂNDIA – Quanta saudade da Terrinha e do vinho do Porto!!!

ANA LÚCIA – E da Terrinha a gente sempre tem boas recordações, incluindo alguns episódios engraçados que se passaram nos bastidores.

ARMINDO – Lucinha, tem que me contar um desses episódios, tá?

ROBERTO CARLOS – Bicho, não se aproveite tentando saber o que não é da sua conta, morou?!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – Ó Roberto, tem calma, pá! Eu estava só a brincar com a menina Lucinha, pois sei muito bem que todos da banda têm contrato de confidencialidade.

EDUARDO LAGES – Não tem nada disso de contrato de confidencialidade, Armindo. É tudo na base do bom-senso. Cada um tem que ter responsabilidade. Afinal de contas, a gente trabalha com o maior ídolo do Brasil. Fazer parte daquela intimidade não significa que você precisa sair por aí contando tudo, né?!

ROBERTO CARLOS – Nem tô em mim!!! Finalmente que o Edu diz uma coisa de jeito, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JUREMA DE CÂNDIA – Armindo, quando a gente for na Terrinha, não esqueça da broa de Avintes pra eu provar, tá legal?

ROBERTO CARLOS – Broa de Avintes? Minha linda, por que você não faz essa broa lá em sua padaria, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JUREMA DE CÂNDIA – Roberto, cê sabe que não há nada como o original, né?! E na certa broa de Avintes com vinho do Porto é cereja em cima de bolo.

LUÍZ CARLOS ISMAIL – Roberto, vocês falando em broa de Avintes e vinho do Porto, tá até abrindo o apetite. Não dá pra gente fazer um intervalo?

ROBERTO CARLOS – Luizinho, cê quer um intervalo a que propósito? Não estamos em ensaio, né?!

UBALDO VERSOLATO – A culpa é do Aurino chamando a gente pra nada! Pra mais, vim carregado com meu saxofone, pra quê?

ROBERTO CARLOS – Ubaldinho não deite culpa pro Aurino, tá legal? Quando você chegou eu avisei logo o pessoal que não havia ensaio e você e todo mundo ao invés de irem embora estão aqui fazendo não sei o quê, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

UBALDO VERSOLATO – Roberto, depois de estarmos aqui sabendo que nosso portuga tá no telefone, como a gente podia ir embora?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Ubaldinho, pare de chamar o nosso, digo, de chamar o portuga de nosso, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Onde é que a gente ia, pessoal?

LUÍZ CARLOS ISMAIL – Roberto, a gente ia fazer um intervalo mas você achou que não tinha jeito.

ROBERTO CARLOS – Luizinho, não estava me referindo ao intervalo mas sim à nossa conversa, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

CASSOL JÚNIOR – Roberto, a gente estava falando da manifestação que o nosso, digo, que o Armindo convocou lá na Terrinha.

ROBERTO CARLOS – Onde já se viu convocar manifestação reivindicando minha presença?

DEDÉ MARQUES – Roberto, com as manifestações que estão havendo por tudo quanto é sítio, só ficam mesmo faltando essa.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

TUTUCA BORBA – Um dia o pessoal da banda também vai ter que fazer uma manifestação.

ROBERTO CARLOS – Vocês se manifestando para quê, mora?!

TUTUCA BORBA – Pra irmos na Terrinha, né?!

ROBERTO CARLOS – Tutuca, você pode ir na Terrinha quando quiser. É só pegar avião.

DEDÉ MARQUEZ – Roberto, o Tutuca atravessando o Atlântico a nadar chega mais depressa!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Cassol, onde cê se meteu, bicho?

CASSOL JÚNIOR – Tô aqui, Roberto!

ROBERTO CARLOS – Fazendo o quê?

CASSOL JÚNIOR – Esperando por você.

ROBERTO CARLOS – Tem piada que eu também estava esperando por você, mora! Você não estava contando pra gente sobre a manifestação?

CASSOL JÚNIOR – Estava, sim!

ROBERTO CARLOS – Então por que você interrompeu a conversa, mora?!

CASSOL JÚNIOR – Roberto, quem interrompeu a conversa foram as nossas meninas dizendo que o Armindo tinha razão pois faz tempo que a gente não vai na Terrinha.

ROBERTO CARLOS – Cassolzinho, meu irmão, se deixe de fazer queixinha de nossas meninas e continue o que estava falando, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

CASSOL JÚNIOR - E no dia 11 deste mês de março, o Armindo volta à carga no Facebook com novo post sobre a manifestação, dizendo o seguinte:

‘Em Portugal, fãs do Rei, cansados de esperar por ele desde 2006 (já lá vão 80 anos), decidem organizar uma manifestação junto à embaixada de Terras de Vera Cruz, exigindo o regresso do Conquistador’.


CASSOL JÚNIOR - Na foto pode ver-se um enorme cartaz de protesto, mandado colocar num edifício pelos fãs.

ROBERTO CARLOS – Cassol, mostre a foto pra gente, mora!

CASSOL JÚNIOR – A foto tá aqui pra todo mundo ver, mas eu ainda não tinha terminado o texto do post, Roberto.

ROBERTO CARLOS – Cassolzinho, desculpe ter interrompido, tá?!

CASSOL JÚNIOR – O texto termina com este parágrafo:

'A coisa está ficando preta, melhor dizendo, marrom!!!'

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

CASSOL JÚNIOR – E tem mais, Roberto! Cê sabe pra que data tá marcada a manifestação dos portugas?

ROBERTO CARLOS – Cassolzinho, como quer que eu saiba a data se você ainda não disse, mora! Se deixe de criar suspense pra gente, pôxa!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

CASSOL JÚNIOR – A data da manifestação dos fãs portugas está marcada para dia 19 de abril deste ano.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Tá todo mundo rindo, do quê?

CASSOL JÚNIOR – Roberto, a inauguração do CRR – Centro de Recuperação de Robertodependentes, em Cachoeiro de Itapemirim e a manifestação lá na Terrinha, estão marcadas pro dia se deu aniversário!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Não é possível!!!


NO RIO, FÃ PORTUGA PÁRA TRÂNSITO PARA TIRAR FOTO COM O REI

CLÉCIO FORTUNA – Roberto, pra quem pára trânsito no Rio de Janeiro só pra ver você, tudo é possível!

ROBERTO CARLOS – Clécio, onde você foi buscar essa, bicho?

CLÉCIO FORTUNA – Eu não fui buscar a lado algum, simplesmente me disseram.

ROBERTO CARLOS – Mas disseram pra você o quê, mora!

CLÉCIO FORTUNA – Que o portuga tinha parado o trânsito no Rio pra ver você.

ROBERTO CARLOS – Clécio, você ainda se acredita na história do Capuchinho Vermelho, é?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI – Roberto, Clécio tem razão. Essa eu também vi lá no Facebook e podemos agora mesmo através de meu celular ver o post, que diz seguinte:

‘No Rio, para tirar foto com o Rei Roberto Carlos,
fã portuga provoca caos no trânsito com fila de 5 km!!!’

JOÃO LENHARI - E tem até uma foto com o Armindo à frente de seu carro, não deixando você prosseguir na estrada, provocando fila de trânsito. Você não se lembra, Roberto? Olhe a foto!


LUÍZ CARLOS ISMAIL – Não é pra admirar se tratando de fã um do outro, é no que dá!

ROBERTO CARLOS – Luisinho, não tô entendo o que você quer dizer com isso, mora!

LUÍZ CARLOS ISMAIL – Roberto, não disfarce! Todo mundo sabe que o Armindo é seu fã e você é fã dele.

JOÃO LENHARI – E a foto não nega!

ROBERTO CARLOS – Que foto você tá falando, Joãozinho?


ROBERTO CARLOS EM PORTUGAL, PASSEANDO DE BARCO E CANTANDO COM FÃ

JOÃO LENHARI – A que foi postada no Facebook, com você e o Armindo viajando de barco no rio Douro, lá em Portugal, os dois cantando “Arrasta uma cadeira” com você acompanhando com violão. Olhe aí a foto! Vai negar que é você, é?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh


FÃ PORTUGA RIVALIZA COM RC PROMOVENDO PRODUTO DA NESTLÉ

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
Joãozinho, mostre também pro Roberto aquela foto com o Armindo bancando uma de Roberto fazendo propaganda a sorvetes da Nestlé lá em Portugal.

ROBERTO CARLOS – Joãozinho, mostre a foto mas não precisa de mostrar duas, tá?

JOÃO LENHARI – A foto é só uma e como eu ia mostrar duas?

ROBERTO CARLOS – Como o pedido das meninas foi feito em coro, aí você na onda podia mostrar a mesma foto em duplicado, né?!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI – Olhe a foto, que diz o seguinte:

‘No Brasil, a marca tem o Rei para as promoções.
Em Portugal tem-me a mim…’


ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Esse cara se mete em tudo, mora! Como a Nestlé foi contratar ele?

JOÃO LENHARI – Roberto, falta você ouvir o resto, pra saber para que missão a Nestlé em Portugal contratou o Armindo.

ROBERTO CARLOS – Diga logo, Joãozinho!

JOÃO LENHARI – Para vender sorvetes!!!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Isto tá sendo demais, gente! Como se já não bastasse andarem falando de mim por causa da Fibrol e tudo mais, ainda tenho que aguentar com as invenções desse portuga, mora!

ARMINDO – Ó Roberto, deixa-te de coisas, pá! Essa da Fribol já passou à história e tu sabes muito bem que o que os meios de comunicação social o querem é ter que escrever ou dizer acerca do Rei e por isso não é de admirar que se agarrem a tudo porque sabem que tu vendes o que eles querem publicar. Tu não precisas de quem te defenda mas são mais que um milhão de amigos aqueles que o fazem. Deixa-me ler aqui a arremetida de um acusador e a pronta resposta de um teu amigo, que por acaso é o Mestre Maestro.


MAESTRO BANCA ESCUDEIRO DO REI

Blog do maestro Eduardo Lages

'Anónimo
Aê maestro kd sua opinião sobre isso aí abaixo. Sai do armário!!!
23 de fevereiro de 2014 23:29'

'Eduardo Lages, disse:
Quero dizer ao anônimo(a) do dia 23 de fevereiro às 23:29 que como pessoa, estou fora do "armário" desde 11 de março de 1947 e como profissional, desde 1978, quando assumi, depois de dar tantas voltas pelo mundo artístico, trabalhar com o artista que com o tempo, vim a reconhecer que estava com o maior artista popular desse país. Claro que antes, circulei por todos os ambientes musicais desse país e de fora dele, tais como, cabarés, igrejas, puteiros, teatros, festivais etc… com o tempo encontrei o meu caminho e a verdadeira saída de "armário" musical em que me encontrava. Certo ou errado, estou feliz onde estou, como Maestro do Rei. Minha opinião é que desde que o Roberto continue fazendo as coisas que faz como músicas lindas, ajuda às pessoas, carinho e correção que tem para comigo e para com todos os profissionais que o cercam, ele pode e deve fazer o que quiser comercialmente, sejam construções, carros esportivos, barcos maravilhosos, Nestlés, Brahmas,e Fribois (só acho que o nome Friboi é muito feio mas ele não tem culpa disso).
Ele merece todo esse prestígio que tem pra vincular de forma extremamente cara o seu nome a grandes empresas dando com isso cada vez mais emprego a centenas de pessoas das quais faço parte. Quero o Roberto como "dono do mundo" em comerciais, ele fez por merecer, contanto que continue a fazer as músicas maravilhosas que faz, e ser o grande ser humano que tem sido.
Agora, anônimo(a), pare de se esconder no anonimato e saia você do "Armário" em lugar de tentar me causar constrangimentos desse tipo.
24 de fevereiro de 2014 15:03'

ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Armindo cê é fogo! Um cara tá contra você e logo, logo, tá caindo em sua chama, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – Ó Roberto, não fui eu que respondi ao Anónimo, mas sim o Edu, pá!

ROBERTO CARLOS – Eu sei, bicho! Mas foi você que leu pra mim o que eu não sabia e agora… Edu, meu compadre! Onde cê tá, bicho?!

EDUARDO LAGES – Tô aqui, Roberto!

ROBERTO CARLOS – Olhe aí um abraço, daqueles sem palavras porque você já disse todas, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh


A MAIORIA USA A COISA PARA O LADO ESQUERDO MAS CADA UM DEVE USAR DO LADO ONDE LHE DER MAIS JEITO

ARMINDO – Ó Roberto, falarem de ti é coisa que tu já estás habituado, pá! Os gajos estão sempre a ver o que é que podem noticiar sobre ti e por isso nem te deves admirar se um dia vierem dizer que descobriram que tu usas a coisa para o lado direito, em vez de usares para o lado esquerdo como a maioria dos homens usam.

ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Como você sabe que eu uso minha coisa pro lado direito?! Só estava faltando mais essa, mora!!!

ARMINDO – Ó Roberto, não é difícil, pá! Basta só olhar para ti ao vivo ou até nas fotos e toda a malta pode ver que usas a coisa para o lado direito, carago!

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
E pensar que a gente nunca topou pra que lado nosso Roberto tá usando a coisa!!!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Impressionante que o pessoal da comunicação social até isso procura saber onde eu uso, mora!

ARMINDO – Ó Roberto, que eu saiba ainda nenhum jornal ou TV falou sobre o assunto. Eu só dei um exemplo do que eles podem falar. Como quase todo mundo usa o relógio no pulso da mão esquerda e tu usas na direita, é normal que até nisso se lembrem de falar.

ROBERTO CARLOS – Armindo a minha coisa que cê estava falando era de meu relógio, é?

ARMINDO – Claro! O que havia de ser? Porquê? Há mais alguma coisa que uses do lado direito que normalmente se usa no lado esquerdo, é? Agora me recordo que há pouco exclamaste: ‘Puxa, vida! Como você sabe que eu uso minha coisa pro lado direito?!’ Estavas a pensar noutra coisa?

ROBERTO CARLOS – Não, não! Só estava perguntando, bicho! Cê se sai com cada uma que até me deixa confuso, mora!!!

ARMINDO – Mas se a coisa é outra, existe uma explicação para tudo. Descobri esta que tem por título ‘Qual a melhor posição para colocar o pênis na cueca? Para cima, pra esquerda, direita ou pra baixo? A posição pode levar o pênis a ficar torto?’ da autoria do Dr. Ricardo de La Roca, que diz o seguinte:

‘Não existem regras quanto ao posicionamento do pênis dentro da cueca, sendo mais frequente a colocação para o lado esquerdo, pois a maior parte dos pênis exibem leve curvatura nesta direção.
A tentativa de redirecionar para outro lado não surte efeito, já que a natureza impôs esta situação, e o mais importante é orientar que esta leve curvatura não atrapalha, e nem progride com o tempo. Por outro lado, não existe cueca que seja tão anatômicamente projetada que consiga reter o pênis em uma determinada direção, sendo que com os movimentos naturais ao longo do dia o órgão pode mudar de posição por si só, e não infrequentemente, assistimos aos homens colocando a mão por dentro da cueca e reposicionando para uma posição mais confortável o pênis.’

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI – Roberto, tem mais uma que é uma bronca de todo tamanho!

ROBERTO CARLOS – Joãozinho, se falou em coisa e você lembrou logo de tamanho, é?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

JOÃO LENHARI – Se trata de mais uma bronca do nosso, digo, do Armindo.

ROBERTO CARLOS – Joãozinho, se a gente fosse contar as broncas do cara tínhamos que estar aqui sei lá quantos dias, mora! Mas conte pra gente essa bronca, tá?


ADMINISTRADORES DO GRUPO
ROBERTO CARLOS – O ORGULHO DE SER BRASILEIRO
SÃO PORTUGAS

JOÃO LENHARI – No Facebook existe o grupo ‘Roberto Carlos – O orgulho de ser Brasileiro’.1 Agora imagine quem está administrando esse grupo.

ROBERTO CARLOS – Joãozinho, essa até é uma bronca sem grande importância. Convidaram o gajo, digo, o cara, para a administração do grupo, né?!

JOÃO LENHARI – Aí é que você se engana, Roberto! O grupo só tem dois administradores e ambos são portugas, lá da Terrinha. A Sandra Guerreiro e o Armindo. Olhe aqui a foto de capa do grupo.


ROBERTO CARLOS – Impressionante!!! Estamos regressando ao passado com os portugas se metendo onde ninguém os chamou, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – Ó Roberto, não te esqueças que tu és luso-brasileiro, pá! Tanto o teu avô paterno como o teu bisavô materno eram portugueses. Por isso…

ROBERTO CARLOS – Ora, pois!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – Ó Roberto, se te pões com coisinhas, mudo o nome do grupo para ‘Roberto Carlos – O orgulho de ser Luso-brasileiro’.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Gente, tá ficando tarde pra burro e ainda não resolvemos nada deste importante assunto de arrumar de vez com esta praga dos bate-papos e do portuga, mora! Genival, me faça um favor, bicho! Me ligue pra um dos meus advogados pra eu falar com ele, tá legal?

CARMINHA – Roberto, tenha paciência mas desta vez não vai acontecer como naquele bate-papo sobre ‘A verdade da mentira’, tá legal?

ROBERTO CARLOS – Pô, Carminha! E o que aconteceu nesse bate-papo, mora?!

CARMINHA – Aurino esteve várias vezes para intervir sendo sempre interrompido por isto e por aquilo e na volta foi o último a falar e o único que resolveu problema. E por isso cê até começou a chamar ele de “Científico”. Se lembra?

ROBERTO CARLOS – Carminha, como eu não ia me lembrar desse tremendo bate-papo? Aurino, o que cê está esperando pra falar, cara?!

AURINO OLIVEIRA – Roberto, é sempre a mesma coisa, pôxa! Quando eu vou pra falar há sempre algo que acontece pra interromper o que eu vou dizer.

ROBERTO CARLOS – Aurino, cê agora falou e ninguém interrompeu. Continue, tá? Já arranjou solução científica pra arrumar com nosso, digo, com o portuga?

AURINO OLIVEIRA – Roberto, a solução que eu tenho…

GENIVAL BARROS – Roberto, como o Dr. Marco Campos está numa audiência e não pode atender, telefonei pro Dr. António Castro que tá em linha.

ROBERTO CARLOS – Me passe o celular, tá?


A SECRETÁRIA DO REI BATE O PÉ E FINALMENTE AURINO PODE FALAR

CARMINHA – Genival, passe o celular pra mim, viu?!

ROBERTO CARLOS – Carminha, o que cê vai falar com o Kakay?

CARMINHA – Alô, Kakay! Sou eu a Carminha! Boa tarde! Sim é o Roberto que quer falar com você mas acontece que neste momento ele está no banheiro e logo mais telefona pra você, tá legal? Brigado, viu?!

ROBERTO CARLOS – Carminha, o que deu em você pra dizer ao Kakay que eu estava no banheiro, mora!

CARMINHA – Roberto, cê me desculpe, mas eu disse pra você que desta vez não vai acontecer com Aurino o que aconteceu da outra vez, tá legal?!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Isto contado ninguém ia acreditar, mora!!!

ARMINDO – eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Rapaz, se deixe de gozação! O que vale é que suas horas com a malta, digo, com a gente, estão contadas pois nosso Cientifico, digo, nosso Aurino, vai resolver como só ele é que sabe, mora! Aurino, faça favor de continuar, tá?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

AURINO OLIVEIRA – E como eu estava dizendo…

(segundos depois)

ROBERTO CARLOS – Aurino, de repente você deixou de falar, porquê?

AURINO OLIVEIRA – Fiz apenas um compasso de espera pra ver se alguma coisa ia interromper meu discurso.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Aurino, por amor de Deus, cara! Seja breve e não venha com discurso senão nunca mais saímos daqui, pôxa!

AURINO OLIVEIRA – Roberto, meu discurso vai ser curto e a solução bem simples. O jeito é você continuar com estes bate-papos com o Armindo. É esta a solução e não pode haver outra melhor.

ROBERTO CARLOS – Como não pode haver outra melhor?

AURINO OLIVEIRA – Roberto, lembro você que este é o terceiro telefonema que você faz para o Armindo e ele agora vai começar a contar como começou contando os outros até ao 47.º que foram fictícios. Como estes três telefonemas que você fez pra ele hoje são verdadeiros, lógico que ele não vai dar continuidade à contagem dos bate-papos anteriores, mas sim começando a contar 1.º Bate-papo entre Roberto Carlos e eu, 2.º Bate-papo entre Roberto Carlos e eu e 3.º Bate-papo entre Roberto Carlos e eu, que é este que está decorrendo. E aí vai ser pior a emenda que o soneto pois o Armindo dizendo que os bate-papos são verdadeiros os fãs vão querer tratamento igual pois não vão tolerar que você telefone para um fã portuga que nem sequer está vivendo aqui no Brasil, mas do outro lado do Atlântico e pra eles não. Concluindo, melhor o Armindo juntar estes três bate-papos de hoje aos 47 anteriores e fica o assunto arrumado, uma vez que ele no final vai continuar a colocar aquela frase dizendo que tudo é ficção.

TODO MUNDO BATENDO PALMAS
Cláp! Cláp! Cláp!

ROBERTO CARLOS – Pessoal, não batam palmas antes do tempo! Isto não pode ficar assim, mora! Genival, me ligue agora pro meu advogado, tá legal?

PAULINHO FERREIRA – Há uma coisa que eu não tô entendendo, gente! Nosso Roberto diz que só os três bate-papos de hoje, dos quais nós todos estamos entrando agora neste terceiro, são verdadeiros e que os outros 47 foram fictícios. Mas comoos bate-papos foram fictícios se em muitos deles nós todos entramos e até falamos com o Armindo? Estou até me lembrando daquele bate-papo em que ficamos metidos no banheiro sem poder sair, daquele a bordo do navio Costa Concórdia, com falso alarme de bomba, de incêndio e de naufrágio, daquele que…

ROBERTO CARLOS – Paulinho, não precisa continuar, bicho! Nem eu nem você nem ninguém entrou nesses bate-papos, mora! Tudo o que você se recorda desses bate-papos, você os leu e não os viveu, entendeu?

JORGE BERTO – Roberto, lembro a você que foi num desses bate-papos que você começou chamando ‘Científico’ ao nosso Científico, digo, ao nosso Aurino!

ROBERTO CARLOS – Fui eu?

GENIVAL BARROS – Foi você, Roberto! Me lembro como se fosse hoje.

ROBERTO CARLOS – Me meto em cada situação, mora!!!

CARMINHA – Oi, Roberto! Melhor você telefonar agora pro advogado, pois como eu disse pra ele que você estava no banheiro e como já se passaram mais de 30 minutos ele pode até pensar que você ficou doente.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Carminha, melhor você ligar do seu celular, tá? O meu está ocupado com o Armindo e eu não quero desligar e voltar a ligar pra ele, pois isso era o que ele queria pra ter em sua conta mais um bate-papo. Carminha, melhor você ligar do seu celular, tá?

ARMINDO – Ó Roberto, és um gajo do carago, pá!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh


ROBERTO CARLOS CONSULTA ADVOGADO

ROBERTO CARLOS – Alô, Kakay! Tudo bem, com você?

DR. ANTÓNIO CASTRO – Oi, Roberto, tá havendo problemas?

ROBERTO CARLOS – Kakay, só está havendo um problema que vale por cem, mora! E eu me lembrei de você pra achar uma solução. Se trata de um portuga lá da Terrinha, que se mete em tudo que é meu assunto, inventando coisas a meu respeito.

DR. ANTÓNIO CASTRO – E o que é que ele anda inventando?

ROBERTO CARLOS – Imagine que o gajo, digo, que o cara, anda há mais de 9 anos escrevendo e publicando em tudo quanto é sítio bate-papos onde além dele entro eu e toda minha equipe. Pode?!

DR. ANTÓNIO CASTRO – E o que ele diz nesses bate-papos?

ROBERTO CARLOS – Kakay, se eu fosse a dizer pra você o que o gajo, digo, o cara diz nos bate-papos desde 2005, cê até caía pro chão, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – Ó Roberto, não te esqueças que não sou só eu que digo coisas no bate-papo. Tu e o pessoal também dizem cada uma do carago!

ROBERTO CARLOS – Bicho, cê não tá vendo que eu tô falando com meu advogado, carago, digo, caramba?!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, quem é que estava falando agora mesmo?

ROBERTO CARLOS – É o tal portuga que eu lhe falei. Uma praga, viu?! O gajo, digo, o cara se mete em tudo, mora! Ele é Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins, é diplomado em Astro-Robertologia, lendo o signo astral dos fãs, é locutor da Rádio Face, colocando disquinho pro pessoal que tem de dizer a frase “até te dava um beijinho na testa”, é versado em Farmacologia, criando o Robertocalmex , é o fundador do CRR – Centro de Recuperação de Robertodependentes, e eu sei lá que mais, mora! Ele é tudo, viu?!

DR. ANTÓNIO CASTRO – O que é isso do Robertocalmex e do CRR?

ROBERTO CARLOS – Se trata de um calmante sem contra-indicação, destinado a quem sofre de Robertodependite Aguda ou Crónica. Fãs cujos sintomas de Robertodependite sejam mais graves, podem pedir intermamento no Centro de Recuperação de Robertodependentes que já abriu em Coimbra, lá em Portugal.

DR. ANTÓNIO CASTRO – Puxa, vida! O cara se mete mesmo em tudo!

ROBERTO CARLOS – E se mete em minha vida! Agora anda dizendo por tudo quanto é sítio que é por causa dele que meu TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo, está diminuindo a olhos vistos.

DR. ANTÓNIO CASTRO – Por causa dele? Mas o que é que ele fez por isso?

ROBERTO CARLOS – Lógico que não fez nada, Kakay! Ele diz que é por causa de nossos bate-papos que eu estou curando dia pra dia e que por causa disso eu até devia telefonar pra ele mais vezes, mora!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Tem razão!

ROBERTO CARLOS – Kakay cê tá dizendo que o portuga tem razão?

DR. ANTÓNIO CASTRO – Não, Roberto|! Me estava referindo a você.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Cê sabe uma coisa, Kakay? Com isto tudo, eu começo pensando que meu TOC está passando, mas em contrapartida estou ficando não sei como.

DEDÉ MARQUEZ – Armindodependente.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DEDÉ MARQUEZ – Roberto, tá na hora de você pedir ao portuga pra inventar o Armindocalmex e o CRA – Centro de Recuperação de Armindodependentes. Eheheheheh

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Kakay, Dedé está brincando com coisa séria, viu?! Me disseram que o portuga está até roubando os meus fãs pois neste momento já tem mais de mil e setecentos fãs curtindo uma página que uma minha fã criou no Facebook com a designação ‘Esse Gajo é o Cara’2. Agora adivinhe quem é o gajo, digo, quem é o cara que até o título de minha canção ‘Esse cara sou eu’ me foi roubar, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Kakay, imagine que o cara tentou me convencer em um dos bate-papos para eu voltar a cantar ‘Quero que vá tudo pro inferno’ e como eu não estava para aí virado, foi até falar com o São Pedro, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Com o São Pedro?! Como, assim?

ROBERTO CARLOS – Primeiro o cara telefonou pro Inferno mas como de lá o telefone estava sempre ocupado, telefonou pro Céu, conseguindo persuadir o São Pedro a me convencer a mim pra que eu voltasse a cantar aquela canção.3

DR. ANTÓNIO CASTRO – E quando foi esse telefona pro São Pedro?

ROBERTO CARLOS – Não sei, mas me disseram que foi em 2010. O cara é louco, Kakay! Até com o São Pedro, ele fala, mora!

DR. ANTÓNIO CASTRO – E pelos vistos deu resultado, né?!

ROBERTO CARLOS – Como deu resultado, se eu nunca mais voltei a cantar essa canção, mora?!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Não cantou mas o São Pedro cumpriu com a palavra pro Armindo pois convenceu você a um dia voltar a cantar essa música. Pelo menos foi o que você disse a um jornalista na sua coletiva de imprensa do Cruzeiro Emoções em Alto Mar 2014.

ROBERTO CARLOS – Eu disse que iria cantar?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – Ó Roberto, não te esqueças que depois da minha conversa com o São Pedro, que foi em 18 de outubro de 2010, tivemos aquele que foi o nosso 41.º Bate-papo, em 22 de dezembro do mesmo ano em que ficou combinado que tu voltarias a cantar essa música, apenas com uma pequena alteração.4

LUÍS CARLOS ISMAIL – Foi isso mesmo, Roberto! Nesse bate-papo estávamos aqui todos tal como hoje tentando achar solução para que o Roberto cantasse essa música sem pronunciar a palavra ‘inferno’ e depois de várias hipóteses que foram dadas, fui eu que achei a melhor solução que consiste no seguinte: o Roberto começa cantando a letra normalmente e quando chegar aquela parte “E que tudo mais vá pro inferno” ele só canta “E que tudo mais…” e aí, eu, Ana Lúcia e Jurema fazemos coro completando “vá pro inferno”.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Ismailzinho, me recordo desse bate-papo. Foi num ensaio pro Especial de Natal e estavam também o Bruno e Azulone.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Impressionante!!!

ROBERTO CARLOS - É mesmo, Kakay! É pra você ver no que a gente se mete dando confiança pro portuga, mora!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Tô topando.

DEDÉ MARQUEZ – Roberto, se esqueceu de dizer pro doutor que o Armindo também é o Conde Montanelas.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Imagine, Kakay que o gajo, digo, o cara, até monta nelas, mora!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Eu ouvi bem, Roberto? Ele monta nelas?

ROBERTO CARLOS – Ouviu bem, Kakay. Ele criou no Facebook um grupo se chamando ‘Fãs de Roberto Carlos – Portugal’5 que já tem mais de doze mil membros e monta pras meninas e pros meninos fotos com as fotos deles comigo. Tem jeito?!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Caramba, não sabia dessas coisas, não!

ROBERTO CARLOS – E eu também sou sempre o último a saber, mora! Imagine que o portuga andou divulgando a abertura de um CRR em Cachoeiro de Itapemirim, justamente no dia do meu aniversário, dizendo a todo mundo que eu iria estar presente com ele na inauguração. Pode?!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Se eu posso? Agora não posso dizer pra você se posso. Tenho que consultar minha agenda e depois lhe digo, tá? Mas desde já agradeço sua gentileza, Roberto!

ROBERTO CARLOS – Não é isso, Kakay! Minha nossa!!! Eu não estava convidando você, mora! Eu estava só me manifestando pelo fato do portuga ter o atrevimento de noticiar pro pessoal minha presença na inauguração, pôxa!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, se não fosse ele a anunciar pros fãs sua presença na inauguração, seria outro, né? Você sabe como são os meios de comunicação social, né?! Além disso, o fato de você estar presente na inauguração em dia de seu aniversário que todo mundo sabe que sempre reservou pra sua família, é gesto nobre que seria contraproducente não ser amplamente anunciado.

ROBERTO CARLOS – Minha Nossa Senhora!!!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, o que você disse, que eu não ouvi com todo mundo se rindo?

ROBERTO CARLOS – Nada de especial, Kakay!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Então, afinal os bate-papos são verdadeiros ou fictícios?

ROBERTO CARLOS – Kakay, este e mais dois que fiz hoje é que são verdadeiros, mas os anteriores, que são 47 é tudo invenção do cara.

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, pra quem quer arrumar com o cara telefonar pra ele 3 vezes num só dia, não acha um contra-senso? Além do mais, dá pra ver que você telefonando hoje 3 vezes pro portuga foi o suficiente pra agora estar sempre me falando com termos portugas ao invés de brasucas como seria natural, né?!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Kakay, o Edu só teve 11 bate-papos com o portuga e por causa disso passa sua vinda dizendo porreiro e fixe ao invés de legal ou bacana, dizendo carago ao invés de caramba e outros termos portugas que agora nem me lembro, carago! Quero dizer, caramba! Se você telefonasse pro cara como eu 50 vezes, eu queria ver como você falava, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Quem é que está se rindo, Roberto? Tanta gente se rindo!

ROBERTO CARLOS – Kakay, é minha equipe da banda.

DR. ANTÓNIO CASTRO – Estão se preparando pro ensaio, imagino!

ROBERTO CARLOS – Hoje não há ensaio, Kakay. Eles estão aqui participando comigo no bate-papo que estamos tendo com o portuga.

DR. ANTÓNIO CASTRO – Puxa, vida! Já não estou entendendo nada. Você não só telefona para o tal portuga 3 vezes num só dia como ainda convoca sua equipe para participar do bate-papo e agora está telefonando pra mim pra arrumar uma solução para terminar com os bate-papos? Não dá pra entender, pôxa!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Kakay eu não convoquei ninguém! Eles é que lhes cheirando ao portuga todos aparecem em peso, mora! É sempre assim!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Kakay, imagine que já estamos aqui batendo papo há mais de 4 horas para nada, mora!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Pra nada não! Pelo menos pra rir dá pra ver que estão todos. Eheheheheh E eu também estou entrando na jogada, carago, digo, caramba!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Kakay, o caso não é pra rir, mora! Como já disse pra você, desde 2005 até agora, o portuga andou escrevendo bate-papos imaginários comigo, com minha equipe e com quem ele se lembra das minhas relações profissionais e pessoais. O gajo, digo, o cara, é louco e então o Edu me deu a ideia de eu telefonar pra ele de verdade, pois aconteceu isso com o Edu e resultou.

DR. ANTÓNIO CASTRO – O cara também andou escrevendo bate-papos fictícios com o Eduardo Lages?

ROBERTO CASTRO – É verdade, Kakay! Como já disse pra você, o Edu andou telefonando pro cara e ao fim de 11 bate-papos foi na Terrinha e se encontrou com o portuga indo os dois almoçar um bacalhau com batatas a murro e um vinho pra regar. E fora o resto que o Edu não contou tudo, né?! Imagine!!! Tem até foto deles numa boa, mora!


DR. ANTÓNIO CASTRO – Então o Edu telefonando pra ele de verdade se viu livre do portuga e você telefonou hoje pra ele, já vai em 3 telefonemas e não resolve porquê?

ROBERTO CARLOS – Ele é perigoso, Kakay! A gente não pode se descuidar que ele logo aproveita pra nos dar a volta, mora! Acontece que no primeiro telefonema quem falou primeiro com ele foi o Edu e então o portuga, se valendo disso me disse que não podíamos considerar que fui eu que telefonei pra ele, mas sim o Edu. Então, como sou mais esperto que ele, desliguei imediatamente o celular e telefonei novamente pro cara e desta vez quem falou primeiro com ele fui eu e não o Edu.

DR. ANTÓNIO CASTRO – Então o problema ficou resolvido, penso.

ROBERTO CARLOS – Kakay com o portuga não há nada que se resolva, mora! Eu caí na asneira de dizer pra ele que quando telefonei a primeira vez foi com o meu celular e não com o celular do Edu e então ele me respondeu que tínhamos que considerar meu segundo telefonema não o primeiro como eu queria, mas sim o segundo, pois se o primeiro foi feito com meu celular tinha que se considerar que o telefonema era meu apesar de ter sido o Edu o primeiro a falar com ele. Enfim… Kakay é pra você ver do que o portuga é capaz, mora!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, e mesmo assim você, não achando suficiente ainda foi telefonar pro cara a terceira vez que é esta que está correndo, certo?

ROBERTO CARLOS – Me vi obrigado a telefonar terceira vez, que é esta que está correndo para chamar meu Científico, digo, o Aurino Oliveira, pra achar solução, só que a solução que ele deu foi continuar tudo na mesma e então eu resolvi telefonar pra você achar solução jurídica.

DR. ANTÓNIO CASTRO – Não sabia que o Roberto agora tinha em sua equipe um científico! Científico para quê? Para fazer músicas de laboratório, é?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Nada disso, Kakay! O Aurino Oliveira é o sax barítono de nossa banda, mas num dos bate-papos que tivemos com o portuga em que o Aurino resolveu problema sobre a verdade da mentira, passou a acumular as funções de Científico pra resolver problema.

DR. ANTÓNIO CASTRO – E então por que o Científico, digo, por que o Aurino não resolve este problema?

ROBERTO CARLOS – Ele já deu solução mas como não me agradou eu achei melhor ouvir a opinião do Kakay, né?!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Como se chama o portuga?

ROBERTO CARLOS – Ele se chama Armindo, mas em nossos bate-papos a gente costuma chamar ele de portuga.

DEDÉ MARQUEZ – O portuga que toma leite no supermercado só porque no pacote está escrito ABRIR AQUI.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ARMINDO – Dedé, essa foi porreira, pá! Olha esta:
Conversa entre um brasileiro e uma brasileira numa discoteca:
Ele: quer dançar comigo?
Ela: não... eu vou mijá...
Ele: e depois di mijá você quer dançar?
Ela: não, eu vou mija embora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Dedé, cê sabe que com esse gajo, digo, com esse cara a malta, digo, a gente, leva logo resposta, mora! Melhor você parar de contar anedota e deixar falar o Kakay, tá legal?

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, você disse que o cara começou com os bate-papos em 2005 e só ao fim de 9 anos você me contata pra resolver o assunto?

ROBERTO CARLOS – É pra você ver o tempão que eu tenho aguentado essa praga, mora!

ARMINDO – Ó Roberto, dormientibus non sucurrit jus.

ROBERTO CARLOS – Kakay, cê ouviu o que o portuga, disse? O cara agora até fica falando latim, mora!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, se trata de um termo jurídico, que significa: ‘o direito não socorre os que dormem’. E, na verdade, temos que considerar que quem andou 9 anos participando desses bate-papos, não faz sentido vir agora a terreiro reclamar.

ARMINDO – Daí o conhecido mote “quem cala, consente”, que segundo Renzo Tosi, teria origem numa peça de Eurípedes chamada Ifigênia em Áulis. A tragédia ocupa 1629 versos na qual Agamemnón convoca um velho servidor, relembra os antecedentes da Guerra de Tróia e revela que Ártemis impede os ventos de soprarem para que o exército grego não embarque. Um oráculo havia ordenado que sacrificasse sua filha mais velha, Ifigênia, para aplacar a deusa, e assim ele avisara Clitemnestra, sua esposa, para enviar a filha até Áulis sob o falso pretexto de casá-la com o herói Aquiles. Arrependido, pede a um velho servidor que leve a Argos uma mensagem com ordens contrárias.

DR. ANTÓNIO CASTRO – É mesmo como você diz, caríssimo colega Armindo! A manifestação da vontade é peça fundamental da relação contratual, seja ela expressa ou tácita. Como a forma expressa não envolve polêmicas maiores, passemos a discorrer sobre o silêncio contratual. E é com base nesse enredo que, no verso 1142, Clitemnestra se dirige à Agamemnón nestes termos: “É exatamente teu silêncio que demonstra que concordas.” Ainda segundo Renzo Tosi foram difundidos por toda Europa variantes deste verso que correspondem ao brasileiro “Quem cala consente”.

ROBERTO CARLOS – Puxa, vida! Kakay, eu peço pra você achar solução pro meu assunto e em vez disso você está discorrendo sobre interpretação jurídica, tratando até o portuga por colega, pôxa!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, há pouco você disse que ele era tudo. Então, quem emprega como ele termos jurídicos, só pode ser também advogado e você sabe que faz parte do código de ética a gente tratar com urbanidade os nossos colegas de ofício.

ROBERTO CARLOS – Dedé, anote aí essa, viu?! Nosso, digo, o portuga também é advogado.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DEDÉ MARQUEZ – Roberto, por você falar em advogado, cê sabe a história daquele que morreu e em seu túmulo tinha gravado: «Aqui jaz um homem honrado e um grande advogado.»
 — As coisas devem estar más — disse um visitante pro coveiro — andam a pôr dois na mesma campa.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Armindo, essa foi pra nós! Eheheheheh

ARMINDO - eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, resumindo e concluindo, só lamento que você só agora me tenha falado sobre esse portuga.

ROBERTO CARLOS – Tem razão, Kakay! Mas eu falando hoje, pensei que mais valia tarde do que nunca, mas pelos vistos a coisa está difícil de resolver pra carago, digo, pra caramba!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Sim, Roberto, já é tarde pra resolver o que antes podia ser facilmente resolvido, mas não era isso que eu queria dizer. Eu queria dizer que você podia ter me avisado mais cedo desses seus bate-papos com o Armindo, me convidando pra participar. Faz tempo que eu não ria tanto

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Mesmo assim, eu proponho ao meu distinto colega que haja conciliação nos seguintes termos: Todo bate-papo publicado pelo Armindo terá que referir no final que tudo não passa de ficção.

ROBERTO CARLOS – Kakay, mas isso ele sempre coloca em todo bate-papo, mora!

DR. ANTÓNIO CASTRO – Então, lamento muito dizer que estamos perante um problema que não existe.

ROBERTO CARLOS – Kakay, o portuga logo a seguir à frase em que diz tudo ser ficção, coloca uma frase do Jasmim Best, dizendo que ‘A ficção revela verdades que a realidade omite’. Tem jeito?!

ARMINDO – Ó Roberto, não é Jasmim Best, mas sim Jassemine West, carago!

ROBERTO CARLOS – Olhe aí, seu portuga! Cê sabe há muito tempo que em todos bate-papos que temos, para mim o cara é e será sempre Jasmim Best, morou?

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, você acaba de acordar com a continuidade dos bate-papos.

ROBERTO CARLOS – Como, assim, Kakay?

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, você disse agora mesmo pro meu colega que ele sabia há muito tempo que você nos bate-papos que costuma ter com ele, sempre chama de Jasmim Best a Jassemine West, o que foi o mesmo que confirmar os bate-papos anteriores e que estes três de hoje não são mais do que a continuação dessa saga robertocarlistica que deve continuar. Proponho ao nosso querido Roberto Carlos que brindemos a este momento tão importante. Ergamos nossas taças e brindemos à amizade e ao amor robertocarleano!

ROBERTO CARLOS – Minha Nossa Senhora!!! Isto não pode estar a acontecer, mora! Kakay, como a gente vai brindar erguendo as taças, se não temos aqui taça alguma?

DR. ANTÓNIO CASTRO – Não temos taças nem champanhe, mas podemos fazer de conta que temos. Essa será a única ficção deste bate-papo.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Kakay, eu aceito o acordo na condição do portuga desmarcar a manifestação que marcou para o dia 19 de abril lá na Terrinha, tá legal?

ARMINDO – Eu desmarco a manifestação se o NMQT prometer que vai dar shows na Terrinha em 2015.

ROBERTO CARLOS – Tudo bem, seu portuga arretado! Tá vendo, Kakay? O portuga não dá ponto sem nó, mora! A gente lhe dando uma mão, o gajo, digo, o cara quer logo o braço!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

DR. ANTÓNIO CASTRO – Pelos vistos ele não se contenta nem com o braço pois quer o NMQT em corpo inteiro lá em Portugal. A propósito, o que é isso de NMQT?

ROBERTO CARLOS – Kakay, é mais uma das invenções do cara que passou pra meus fãs que agora em vez de me chamarem Roberto Carlos, me chamam Nosso Mais Que Tudo, ou NMQT para abreviar.

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS - Só fica faltando aqui o Jasmim Best para nos despirmos, digo, nos despedirmos em beleza, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – Pessoal e assim finalmente a gente termina este bate-papo que estava vendo não tinha fim, mora! Kakay grande abraço, pra você, viu?

DR. ANTÓNIO CASTRO – Roberto, também para você, pro Armindo e pra todo pessoal um grande abraço!

ROBERTO CARLOS – Oi, seu portuga! Um abração pra você, viu?! Meu e de todo pessoal, tá legal? Gudvai que eu gudfico! Eheheheheh

ARMINDO – Ufa! Este bate-papo foi demais, pá! Vou tomar já um Robertocalmex, carago!!! Grande abraço para ti e para toda a malta!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
Roberto, como este bate-papo é o 50.º, merece despedida especial, né?!

ROBERTO CARLOS – Meus amores, e o que vocês estão pensando, mora?!

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
Cantarmos todos juntos uma música de você.

ROBERTO CARLOS – Minha Nossa Senhora! Bem me estava parecendo que estava sendo um final simples demais, mora!

TODO MUNDO RINDO EM CORO
Eheheheheh

ROBERTO CARLOS – E que música vamos cantar, meus amores?

ANA LÚCIA e JUREMA DE CÂNDIA (em coro)
‘Arrasta uma cadeira’ que foi a música que o Roberto cantou quando passeou de barco com o Armindo lá na Terrinha.

ROBERTO CARLOS – Armindo, cê tá preparado, bicho?

ARMINDO – Estou, pá!

ROBERTO CARLOS – Vamos nessa, gente!!!

ROBERTO CARLOS:
Amigo arrasta uma cadeira
Chega mais pra perto e fale o que quiser
Fale o que tiver vontade
De amor, de saudade, fale de mulher
Na minha vida existe uma
Que é a coisa mais linda que eu já conheci
Não sei se ainda assim tão jovem
Você tem história pra contar pra mim

ARMINDO:
Aí é que você se engana
Quando a gente ama o coração se aquece
E por amor se faz de tudo
E se faz muito mais quando a mulher merece

ROBERTO CARLOS:
Amigo eu penso tanto nela
Mas ela também vive pensando em mim
O sol da minha vida é ela
Eu não pensei que alguém pudesse amar assim

ARMINDO:
Amigo eu também tenho história
Eu tenho alguém que um dia entrou no meu caminho
Suave como a flor do campo
Ela me deu amor, ela me deu carinho
Assim é a mulher que eu amo
Minha doce amada amiga e companheira
ROBERTO CARLOS:
Pois cuide dela muito bem
Porque um grande amor é para a vida inteira

TODOS:
Se a conversa é boa o tempo logo passa
Quando se ama a gente não disfarça
E sempre fala da mulher amada
A prosa tem mais graça
E nessa conversa vai passando a hora
Se alguém espera a gente não demora
E o coração no peito bate forte
E a gente vai embora

ROBERTO CARLOS:
Amigo arrasta uma cadeira
Chega mais pra perto e fale o que quiser
Fale o que tiver vontade
De amor, de saudade, fale de mulher
Eu só falei da minha amada
Que é tudo pra mim que é o sol da minha vida

ARMINDO:
E eu falei do meu amor
A flor que faz a minha estrada mais florida
Amigo a gente não se engana
Quando a gente ama o coração se aquece
E por amor se faz de tudo
E se faz muito mais quando a mulher merece

TODOS:
Se a conversa é boa o tempo logo passa
Quando se ama a gente não disfarça
E sempre fala da mulher amada
E a prosa tem mais graça
E nessa conversa vai passando a hora
Se alguém espera a gente não demora
E o coração no peito bate forte
E a gente vai embora

AVISO:
O texto que acabaram de ler é fictício.
Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência.

A ficção revela verdades que a realidade omite
Jassemin West

1 - Grupo ‘Roberto Carlos – O orgulho de ser Brasileiro

2 – Grupo Esse Gajo é o Cara

3 – De que vale o céu azul…

4 - 41.º Bate-papo entre Roberto Carlos e eu - Roberto Carlos vai voltar a cantar Quero que vá tudo pro Inferno

5 – Grupo Fãs de Roberto Carlos – Portugal


Roberto Carlos e Chitãozinho e Xororó - Arrasta uma cadeira
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

6 comentários:

  1. Querido Armindo!

    Que dizer de mais um texto mágico como este?
    É difícil encontrar palavras para expressar toda a beleza e grandeza desse Teu Bate-papo com o NMQT e a sua Equipe.
    Simplesmente maravilhoso!
    Um Bate-papo super divertido, com muitas trapalhadas, não deixando de lado a parte cultural, eheheheheh...
    Aplausos Armindo, com a tua inspiração, criatividade, sensibilidade e humor, crias essas maravilhas, fazendo com que a ficção se torna real.
    Parabéns, são raríssimas as pessoas assim como tu, que nascem com o dom da palavra inserido no espírito.
    És um Grande Escritor, és o Gênio das Letras, tens o dom da escrita, escreves de forma fácil, chamativa e com muito humor, nos envolvendo de tal maneira que me senti parte integrante dessa conversação e lamentei quando chegou ao final, pois ficou o gostinho de quero mais...
    As fotos de ilustração estão sensacionais, muito lindas!
    Tudo perfeito e fantástico!
    Continues a nos deliciar e nos maravilhar com mais textos e quem sabe com um livro, tens potencial de sobra para isso.
    Querido Armindo, esse teu trabalho, como todos os outros e como tudo o que fazes, ficou espetacular!

    Não vou te elogiar mais, pois sei que sabes o quanto te admiro, não só como escritor, mas como a pessoa maravilhosa que és, TU ÉS O CARA!

    Beijinhos
    Tua fã nº 01
    Alba Maria

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Menino Armindo, adorei o facto de ter mencionado o meu nome ao Rei. Deste modo, ele fica a saber que a fama cá na Europa vai além da "terrinha". O Menino Armino é realmente fixe! Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Meio confusa essa história de fã, admirador, bom não conheço Armindo, então fico com a dúvida.

    ResponderEliminar
  4. Amiga Anaqv Marques, até eu fico confuso com os bate-papos. Até já sonho a falar brasuca. :)

    ResponderEliminar
  5. SÓ AGORA LENDO ESSE TESTO INCRIVEL DE UMA CRIATIVIDADE ESPETACULAR,COMO SEMPRE MENINO ARMINDO ESTÁ DE PARABÉNS....ADOREIIII

    ResponderEliminar
  6. Quero ser sua amiga no bete papo eu me chamo josiene maia tenho 38 anos de idede sou morena e moro com aminha mae. Beijos

    ResponderEliminar

MÚSICA LUSÓFONA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil