Mitos e verdades sobre alimentos e bebidas que amarelam os dentes

Do Texto: Mas, afinal, é possível continuar desfrutando a vida com café, vinho e outros tipos de comidas e bebidas e manter os dentes saudáveis ao mesmo tempo?

Mulher com copo na mão.


A relação entre o consumo de café, vinho, refrigerantes, molhos com corantes e frutas e legumes de tons vermelho e roxo, por exemplo, e a saúde oral sempre gerou muitas dúvidas

Parceiro de todas as horas, o bom e velho cafezinho está sempre ali - durante as manhãs, depois do almoço com os amigos, no lanche da tarde, e durante o trabalho. Sem falar no vinho tinto, que está sempre presente nos momentos especiais! A relação entre o consumo de café, vinho, refrigerantes, molhos com corantes e frutas e legumes de tons vermelho e roxo, por exemplo, e a saúde oral sempre gerou muitas dúvidas. E com o aumento do cuidado com a estética dos dentes - de acordo com o Conselho Federal de Odontologia, atualmente nove em cada dez brasileiros acreditam ser muito importante ir ao dentista com regularidade - esse cenário só se intensifica. Mas, afinal, é possível continuar desfrutando a vida com café, vinho e outros tipos de comidas e bebidas e manter os dentes saudáveis ao mesmo tempo? 

Café: O cirurgião-dentista, sócio e diretor clínico da Signature Clínica Boutique, Dr. Andreas Koren, aponta que beber café não amarela os dentes diretamente. No entanto, o consumo da bebida em uma temperatura muito alta pode causar esse aspecto amarelado e o envelhecimento dos dentes. “Obviamente ninguém irá tomar café frio, mas, ao consumi-lo de forma correta, em uma temperatura agradável - e não fervendo - não é preciso abrir mão do saboroso cafezinho do dia a dia”, explica o profissional. 

Vinho: Apesar da fama do vinho tinto, você sabia que o branco também pode manchar os dentes? Mas, calma. Não é o fim do mundo! A dica do Dr. Andreas é parar de ingerir a bebida pelo menos 30 minutos antes da higiene noturna dos dentes, além de sempre beber água junto; isso  faz com os ácidos do vinho permaneçam menos tempo em contato com a superfície dentária.

Molhos: O curry, devido a sua pigmentação, pode manchar os dentes com o tempo, assim como os molhos de soja e tomate industrializados e o catchup, que também são ácidos e com forte coloração.

Chás: O verde, o preto e o mate são chás que também podem escurecer os dentes. Isso porque também contêm os elementos que colaboram com isso, como ácidos, taninos e cromogêneos. 

Outras causas

Fatores genéticos também influenciam na coloração, assim como doenças congênitas que causam problemas no esmalte dos dentes. Além disso, alterações endócrinas e hormonais da tireoide também podem influenciar. Também é normal que, com a idade, os dentes amarelem, pois eles são submetidos a uma série de condições que provocam mudanças naturais durante a vida. O uso de medicamentos em excesso também podem provocar o amarelamento dos dentes, isso porque existem substâncias nos remédios que, ao serem depositadas nos dentes pela corrente sanguínea, oxidam e mancham a dentina - parte orgânica dos dentes.

Prevenção

Prevenir as manchas de alimentos e bebidas nos dentes é bem simples, já que os hábitos básicos de higiene oral são suficientes, “Existem cremes dentais e bochechos disponíveis no mercado que bloqueiam ou minimizam a agressão ácida nos dentes e dificultam o manchamento do sorriso. De uma forma geral, basta manter uma boa escovação, beber água e realizar a limpeza com o dentista periodicamente”, aponta o Dr. Andreas. 

Caso os dentes já estejam amarelados, o tratamento de clareamento dental correto devolve a beleza ao sorriso.

 

Também pode ler:

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !