ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

4/17/2009

Para a secretária do Rei uma salva de palmas!


"Carminha é quem manda no "pedaço". Secretária do Roberto há 30 anos, entrou junto comigo, no mesmo show e de uma certa forma é a nossa "mãe" no sentido de sempre querer o nosso bem e interceder junto ao Roberto por nossas aspirações. O meu beijão pra ela, hoje é o dia do seu aniversário."


Por: Armindo Guimarães
Diplomado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins
Facebook
https://www.facebook.com/armindo.guimaraes


Nas fotos, a secretária de Roberto Carlos, Carminha, com o Rei e o Mestre Maestro Eduardo Lages.

Hoje é dia de Aniversário de Carminha. As palavras acima referidas sobre Carminha são da autoria do maestro Eduardo Lages. Palavras escritas há um ano num post que colocou no seu blogue e que aqui reproduzimos.

A célebre frase "por trás de um grande homem está sempre uma grande mulher", aplica-se perfeitamente a Carminha, a sombra do Rei.

A equipa do Splish-Splash felicita a Carminha pelo seu Aniversário, desejando-lhe as maiores felicidades na companhia do seu/nosso mais que tudo.

Abaixo transcrevemos excertos de textos em que a Carminha está presente nos 'Bate-papos entre Roberto Carlos e eu':

ROBERTO, para Aurino:
- Aurino, conte então pra nós qual é a sua solução, tá?
AURINO, dando a solução:
- Minha solução não é terminar com os bate-papos, pois eu também sou um fã do Mindo, não perdendo a leitura de um bate-papo. Minha solução creio ser a mais simples e eficaz.
ROBERTO, impaciente:
- Aurino, diga logo qual é a solução, mora! Não deixe a gente na expectativa, viu? Neste momento tá todo mundo centrado em você, esperando saber qual a solução. Você é agora a pessoa mais importante desta reunião, mora!
AURINO, fazendo render o peixe, por ver que estava a ser o alvo das atenções:
- Muitas vezes nós é que complicamos o simples. E coisas simples requerem soluções simples. Por isso, nestas circunstâncias o que todos devemos fazer é chegar ao âmago do problema, tentar decifrá-lo e…
ROBERTO, já sem paciência para tanta expectativa:
- Aurino, por amor de Deus, cara! Cê agora vai fazer aí um discurso científico sobre a problemática do problema? ME CHAMEM A CARMINHA!
CARMINHA, respondendo a Roberto:
- Roberto, não precisa gritar, não! Eu tô aqui. O que você precisa?
ROBERTO, para Carminha:
- Me desculpe, Carminha, tá? Eu não preciso de nada. Chamar por você já vem sendo um hábito meu aqui nesta reunião que, na certa, ainda vai parar ao Guinness.
CARMINHA, rindo da saída do Roberto:
- eheheheheh Tudo bem, Roberto!
ROBERTO, respondendo:
- Tudo bem, não, Carminha! Todos estamos ainda esperando que Aurino diga de uma vez por todas sua grande solução para nosso grande problema.
AURINO, rematando:
- Disse bem, Roberto! Para um grande problema, uma grande solução! Eu explico: como sabem, todo bate-papo termina com o habitual aviso “O texto que acabaram de ler é fictício. Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência”. Acontece que o Mindo, logo a seguir a essa frase acrescenta sempre uma outra que diz: “A ficção revela verdades que a realidade omite”…
ROBERTO, completando:
- A tal frase que o Mindo diz que é do Jasmim Best.
ARMINDO, berrando do celular:
- Ó Berto, não é Jasmim Best, mas sim Jassemin West, pá!
ROBERTO, para Armindo:
- Armindo, se deixe de me corrigir, mora! Cê já sabe que esse gajo, digo, esse cara, para mim é sempre Jasmim Best, tá legal!?
TODO O PESSOAL RINDO EM CORO:
- Eheheheheheh
CARMINHA, para Roberto Carlos:
- Roberto, estou aqui!
ROBERTO, para Carminha:
- Carminha, mas eu não chamei você…
CARMINHA, explicando:
- Como todo mundo se riu por causa de você chamar de Jasmim Best ao Jassemin West, logo pensei que você iria gritar: ME CHAMEM A CARMINHA!
TODO O PESSOAL, NÃO SE CONTENDO, VOLTA A RIR EM CORO:
- Eheheheheh
(25.º BATE-PAPO ENTRE ROBERTO CARLOS E EU - RC e sua equipa, desvendando o mistério sobre a verdade da mentira - 07-05-2008)
---------------

ROBERTO – Mindo, vou passar meu celular pra Carminha, viu? Ela quer dizer pra você uma coisa, bicho!
CARMINHA – Oi, Armindo! Como vai você?
ARMINDO – Olá, Carminha! É um prazer e uma honra estar a falar com a secretária do Roberto.
CARMINHA – Eu também estou muito contente por finalmente estar falando com você pois sou fã de seus bate-papos com o Roberto, sempre os seguindo com interesse e me rindo demais com eles.
ARMINDO – Fico contente por saber isso, mas eu apenas me limito a transcrever tudo o que falamos nos bate-papos.
CARMINHA – Pois. Mas acontece que da maneira como você faz essas transcrições tudo parece ser fantasia. Eheheheheh
ARMINDO – eheheheheh
CARMINHA – Armindo, o Roberto se lembrou de “A amiga”, pro novo CD do Edu e eu disse pra ele que a ideia era bem bacana, mas tem muitas outras músicas cantadas pelo Roberto para vários tipos de mulheres e que bem poderiam ser sugeridas ao Edu. E olhe que são tantas!
ROBERTO – São tantas mas a Carminha pode dizer pra você toda elas de cor. Você só tem que dizer se quer pelo ano em que foram gravadas, ou se quer por ordem alfabética. Eheheheheheh
ARMINDO – eheheheheheh Ó Berto, disso eu não me admiro, pá! Todo mundo sabe que a Carminha é uma secretária excepcional e é por isso que eu digo que por trás do Roberto está uma grande mulher, que é a Carminha.
CARMINHA – Mindo, obrigado pelas palavras. Cê é muito simpático!
ROBERTO – Carminha, o Mindo está sendo simpático com você porque hoje é o Dia Internacional da Mulher. Eheheheheh
CARMINHA – Que nada! O Armindo é jóia. Voltando às muitas músicas cantadas pelo Roberto dedicadas à mulher, você quer que lhe diga algumas?
ARMINDO – É claro que gostaria de saber, pois assim de repente confesso que não me lembro de nenhuma.
ROBERTO – Carminha, pergunte pro Mindo se quer que você diga as músicas por ano de edição ou por ordem alfabética. Eheheheheh
CARMINHA – eheheheheh Armindo, o Roberto é sempre assim quando está batendo papo com você, sabe? Eu até já disse pra ele que devia telefonar pra você todos os dias. Eheheheheheh
ARMINDO – Todos os dias não digo, mas podia ser dia sim, dia sim. Eheheheheh
CARMINHA – Armindo vou dizer pra você algumas músicas por ordem alfabética, tá legal?
ARMINDO – Está bem.
CARMINHA - A distância, Acróstico, Ai que saudades da Amélia, Amada amante, Amapola, Amiga, Amor sem limite, Ana, Arrasta uma cadeira, Café da manhã, Cheirosa, Coisa bonita, Desabafo, Detalhes, Eu sei que vou te amar, Fera ferida, Garota de Ipanema, Índia, Lady Laura, Lígia, Malena, Mais uma vez, Mulher de 40, Mulher pequena, Não quero ver você triste, Negra, O charme dos seus óculos, O show já terminou, Outra vez, Pra sempre, Promessa, Recordações e mais nada, Rosinha, Rosita, Se eu não te amasse tanto assim, Símbolo sexual, Sinto muito minha amiga, Sua estupidez, Susie, Tereza da praia, Ternura, Você é linda.
ARMINDO – Ena, pá! Tantas!
ROBERTO – Carminha, não esqueça que o Edu em seus quatro CD que gravou até hoje, em todos eles ele sempre lembra da mulher. Dessas que você falou, me estou lembrando que ele gravou Eu Vou Sempre Amar Você, A distância, Amada amante, O show já terminou, Desabafo e Detalhes
CARMINHA – Tudo bem, Roberto. Mas veja quantas ele ainda pode escolher além de “A menina e o poeta”.
ROBERTO – É mesmo, Carminha! Mas o Mindo bem que pode sugerir ao Edu não só “A amiga”, mas todas as outras que ainda não gravou.
CARMINHA – Pôxa, Roberto! Se o Armindo for no blogue do Edu sugerir todas as músicas que eu aqui falei, isso vai o deixar meio biruta sem saber qual escolher. Eheheheheh
ROBERTO – Era do baril, digo, era demais! Eheheheheh
ARMINDO – eheheheheh Maestro sofre!
CARMINHA – Como uma vez disse o Armindo, se vocês não tivessem sido inventados, vocês tinha que existir! Eheheheheh
ROBERTO – Carminha, por você falar agora em inventados, me está preocupando uma coisa.
CARMINHA – Que coisa, Roberto?
ROBERTO – O Mindo vai no blogue do Edu sugerir “A amiga”, mas é claro que não vai dizer que fui eu o autor da ideia. Simplesmente vai no blogue normalmente e pra disfarçar até sugere outras músicas minhas. Tou falando bem, Carminha?
CARMINHA – Roberto, cê tá falando bem, mas não estou vendo onde possa estar o motivo de sua preocupação.
ROBERTO – Cê não tá vendo o que me está preocupando, Mindo?
ARMINDO – Ó Berto, e se a Carminha que sempre está atenta a tudo e vê o que mais ninguém vê, não está a ver o que te possa preocupar, eu muito menos, pá!
ROBERTO – Cês se estão esquecendo que quando este bate-papo for publicado, o Edu logo vai ler e ver que a ideia de sugerir “A amiga” foi minha e não do Mindo.
ARMINDO – É do carago, pá!
ROBERTO – Carminha, por falar no Edu, você já avisou ele que próxima Quarta-feira dia 11 temos reunião de trabalho?
CARMINHA – Já avisei ele, sim!
ROBERTO – Tou até imaginando ele na reunião me dizendo: Roberto, se você queria sugerir pro meu novo CD uma música sua, não precisava de pedir ao portuga pra sugerir por você.
ARMINDO – eheheheheh É do baril!
ROBERTO – Olhe aí, cara! Cê ao invés de arrumar uma saída pra minha preocupação, se está rindo?
ARMINDO – Ó Berto, quantas vezes tenho que te lembrar que para todos os efeitos todos os nossos bate-papos, incluindo este, são pura ficção?
ROBERTO – Eu sei isso, bicho! E sei que você até põe sempre no final aquela frase que diz que o texto que acabaram de ler é fictício e que qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência. Porém, não esqueça que esse aviso serve pra todo mundo menos pro Edu que tem participado muitas vezes em nosso bate-papos e como tal tá farto de saber que tudo que você escreve é verdadeiro. Por isso…
CARMINHA – Se acalmem, meninos. Se acalmem! Mulher tem sempre solução pra tudo!
ROBERTO – Me vai dizer pro Mindo não publicar este nosso bate-papo? Nem pense nisso, Carminha! Cê sabe que desde o número 1 é ponto assente que bate-papo falado tem que ser publicado.
ARMINDO – Ó Berto, até rimou carago! Eheheheheh
ROBERTO – Bicho, você sempre se rindo, carago, digo, caramba!
CARMINHA – A ideia não é essa, Roberto. O Armindo publica normalmente nosso bate-papo, só que desta vez ele não coloca a tal frase que você falou. Desse jeito todo mundo irá pensar que o Armindo apenas se esqueceu de colocar a frase e o Edu irá pensar que se trata de um bate-papo fictício, caso contrário o Armindo teria posto a frase. Toparam?
ROBERTO – Genial, Carminha!
ARMINDO – Tão brilhante ideia só podia surgir de uma mulher! Mas agora quem está preocupado sou eu, carago!
CARMINHA – Qual é o problema, Armindo?
ARMINDO – O problema é que se eu publicar este nosso bate-papo sem a habitual frase de que tudo é fictício, arrisco-me a que o Roberto mova uma acção judicial contra mim, processando-me por publicar falsos bate-papos com ele.
ROBERTO – eheheheheh
CARMINHA – Armindo, como sua fã eu seria sua testemunha nesse processo, né? Eheheheheh
ROBERTO – Puxa vida! Como se não bastasse o Edu sempre defendendo esse portuga, agora também minha secretária, é?
ARMINDO – eheheheheh
ROBERTO – Bicho, vamos terminar nosso bate-papo, tá legal?
CARMINHA – Roberto, você me desculpe mas não podemos terminar bate-papo tão gostoso sem nos despedirmos como deve ser, viu?
ROBERTO – Como deve ser?
CARMINHA – Cantando os três “A amiga”. Eheheheheh
ARMINDO – Boa ideia, Carminha!
ROBERTO – Puxa vida! Agora todo bate-papo tem que terminar com a gente cantando, é?
CARMINHA – Roberto, se deixe de moleza e vamos cantar com o Armindo, tá? Já tou pondo aqui a música pra acompanhar nosso coro. Eheheheheh

ROBERTO-CARMINHA-ARMINDO
Amiga, perdoa se eu me meto em sua vida
Mas sinto que você vive esquecida
De se lembrar que tudo terminou

Amiga, o pano se fechou no fim do ato
Você não aceitou da vida o fato
Que desse caso nada mais restou

Aquele por quem você se desespera e chama
Por quem você procura em sua cama
Na realidade a muito te esqueceu

Esqueça, refaça a sua vida urgentemente
Que o tempo passa e um dia de repente
A gente chora o tempo que perdeu

Amigo, eu te agradeço por sofrer comigo
Mas tento me livrar e não consigo
De tudo que esse cara foi pra mim

Às vezes, eu penso tanto nele que me esqueço
Que qualquer dia desses enlouqueço
Por insistir num sonho que passou

Se acaso eu jogo a minha juventude à toa
Nas águas desse pranto, me perdoa
E peço o teu conselho sem te ouvir

Mas ele é tudo que mais quero e que preciso
É o ar que eu necessito e não consigo
Me sufocando se ele não está

Amiga, se quer desabafar conte comigo
Mas se você chorar choro contigo
Amigo é pra essas coisas, estou aqui

Amiga
Amigo

CARMINHA – Bem bacana, gente!
ARMINDO – Fixe!
ROBERTO – Legal! Mindo, aquele abraço pra você e pra toda a galera, viu?
CARMINHA – Armindo, beijos e abraços pra você. Gostei muito do bate-papoe vou lembrar pro Roberto pra telefonar mais vezes pra você, vu? Você é um gajo do carago! Eheheheheh
ROBERTO – Cê já viu, Mindo! Até Carminha já fala expressão portuga! Eheheheheh É do baril! Eheheheh
ARMINDO – É uma brasa, mora! Eheheheh Grande abraço para os dois!
ROBERTO – Bicho! Gudvai que eu gudfico! eheheheheh

(30.º BATE-PAPO ENTRE ROBERTO CARLOS E EU - Amiga - 08-03-2009)

8 comentários:

  1. Olá Carminha!

    Nossa, nunca imaginei que um dia iria conversar com você.Devo isso ao nosso querido Armindo.

    Carminha, desejo à você um Feliz Aniversário, tudo de bom, e muita saúde, para poder continuar a cuidar do nosso mais que tudo para nós.

    Sabe que às vezes me chamam de Carminha,e eu me lembro de você.
    Às vezes me bate uma pontinha de inveja de você. Sempre ao lado do nosso Rei, e eu que sonho pelo menos ficar uns minutinhos pertinho dele há mais de 40 anos, nao consigo...

    Mas cada um tem uma missão na vida, a sua é toda essa dedicação a ele e seu pessoal.
    Que Deus a abençoe.

    Beijos,
    Carmen Augusta

    ResponderEliminar
  2. Olà Mindo!claro que eu tambem vou dar os meus parabens à Carminha, sobre tudo que éla até me faz pensar a uma tia minha.Tambem foi boa ideia tu voltar a por algumas passagens de bat-papo com éla. E sempre bom um gajo levantar-se da cama o começar com o sorrizo. Abraços chaleureux. De vez enquando vou por uma palavra Frances para me pagar das vossas liçoes de Portugues cada dia me estou sentindo mais à vontade escrevendo digo eu que os professores tem de ser de qualidade. mas clàro que ainda tenho muito que lutar serà que os prefessores me vao suportar? tenho que parar se nao até chego a ser poéta porra! Abraços

    ResponderEliminar
  3. E verdade Mindo queria-te te dizer que me ri muito com respeito o teu comentario sobre a minha preocupaçao pela saude da Guta.Clàro que tu tens razao quando dizes que eu nao sou o pratao do mais melhor bom blog do mundo e que a Guta nao é minha empregada, mas tu sabes muito bem que eu desejo quequ ele continu-e a ser e a Guta é minha amiga querida e amada. E eu so me queria referir ao repouso compensatorio que é uma lei que existe aqui na Europa e que éla talvez nao estivesse ao corrente. E tu sabes melhor que eu que um bom patrao que quer guadar os bom empregados tem de respeitar as leis.Mindo como tu jà me conheces bem eu estou dizendo tudo isto de bom humor espero nao maguar ninguem, mas estou bastante inspirado para escrever esta manha nao sei porque! mas penso que foste tu que me posestes de bom humor logo ao leventar da cama lembras-te? Abraços

    ResponderEliminar
  4. Ai meu Deus,estou aqui lisonjeada, os amigos, discutindo pela minha saúde!

    Sei que é tudo brincadeira entre dois grandes amigos, mas agradeço o carinho e a atenção.

    Beijos para vocês dois e abraços
    chaleureux,
    Carmen Augusta

    ResponderEliminar
  5. Olá Mindo!

    Parabéns pela matéria em homenagem ao anivrsário da Carminha.

    Lembro bem de todos os detalhes ocorridos, das palavras do nosso Maestro para a Carminha, do seu
    XXV BATE-PAPO ENTRE ROBERTO - RC e sua equipa e você, desvendando o mistério sobre a verdade da mentira - 07-05-2008. Foi muito legal!

    Mesmo você já tendo enviado os parabéns pra carminha em nome do Splish, Splash, deixo também os meus parabens, para aquela mulher forte, de coragem, fibra que está sempre ao lado do nosso querido Roberto em todos os momentos de sua vida, sejam de alegria ou de tristezas.

    Um beijo Carminha e muita paz, muita luz e que Deus ilumine sempre a sua vida, na do Roberto e seus familiares.

    Armindo, cinco estrelas a homenagem que fizeste, como sempre, excelente tud o que faz.

    Um beijo grande meu amigo!

    Mazé Silva.

    ResponderEliminar
  6. Que legal Guta, também deixo aqui um grande abraço a essa pessoa Mara que está sempre cuidadando do nosso Zunga, que o senhor Jesus Cristo esteja sempre presente ao ladinho dela, beijos amiga Guta!

    ResponderEliminar
  7. Ola, Carminha, meu nome é Jacy tenho hoje 47 anos, minha mãe é D. Cida, e para minha (nossa) felicidade, quando eu tinha + ou -
    4 anos de idade por várias vezes estivemos na casa do meu querido Roberto Carlos, quando ele morava aqui em São Paulo, não esqueço um minuto que que passei ao lado ou no colo do nosso Rei. Quando Segundinho nasceu fomos recebidas na recepção da maternidade, e conduzidas até o apartamento onde o próprio Roberto nos aguardava e nos levou até a Nice, toda vestida de verde limão, a mesma solicitou ao Roberto que fosse buscar o bebê, quando assustei me deparei com Segundinho de macacão verde limão (algo que eu nunca tinha visto, pois venho de uma família humilde e nunca imaginei uma roupinha de bebê daquela cor). Continuamos a visita-los, até que meu querido mudou-se para o Rio de Janeiro. Gostaria muito de poder falar pessoalmente com ele e levar também minha mãe que tem adoração pelo nosso Rei. Estaremos no show do dia 25/08/2009. Se puder emtre em contato comigo 11 2855-4702.
    Um grande abraço e obrigada por cuidar tão bem do nosso Rei.

    ResponderEliminar
  8. pa so em pensar que ela e minha tia fico feliz

    ResponderEliminar

MÚSICA LUSÓFONA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil